Cooperativas de São Paulo fazem balanço de atendimento durante a Copa

cooperativas

Micro-ônibus de cooperativa. Federação que reúne os operadores fez balanço positivo do atendimento durante a Copa e disse que qualificou trabalhadores e cooperados para atender turistas. Foto: Adamo Bazani.

Cooperativas de transportes prepararam profisssionais para Copa em São Paulo, diz Federação Além de treinamentos, transportadoras do sistema local dizem que investem em manutenção dos veículos ADAMO BAZANI – CBN A FECOOTRANSP - Federação das Cooperativas de Transporte do Estado de São Paulo divulgou nesta quinta-feira, dia 10 de julho de 2014, balanço sobre a prestação dos serviços no sistema local na cidade de São Paulo durante a Copa do Mundo de 2014. Segundo nota da entidade, os serviços foram aprovados por turistas que necessitaram usar os ônibus ou micro-ônibus das cooperativas durante o mundial de futebol. Muitos destes turistas devem continuar na cidade por mais alguns dias, mesmo depois da Copa, para conhecer as atrações de São Paulo. O último jogo da Copa realizado na cidade foi na quarta-feira, às 17 horas, quando a Argentina se classificou para as finais, passando pela Holanda. A região do estádio Arena Corinthians, na zona Leste, é atendida por diversas linhas locais de cooperativas. Nos dias de jogos, porém, os principais meios de transporte foram o Expresso da Copa da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, a linha 3 Vermelha do Metrô e os ônibus executivos da Airport Bus Service, entre o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, e o estádio. Segundo a FECOOTRANSP, os trabalhadores e cooperados do sistema foram qualificados e a manutenção dos veículos recebeu atenção especial. “O cooperado está sempre preparado para atender o usuário com respeito e atenção. Os cadeirantes, por exemplo, são transportados com todo cuidado pelos motoristas treinados para lidar com pessoas com necessidades especiais” explicou em nota, o presidente da FECOOTRANSP - Federação das Cooperativas de Transporte do Estado de São Paulo, Paulo Sirqueira . Ele também falou sobre os cuidados com a frota. . “Os ônibus das cooperativas passam frequentemente por controles de manutenção. Isso acontece porque uma frota de qualidade precisa ter um serviço contínuo e para isso a conservação dos veículos é fundamental. Não é à toa que somos o transporte de menor custo para o poder públic

o” disse o presidente da FECOOTRANSP.
De acordo com a federação, hoje as cooperativas transportam 44% dos passageiros do sistema de transportes da capital paulista.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

6 comentários em Cooperativas de São Paulo fazem balanço de atendimento durante a Copa

  1. E por que o presidente da fecootransp não fala do envolvimento de cooperativas como a express e a transcooper com o crime organizado?

    Olha depois dessa deu Adamo.
    Já vi de que lado você está.
    Finalmente se decidiu de que lado está.

    Lamento muito.

    São milhões de reais lavados pelo crime organizado através das cooperativas de transporte desde 2002.

    Ainda bem que pensei duas vezes antes de participar de reuniões de busologos e ter amizade com pessoas como você que vão sempre pro lado onde a corda é mais forte, mesmo se este lado esteja chafurdado na lama do crime e da corrupção.

    Da minha parte esta é minha ultima postagem aqui.
    Espero que os decentes façam o mesmo.
    Cancelarei minha assinatura pra não receber mais emails com conteúdo indesejável como este.

    Lamentável Adamo.
    Jamais esperaria de vc uma reportagem dessas exaltando criminosas cooperativas.

    • O espaço é democrático. Assim como publicamos várias denúncias, como você pode ter acompanhado, damos voz a quem nos procura. Não podemos ser maniqueístas e tão pouco extremistas.
      O espaço é tão democrático que foi dada voz inclusive a você, mesmo se dirigindo de maneira pouco respeitosa não somente ao Blog, mas de forma pessoal mesmo.
      Continuamos abertos para as mais diversas opiniões e para mostrar os diferentes lados. Fatos negativos e positivos devem ser divulgados. Sem exaltações, mas sem denuncismo.
      Grato pela sua participação.

  2. Meu Deus do Céu! Quanta grosseira, desrespeito e falta de educação desse tal Rodrigo.
    Acompanho há anos o Blog e pouco comento, mas desta vez não posso ficar calado.
    O que esse Rodrigo, se é mesmo o nome dele, fez é um ataque.
    Quantas denúncias sobre cooperativas e empresas com conduta errada soubemos exclusivamente aqui pelo Blog.
    Aí vem esse famoso “Quem” querer julgar o trabalho dos outros com teoriazinhas como “corda do lado mais forte” ou “amizade com pessoas como você”.
    Como jornalista, o Ádamo Bazzani precisa ouvir todos os lados. E é isso que ele fez.
    Não preciso defendê-lo e creio que ele não precisa de minha defesa, mas não posso ficar quieto diante de tamanha agressão.
    Fiquei pasmo com este tal leitor. Será que ele não está entre as pessoas que se sentiram incomodadas pelas verdades publicadas pelo repórter e quer agora descontar? É uma pessoa com dívidas no cartório travestida de leitor?
    E se o Adamo quizer que ele prove em juízo tudo isso que ele falou?

  3. José Henrique Navarro Silva // 12 de julho de 2014 às 15:30 // Responder

    Tudo bem que sabemos que as cooperativas têm muitos bandidos e que há muita coisa errada. Mas esse Rodrigo aí foi um perfeito ignorante e estúpido. Não vi nada de errado na matéria. Se houve algum balanço das cooperativas e foi divulgado, não vejo impedimento de o jornalista publicar. Estranha também essa reação desse cara aí.

  4. Acredito que nosso leitor Rodrigo não entendeu a matéria, por isso a reação desse jeito.
    O fato de um jornalista ouvir alguém ou algum grupo não significa que ele concorde ou discorde, apoie ou é contrário. É a prática da profissão.
    Num Blog, TV, rádio, jornal, há espaço para opinião de jornalistas e comentárias, mas isso é deixado claro em editoriais e não em notas como esta.
    Acredito que o leitor Rodrigo não compreendeu isso e creio que este deve ser o motivo da reação que realmente não teve um bom nível.
    O Blog continua aberto para todas as opiniões (respeitosas, peço a gentileza).

  5. Bernardo Dias Ramos // 19 de julho de 2014 às 14:07 // Responder

    Caro Adamo vc esta de parabens pois como vc disse este é um espaço democratico onde denuncias são publicadas e elogios ou reconhecimento ao bom serviço prestado tambem tem que ser mostrado, não importando se é empresa ou cooperativa. Deixando bem claro que pessoas boas e ruins exitem em todos os segmentos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: