Confira as linhas de ônibus que não vão mais aceitar dinheiro em Curitiba

micro-ônibus

Ônibus Circular Centro. Embarques só serão possíveis pela porta da frente. A partir desta sexta-feira, linhas de micro-ônibus e micrões só vão aceitar pagamento com Cartão Transporte e não mais em dinheiro. Foto: Prefeitura de Curitiba, Matéria: Adamo Bazani

Confira as linhas que não vão mais aceitar dinheiro em Curitiba
Embarque nos serviços Circular Centro só serão pela frente, inclusive para isentos de pagamento de tarifa
ADAMO BAZANI – CBN
Passageiros de ônibus de Curitiba e Região Metropolitana que usam os serviços de micro-ônibus e micrões na capital devem estar atentos.
A partir desta sexta-feira, dia 1º de agosto estes ônibus não vão mais aceitar pagamento em dinheiro. Eles só podem ser usados pelo uso do Cartão Transporte.
A obrigatoriedade vale também para os serviços de micro-ônibus Circular-Centro, que trafegam pela região central da cidade em sentido horário e anti-horário.
Os serviços foram criados em 1981 e a tarifa é mais baixa que a habitual: R$ 1,70.
No sentido horário, os micro-ônibus operam de segunda a sexta, das 6h20 às 19h15, com intervalo médio de 11 minutos e aos sábados das 6h30 às 13h35, com frequência de 13 minutos. No sentido anti-horário, atendimento, de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 19h30, a cada sete minutos em média, e aos sábados, das 6h20 às 13h45, com passagem de um ônibus a cada 18 minutos em média.
Confira todas as linhas que a partir desta sexta-feira só aceitarão o Cartão Transporte:
464 – A. MUNHOZ / J. BOTÂNICO; 265 – AHÚ / LOS ANGELES; 560 – ALFERES POLI; 823 – AUGUSTA; 361 – AUGUSTO STRESSER; 875 – BIGORRILHO; 913 – BUTIATUVINHA; 516 – C. BELEM / S. FILHO; 393 – C. IMBUIA / PQ. BARIGUI; 150 – C. MÚSICA / V. ALEGRE; 386 – CAJURU; 224 – CASSIOPÉIA; 002 – CIRCULAR CENTRO (ANTI-HORÁRIO); 001 – CIRCULAR CENTRO (HORÁRIO); 385 – CRISTO REI; 662 – DOM ÁTICO; 266 – ESTRIBO AHÚ; 466 – ESTUDANTES; 270 – FERNANDO DE NORONHA; 673 – FORMOSA; 167 – FREDOLIN WOLF; 470 – GUABIROTUBA; 378 – INTERHOSPITAIS; 366 – ITUPAVA / HOSP. MILITAR; 244 – JD. DO ARROIO; 865 – JD. ESPLANADA; 365 – JD. SOCIAL / BATEL; 912 – JOSÉ CULPI; 967 – JÚLIO GRAF; 271 – LARANJEIRAS; 661 – LINDÓIA; 260 – MAL. HERMES / STA. EFIGÊNIA; 181 – MATEUS LEME; 331 – MERCÚRIO; 814 – MOSSUNGUÊ; 176 – NILO PEÇANHA; 280 – NOSSA SRA. DE NAZARÉ; 666 – NOVO MUNDO; 915 – OURO VERDE / V. BÁDIA; 272 – PAINEIRAS; 387 – PALOTINOS; 343 – PARAÍSO; 911 – PASSAÚNA; 644 – PINHEIRINHO / CIC; 671 – PORTÃO; 616 – PORTAO / STA. BERNADETHE – L. VERDE; 632 – QUARTEL GENERAL; 236 – SÃO BENEDITO; 965 – SÃO BERNARDO; 213 – SÃO JOÃO; 670 – SÃO JORGE; 212 – SOLAR; 713 – STA. AMÉLIA; 461 – STA. BARBARA; 274 – STA. GEMA; 760 – STA. QUITÉRIA; 214 – TINGUI; 861 – TRAMONTINA; 165 – UNIVERSIDADES; 761 – V. IZABEL; 467 – V. MACEDO; 825 – V. MARQUETO; 762 – V. ROSINHA; 184 – V. SUIÇA; 918 – VENEZA; Z03 – VIC. DE CARVALHO / C. IMBUIA; 779 – VILA VELHA/BURITI
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Confira as linhas de ônibus que não vão mais aceitar dinheiro em Curitiba

  1. Amigos, boa noite.

    DEMORÔ !

    Como não existe BU flex, hoje tive de pagar em dineheiro na EMTOSA, R$ 3,15.

    Bisurdo…

    Att,

    Paulo Gil

  2. Isso é um CRIME contra o livre transporte do cidadão. Obrigar as pessoas a terem cartão transporte é um abuso de poder. Cadê a OAB para verificar este desrespeito ao cidadão no transporte coletivo?. Para quem a gente reclama??? Se reclamar para o 156 eles não fazem nada. Para quem??? Para a assembleia legislativa ou para o Procon???Me sinto lesada. Estes dias fui pegar um ônibus e veio o tal micro ônibus e, por generosidade do motorista ele me deixou num ponto de ônibus onde passavam ônibus que aceitavam dinheiro.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: