Santo André vai receber 15 ônibus novos de geração moderna

Novo Torino

Expresso Guarará coloca em circulação em meados de setembro 15 ônibus zero quilômetro de geração moderna que vão fazer a ligação entre a Vila Luzita e a região central de Santo André. Iluminação de Led, elevadores eletropneumáticos e tecnologia de restrição à poluição são alguns dos itens de conforto e segurança – Foto: Adamo Bazani

Expresso Guarará

Santo André é a primeira cidade do ABC Paulista a ter a nova geração do Marcopolo Torino

Santo André vai receber 15 ônibus zero quilômetro de geração moderna
Veículos vão atender a ligação entre Vila Luzita e a região central da cidade. Capacidade de transporte será ampliada com nova frota
ADAMO BAZANI – CBN
Até a metade do mês de setembro, a cidade de Santo André, no ABC Paulista, vai contar com um lote de 15 ônibus zero quilômetro.
Os veículos foram adquiridos pela Expresso Guarará e vão operar inicialmente na linha TR 103, que liga Vila Luzita ao Paço Municipal, na região central da cidade.
Os ônibus são da geração mais moderna do modelo Torino, de fabricação da Marcopolo. Santo André se torna a primeira cidade da região a ter esta geração do modelo de ônibus.
O veículo tem capacidade para 45 passageiros sentados, 44 em pé, além de espaço para cadeira de rodas e para cão-guia acompanhante de pessoas com limitação visual.
Com esta configuração, aumenta a oferta de lugares por veículo em comparação com os ônibus que serão substituídos pelo novo modelo.
A empresa também optou por elevador eletropneumático para o acesso de cadeiras de rodas.
A vantagem deste tipo de equipamento é que ele possui acionamento mais preciso e movimentação mais suave de elevação e desembarque da cadeira de rodas.
Há poltronas únicas, sem divisória, para passageiros com obesidade e outras demarcadas para idosos, gestantes, portadores de deficiência física ou para quem se recupera de procedimentos cirúrgicos.
O corredor também é mais largo que dos modelos antigos, facilitando a movimentação dos passageiros dentro do veículo.
As lanternas, faróis e a iluminação interna contam com lâmpadas de led, que permitem melhor visualização. Há lâmpadas de led inclusive sobre o vidro-vigia traseiro, na parte interna.
Em relação à emissão de poluentes, os novos ônibus da Expresso Guarará seguem as atuais normas de restrição de poluição, com base nos padrões internacionais Euro V. A redução na emissão de óxido de nitrogênio (NOx) é de 63% e de materiais particulados é de 80%.
O chassi é da Mercedes Benz OF 1721 – BlueTec, que possui a tecnologia que permite esta redução de poluição. O motor é dianteiro e a troca de marchas é manual.

Adamo Bazani Sebastião Passarelli

Empresário Sebastião Passarelli, de 86 anos, atuando há mais de 50 anos no setor de transportes do ABC, conta ao repórter Adamo Bazani sobre a necessidade de as empresas do segmento sempre estarem atentas às inovações, tanto de frota, como de gestão e operação – Foto: Antonio Moreira

Para o motorista, também há itens de conforto, como poltrona mais ergonômica e uma tela no painel sensível ao toque (touchscreen) com várias funções, como acionamento das portas, da iluminação interna, faróis e lanternas, mudança do letreiro do itinerário, entre outros, reduzindo o número dos botões tradicionais.
“Além de garantir mais conforto ao passageiro, quando há uma renovação de frota, aumentamos a confiabilidade do sistema. Os veículos são menos sujeitos a quebras e podemos qualificar os transportes públicos, o que pode fazer com que mais pessoas se interessem em se deslocar por transporte coletivo, ajudando no trânsito e poluição. Nosso foco tem de ser o passageiro, a razão da existência de uma empresa de ônibus” – disse o proprietário da Expresso Guarará, Sebastião Passarelli.
Passarelli, prestes a completar 87 anos de idade, atua há mais de 50 anos nos transportes do ABC Paulista.
Com sua experiência, ele diz que as empresas devem estar em constante processo de modernização, não apenas de frota, mas também na forma de gestão e no atendimento.

Novo Torino

Ônibus do modelo Torino mais moderno da Marcopolo, com chassi Mercedes-Benz, possui itens tecnológicos também para os motoristas. Além de poltrona mais ergonômica, tela sensível ao toque no painel permite o acionamento de várias funções. Foto: Adamo Bazani.

“A vinda destes ônibus novos faz parte de um processo de renovação que a Expresso Guarará já vem fazendo. Em breve devem chegar mais ônibus, inclusive renovaremos a frota dos veículos articulados que operamos” – disse Passarelli.
Apesar da situação econômica incerta em relação ao desempenho da economia como um todo, que deve registrar baixo crescimento no PIB – Produto Interno Bruto e de dificuldades enfrentadas pelo setor de transportes, ele diz que a Expresso Guarará continua os investimentos em renovação.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

12 comentários em Santo André vai receber 15 ônibus novos de geração moderna

  1. Sergio Santo André // 20 de agosto de 2014 às 12:50 // Responder

    Como bom andreense, assim como vc Amamo, não poderia deixar de comentar essa notícia. O senhor Passarelli, como diz a matéria está com 87 anos, e eu nem diria “experiente”, mas sim uma raposa espertíssima. Essa troca, como já citei em outros comentários, só está sendo feita por força de lei. Não é nenhum “favorzão” o que ele está fazendo, e já não era sem tempo. Os carros que circulam atualmente estão em estado deplorável. Os articulados então nem se fala, não há mais amortecedor, nem suspensão, o câmbio dos carros é capaz de sair na mão dos motoristas. A trepidação no painel dos carros é outra coisa de arrepiar os cabelos de qualquer cidadão, isso sem contar a bagunça que está, e continua, no terminal Vila Luzita. Veículos fora de padrão, como é o caso do Neobus Articulado. Um carro fantástico, mas não para esse corredor. Os novos Torinos vem prá substituir os Apache Vip OH. Os bancos desses carros estão todos deformados (a espuma). Eles não tem inclinação correta, são quase 90º, não ha coluna que aguente. Com a deformação, os bancos parecem “tobogãs” e com o desgaste do “courvim” o passageiro não consegue se manter no lugar.

  2. Sergio Santo André // 20 de agosto de 2014 às 12:57 // Responder

    Continuando, as pessoas poderiam pensem, pô, mas o cara tá perseguindo a empresa !!! E eu digo não !!! Sou apenas um passageiro que se vê obrigado a utilizar os serviços da empresa sem muita opção. Um exemplo que vou dar, e que ilustra bem o que digo, são os carros da “Nova Santo André”, que fazem a linha I-05 Jardim Santo André x Estação de Utinga. Os carros da empresa sempre foram impecáveis, em conforto e tamanho. Corredores razoáveis, poltronas na inclinação correta, carros no tamanho “padron”. Não é nenhuma limousine mas tem um mínimo de consideração com o passageiro.

  3. Concordo com você, Sérgio, mas só em partes.
    Primeiro, acredito que a forma como você se referiu ao sr. Passarelli foi desrespeitosa.
    Segundo, claro que a empresa trocou de forta pela legislação. Você queria que ela não seguisse a lei?
    E outra. Tem gente que reclama quando o ônibus é velho e reclama quando coloca novo, mas não contribui em nada com sugestões respeitosas

  4. Bela matéria amigo Adamo, parabéns a Guarará pela aquisição dos primeiros Torinos 2014 do ABC , isso sim é novidade ! diferente de outras empresas que oferecem cabritos modificados como novidades,mantendo a tradição Santo André sempre sai na frente de Mauá nas novidades, chupa seus baba ovo !

  5. PARDAL REVOLTADO E SILVA // 20 de agosto de 2014 às 16:38 // Responder

    Perfeito Sr.Renato concordo com suas observações, e como sugestão seria interessante comprarem ônibus motor traseiro pois seriam mais confortáveis aos operadores e passageiros, motor dianteiro só para terrenos que não há condições com carros traseiro mas como é linha que liga terminais, merecia ser ÔNIBUS MOTOR TRASEIRO como é em São Paulo.
    E outra carros de corredor além de ser ARTICULADO tem que ser MOTOR TRASEIRO o povo andreense merece mais conforto. Para mim, isso sim é inovação tecnológica motor dianteiro só para pavimentos difíceis.

  6. Amigos, boa noite.

    Olha o TORIALLE cabritinho aiiiiii geeeeeeente.

    O painel pode ser toutch e o escambal, mas fica longe das maos dos pilotos.

    Sera que nem a Marcopolo percebe isso ?????

    Sr. Passarelli, parabens pela sua trajetoria, mas checa a manutencao si, porque o que o Andre falou, com certeza esta ocorrendo, afinal ele e passageiro, digo CLIENTE.

    Com todo respeito, mas acho o nome dessa empresa muito engracado – Guarara, acho que nao combina como nome de empresa de buzao, toda vez que passo por SA e cruzo com um buzao da Guarara eu dou risada e muito engracado.

    Afinal, alguem sabe o significado de Guarara.

    Mas, emfim e o nome escolhido.

    Att,

    Paulo Gil

    • Sergio Santo André // 22 de agosto de 2014 às 12:35 // Responder

      Ao amigo Paulão, Guarará é o nome do córrego em que está instalado o corredor de ônibus Mário Toledo de Camargo, onde trafega a linha TR-101 (e suas carroças). Segundo o site “www.guarara.mg.gov.br”, além de dar nome ao município mineiro, a palavra é indígena proveniente do Tupi-Guarani e tem os significados de “tambor usado pelos gentios” ou “manhoso”. Está vendo Paulão, busologia também é cultura !!!! Abração !!!

  7. Cabeças de fogo! para o sofrimento dos motoristas….

    • Oi Jackson! Você foi bem sintético em definir: cabeça de fogo. ônibus com motor traseiro é ônibus mesmo, motor dianteiro é caminhão encaroçado, digo isso que quem começou com essa mania foi a própria Marcopolo (que na época se chamava Nicola) que encaroçou um caminhão LP MB e colocou o nome de Pulmann. Só rindo para não chorar. Ônibus com motor dianteiro é mais barato e resistente aos maus tratos . E nem é do motorista que digo maus tratos, é da condição das ruas , lotação e dos próprios passageiros que pixam, quebram , rasgam, e até põem fogo nos coletivos. Mas fazer o que? Pelos menos está renovando a frota.

  8. Ewerton Santos Lourenço (Guarulhos) // 22 de agosto de 2014 às 18:43 // Responder

    Nem fala aqueles Turinos da Guarará, opera no 101 eu pegava eles direto; mas parecia um foguete. so tinha porem era de dar medo quando era linha semi expressa. os passageiros que estavam parte onde fica a “Sanfona” sofria com aqueles barulhos chatos de peça enferrujada.

  9. tiago para de ser invejoso so por que santo andre recebeu esses novos carros nao quer dizer que os mauaenses sao baba ovo. lembresse que maua ja teve a melhor empresa do abc a querida leblon q a mafia pt tirou entao antes de falar merda olhe o passado um pouco para de ser idiota

  10. a quem posa me ajudar preciso trabalhar ja mandei varios coriculos para o expresso guarara na vaga de cobrador tenho 55 anos e nao a muitas oportunidades mais preciso viver

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: