Ônibus de São Paulo tem novos validadores em processo de homologação

Validador

Novo validador que deve ser implantado nos ônibus de São Paulo transmite dados por Wi-Fi, 3 G e pode ler cartões de outros sistemas. Foto: Divulgação Digicon.

Novo validador está em homologação pela SPTrans
Equipamento da Digicon permite transmissão de dados por Wi-Fi com maior velocidade
ADAMO BAZANI – CBN
Em breve os ônibus municipais de São Paulo devem contar com um novo modelo de validador de passagens para a leitura dos créditos do Bilhete Único.
O equipamento da empresa Digicon, modelo DG Smart, já passou pela primeira fase de homologação na SPTrans – São Paulo Transporte, quando foi realizada uma avaliação técnica de hardware, das características físicas do aparelho.
Foram também verificadas a capacidade de armazenamento e processamento de parâmetros e armazenamento de fotos.
Também foi avaliada nesta fase a velocidade de transmissão de dados por Wi-Fi dos validadores para as garagens de ônibus.
O equipamento também possui sistema de comunicação 3 G – celular – para comunicação entre empresas, SPTrans e validador independentemente de onde o ônibus estiver.
O aparelho também possui um display gráfico e colorido acionado pelo toque e leitor biométrico – de digital – sem a necessidade de instalação de equipamentos complementares.
De acordo com a fabricante, o validador pode ler cartões do MIFARE Classic e MIFARE Plus.
Faltam ainda os testes funcionais e de software aplicativo para o novo validador estar nos ônibus de São Paulo.
Caso um dia a SPTrans venha aceitar outros cartões nos ônibus, o equipamento pode ler também créditos de bilhetes intermunicipais e de outras cidades, dependendo apenas de ajustes no programa.
Em nota à imprensa, a Digicon estima que já neste segundo semestre sejam entregues os primeiros validadores para alguns sistemas do País.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Ônibus de São Paulo tem novos validadores em processo de homologação

  1. muito bom parabéns pela inovação tecnológica sptrans.

  2. Ewerton Santos Lourenço (PNE Guarulhos) // 13 de junho de 2014 às 14:20 // Responder

    Ola Internautas,

    Usar tecnologia 3G é fora de cogitação, na minha opinião; deveriam repensar mais a respeito. Na Capital, por mais que tenham antenas de Celular de diversas operadoras; as condições de clima influi muito nisso. E a mesma coisa que você que atender o celular no ônibus em movimento. Mas espero que dê certo esse protótipo que a SPTrans está lançando.

    Agora no caso dos Intermunicipais vai ser um pouco mais complicado, já estou vendo se a próxima cidade adotar o sistema for Guarulhos, rsrsrsrsrs. Se depender do Almeida, vamos ter que colocar bombril na antena do Wi Fi, como aquelas antenas das TV antigas. Aqui essa tecnologia só funciona até a Região de Cumbica, passou dali o sinal começa a oscilar, e olha que quando compramos aqueles mini modem, os revendedores dizem que: na sua região tem cobertura de sinal. Tem é o C!@#$%*!!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: