Volare faz nova classificação de miniônibus em duas linhas

Volare

Volare faz nova classificação da linha de veículos dividindo os modelos de miniônibus em duas categorias: Attack e Premium, de acordo com nível de sofisticação, aplicação e capacidade de passageiros. Foto: Daniel Herrera

Volare muda classificação de veículos e lança as linhas “Attack” e “Premium”
Os modelos vão seguir a aplicação dos miniônibus e número de passageiros transportados
ADAMO BAZANI – CBN
Segmentar os ramos de atuação e focar nas necessidades no ramo de transporte.
Estes foram os principais objetivos da Volare, unidade de veículos leves da Marcopolo, ao reclassificar os veículos da marca e lançar as linhas de produtos Attack e Premium.
Os miniônibus serão classificados de acordo com a aplicação e o número de passageiros transportados, o que, segundo a empresa, torna o uso do ônibus mais racional e facilita a escolha por parte do frotista ou dono individual.
Em nota, o diretor da Volare, Milton Susin, disse que a empresa se baseou nos conceitos já adotados pela indústria de carros de passeio para a nova classificação
“Procuramos dividir nossas linhas de veículos de forma diferenciada, com foco na sofisticação, conforto e tecnologia de ponta, para a Premium, e na robustez, eficiência e melhor relação custo/benefício, na Attack” revela o executivo.
Assim a linha Premium Volare vai contar com miniônibus que possuem maior nível de sofisticação com seis modelos – W6, W7, W8, W9, DW9 (Mercedes-Benz) e WL – em cinco versões (Executivo, Fretamento, Limousine, Urbano e Escolar). A capacidade varia entre 14 e 49 passageiros, além do motorista, mais o motorista.
De acordo com nota da empresa, “os veículos da Linha Premium Volare foram projetados para oferecer elevado padrão de conforto, requinte, segurança e espaço interno. Desenvolvidos com maior utilização de componentes em plásticos de engenharia 100% recicláveis, que absorvem o impacto e colaboram para a preservação ambiental, os modelos possuem conjuntos ópticos em LED – indicadores de direção dianteiros e traseiros e lanterna traseira, luzes traseiras de posição, freio, delimitadoras e “brake-light”.
A versão topo da linha Premium é o Volare Limousine, que, entre as características principais, possuem “acabamento interno de material que imita a madeira, especialmente no piso e no painel de instrumentos, e a iluminação indireta, feita por LEDs em toda a extensão do salão de passageiros. Também pode ser equipado com sistema de ar-condicionado exclusivo, com melhor direcionamento do fluxo de ar e saídas individuais localizadas no porta-focos. Conta ainda com painel ergonômico de acabamento exclusivo, salão de passageiros personalizado, porta-pacotes funcional, ampla área envidraçada, bagageiro traseiro com acesso facilitado e sistema de saia modular.” Poltronas mais confortáveis são outros pontos destacados pela Volare.
Já a Linha Attack é formada por ônibus mais simples no acabamento, mas que oferecem maior robustez. Os produtos são feitos, de acordo com a Volare, para oferecer melhor relação custo/benefício.
São veículos que possuem versões 4×4, Escolar, Executivo, Fretamento, Rural e Unidades Especiais
Exemplos são os modelos V6L e V8L que podem ter diferentes comprimentos de acordo com o número de passageiros transportados e até mesmo condições de tráfego por onde operam.
A capacidade dos miniônibus da linha Attack varia entre 19 e 44 passageiros.
Nota da Volare destaca o modelo com tração nas quatro rodas:
“O destaque da Linha Attack é o modelo Volare V8L 4X4, desenvolvido para trafegar em locais de difícil acesso, muitas vezes sem estradas, onde um veículo com tração convencional não tem condições de ser utilizado. Conta com powertrain totalmente diferente dos modelos convencionais, que possuem tração somente nas rodas traseiras, eixo dianteiro tracionado e sistema de transmissão com a opção de utilização 4X2 (somente tração nas rodas traseiras), 4X4 (tração nas rodas dianteiras e traseiras) e 4X4 com reduzida.”
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: