Modernização do Serviço Rodonave é aposta da Itapemirim no setor

ônibus luxo

Diante do maior nível de exigência dos passageiros e da competitividade do setor aéreo, empresas de ônibus investem em melhoria do atendimento e em frota diferenciada, uma das apostas da Itapemirim é o aperfeiçoamento do “Serviço Rodonave” – Divulgação Itapemirim

Itapemirim deve colocar em circulação mais 15 “Rodonaves” em um ano
Sete veículos já foram incorporados à frota. Estratégia da empresa tenta manter e ampliar número de passageiros
ADAMO BAZANI – CBN
O passageiro de ônibus em todo o País está mais exigente e consciente dos direitos de consumidor.
Além disso, por mais que muitas empresas neguem, o setor aéreo se tornou um grande concorrente desde 2001, quando começou haver uma espécie de “popularização” das viagens de avião.
Grandes empresas de ônibus, em especial as que fazem rotas mais longas, estão atentas a esta movimentação.
Além da modernização dos serviços e de um atendimento mais personalizado, dois pontos em que são necessários avanços ainda, um dos grandes trunfos das companhias de ônibus rodoviários para não perderem os atuais passageiros e conquistarem novos são os próprios veículos.
Se entre os diferentes meios de transporte, os preços são competitivos, e se o avião é mais rápido que o ônibus (embora algumas conexões e questões relacionadas à necessidade de melhoria de infraestrutura dos aeroportos deixam as viagens aéreas demoradas), está no conforto oferecido pelos veículos a aposta de muitas empresas.
A Viação Itapemirim, uma das maiores companhias de ônibus do País, cobrindo grande parte do território nacional, anunciou a chegada de veículos de serviço leito, mais sofisticados que os anteriores da mesma categoria. O “Serviço Rodonave” recebeu sete ônibus que contam com poltronas-camas individuais e atendimentos de bordo. A previsão é de que em um ano, cheguem mais 15 ônibus deste tipo, conforme nota da Viação Itapemirim:

ônibus de luxo

Um dos diferenciais do “Rodonave”são as poltronas-camas individuais, que oferecem um conforto maior, principalmente em viagens longas. Serviços de bordo, como kit-lanche, internet e tomadas para carregar celulares e computadores portáteis também são atrativos na busca da manutenção e ampliação do número de passageiros. – Divulgação Itapemirim

“O Serviço Rodonave, um dos mais consagrados do Brasil – no quesito serviço leito em linhas regulares – está de cara nova e muito mais inovador. Os 7 novos ônibus adquiridos pela viação Itapemirim vêm equipados com poltronas mais confortáveis que se adaptam ao viajante; 5 poltronas individuais “camas”, descanso para as pernas, menor ruído interno, kit lanche personalizado, água gelada, pontos de energia, ar-condicionado individual e ecológico, internet a bordo e sistema de rastreamento do ônibus.
Considerada como empresa inovadora do setor, a Viação Itapemirim está atenta às mudanças de comportamento dos clientes e coloca a inovação e segurança como metas a serem superadas todos os dias. Foram incorporados 7 novos serviços leitos, para os próximos 12 meses a intenção é renovar mais 15 carros.”
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

9 comentários em Modernização do Serviço Rodonave é aposta da Itapemirim no setor

  1. 7 carros ano 2014 numerados até 10013 e tudo indica que os 15 ônibus do mesmo serviço e ano 2015 serão numerados a partir do prefixo 10015 e continuarão sendo emplacados na cidade de Mogi das Cruzes/SP sede da CS Brasil/Julio Simões Ltda – JSL. O que a reportagem NÃO perguntou é porquê sendo uma empresa sediada no Estado do ES está emplacando os ônibus no Estado de SP desde 2013 e logo justamente na cidade de MOGI DAS CRUZES.
    Na verdade se os ônibus não forem alugados para uso da ITAPEMIRIM, então significa que a CS Brasil/JSL já tem boa parte das ações da Itapemirim. Ou é uma coisa ou é outra. Ou é 8 ou é 80, ou dá ou desce como diz o “santo” bispo Edir Macedo hehehehe…

    • Marcos Nascimento, boa noite.

      Interessante sua informação, gostei de saber.

      Isso comlementa o que comentei há alguns dias atrás, só sobreviverão as marcas; os donos de verdade serão grandes conglomerados de empresas, seja originária do transporte ou não,

      Valeu, isso está previsto, mais dias menos dias todas passarão por esse processo.

      Vamos aguardar a confirmação pública.

      Att,

      Paulo Gil

  2. Amigos, boa noite.

    Na realidade todos sabem que essas alterações não são feitas para os passageiros e sim para recuperar faturamento; foi o mesmo que ocorreu com os malditos assentos de fibras quando os então “perueiros” colocaram suas “Sprinters”, com banco macio.

    Rapidinhos os Tubarões trocaram os assentos duros por outros mais macios.

    Independentemente da motivação, é sempre um prazer eu ver o que eu gostaria de fazer se eu tivesse o meu buzão, apesar dos pesares, parabéns Itapemirim (ou JSL).

    Mas não esqueçam de um item importantíssimo que identifica a RODONONAVE, que é a RODOMOÇA, bonita, elegantemente vestida e com uma simpatia que dá gosto.

    Se essa RODONAVE não contar com RODOMOÇA, esqueçam, o serviço perdeu o charme.

    Att,

    Paulo Gil
    “Buzão e Emoção é a Paixão”

    • Quanto ao assentos, a nova geração dos ônibus da caio, piorou completamente, cuidado ao encostar a cabeça no assento, principalmente nos novos mercedes superarticulados!

  3. Gostei da compra dos novos Rodonaves, mas a Itapemirim pecou na configuração, colocando poltronas leito cama individuais de um lado e poltronas leito normais duplas do outro lado sem segregação , cobrando caro pelos assentos individuais semelhante aos antigos Dreambus. E isto pode fazer que um passageiro esperto e desonesto que pagou uma poltrona normal sentar numa poltrona cama (mais cara) desocupada e criar confusão com o motorista, o auxiliar e os demais passageiros que pagaram mais caro.

    Seria melhor se fizesse igual a Útil e a Cometa, Colocando leito cama na frente e leito atrás separando as classe por um biombo, ou senão comprar um carro DD, com cada classe em um andar

  4. A Itapemirim está sim sendo comandada pelo grupo JSL. Todos os carros emplacados em Mogi da Cruzes são de propriedade do Grupo Julio Simões. Por esse motivo que não estão emplacando na cidade sede, Cachoeiro do Itapemirim.

  5. claudio rodrigues da silva // 9 de janeiro de 2015 às 19:11 // Responder

    será um grande prazer voltar a viajar no Rodonave…de São luis a São Paulo….quando estiver em operação avisem por favor.

  6. EU AMO QUALQUER CARRO DA ITAPEMIRIM

  7. jORGE HIDEO ONOE // 12 de abril de 2015 às 00:53 // Responder

    E verdade que JSL TEM 40% da itapemim ?
    Se for verdade a JCA ESTA no vermelho so compra as empresas depois nao sabe administrar o propio grupo .
    se a JSL e a Aguia Branca vao comandar a Itapemirim ?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: