Gratuidade para idosos em ônibus intermunicipais deve valer mesmo sem Cartão BOM

Bom Senior

Ônibus intermunicipal. Emissão de Cartão BOM para passageiros com 60 anos ou mais está com problemas, mas empresas não podem negar o transporte gratuito para pessoas que apresentarem o RG. Foto: Adamo Bazani.

Mesmo sem Cartão BOM, ônibus intermunicipais têm de transportar gratuitamente pessoas com 60 anos ou mais
Companhia de ônibus que se negar deve ser denunciada à EMTU
ADAMO BAZANI – CBN
Em 02 de julho, o Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, regulamentou a Lei 15.187 sancionada em 29 de outubro de 2013, que concede gratuidade para passageiros, independentemente se forem homens ou mulheres, com 60 anos ou mais nos ônibus intermunicipais gerenciados pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos.
À época, foi estabelecido que os passageiros com este direito deveriam se cadastrar a partir do dia 07 de julho nas lojas do Cartão BOM para conseguir a modalidade Senior do bilhete eletrônico.
Mas os usuários dos transportes coletivos relatam que não conseguem fazer o cadastro.
A PromoBom AutoPass S.A., empresa responsável pelo Cartão BOM, que pertence a donos de companhias de ônibus, não conseguiu ainda emitir os cartões por problemas técnicos.
Não há previsão para as emissões serem normalizadas.
Mas como a gratuidade já é uma lei, as empresas de ônibus de serviços metropolitanos no estado de São Paulo são obrigadas a fazer o transporte sem cobrança de passagem, mesmo se o usuário não tiver ainda o Cartão BOM.
Afinal, não é culpa do passageiro se o bilhete eletrônico não está sendo emitido.
Para isso, basta apresentar o RG ao motorista ou ao cobrador.
A EMTU diz que as empresas estão orientadas a aceitar o documento.
Caso não façam o transporte, o passageiro deve denunciar a companhia de ônibus.
O telefone da EMTU é: 0800 724 05 55. O atendimento é de segunda-feira a sexta-feira das 7 horas às 19 horas.
O passageiro deve informar os seguintes dados:
– Número do ônibus ou local da catraca do terminal que foi negado o embarque.
– Nome da empresa de ônibus.
– Linha Utilizada
– Sentido da Viagem
– Horário da negativa do transporte.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Gratuidade para idosos em ônibus intermunicipais deve valer mesmo sem Cartão BOM

  1. Amigos, boa noite.

    Por tudo que eu já li e leio aqui no Blog, diariamente, pelas arbitrariedades, negociatas e por utilizar o buzão de Sampa; só nos resta uma solução.

    Buzão gratuito para toda a população de todas as idades, raças, sexos, religiões e etc.

    Sem catracas, sem GPS, sem aplicativos, sem BU, BOM, BUM, BOMBA, BUF, sem cobrador, sem cor, sem farda e sem o escambal.

    É mais prático pagar via IPTU, TO, IPB ou qualquer outra sigla de impostos, tarifas ou taxas que quiserem batizar; afinal como sempre somos nós que pagamos as contas, pelo menos não teremos catracas no busão e o deslocamento interno das pessoas internamente, será beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeemmmmm mais prático.

    Informo que já fui contra a tarifa zero, mas depois dos últimos acontecimentos aqui noticiados, passo a ser totalmente a favor.

    Dizem que mudar de opinião é sinal de inteligência, tomara que sim.

    Se não for, pelo será sinônimo de praticidade, pois “di grátis” as catracas serão deletadas e derretidas; se é que ainda servirão para reciclagem.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Marcos Pereira Cesar // 14 de janeiro de 2016 às 19:58 // Responder

    e o mínimo que um cidadão ou cidadã tem direito a esse benéfico o que falta agora e que as autoridades deste Pais cobrasse dos motoristas que não faça com os idosos o que vem sempre acontecendo eles passam no ponto se por acaso o idoso por problemas de saúde dar a mao para eles parar ,muitas as vezes o idoso tem problemas nas pernas de locomoção dai eles passam sem prestar o serviço isso já aconteceu comigo varias vezes.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: