Viação Osasco com poucos ônibus nas ruas . Greve continua. Mobibrasil parada

ônibus

Auto Viação Osasco ainda parada na região Metropolitana de São Paulo

Viação Osasco operando com poucos ônibus
Urubupungá opera parcialmente também
ADAMO BAZANI – CBN
Poucos ônibus da frota das linhas municipais e intermunicipais da Auto Viação Osasco saíram para as ruas.
A greve de ônibus em Osasco continua.
Os motoristas e cobradores querem reajuste salarial de 10%.
Na Auto Viação Urubupubngá, os serviços têm mais ônibus, mas a operação também não é total.
Os funcionários da Viação Osasco devem permanecer em greve até pelo menos às 15h desta sexta-feira, conforme decisão tomada em reunião entre uma comissão de trabalhadores, representantes do sindicato e da empresa. Na assembleia, que terminou há pouco, a categoria apresentou à empresa as reivindicações. Os funcionários reclamam que o horário de almoço é de uma hora, mas há desconto na folha de pagamento. Outra questão discutida foi o desconto dos dias paralisados e também o atestado médico. De acordo com os trabalhadores, hoje a empresa não paga pelo dia que o funcionário não comparecer, mesmo com atestado. 42 linhas municipais e 16 intermunicipais são afetadas. Municípios vizinhos sentem os reflexos, como Barueri, Carapicuíba e a zona oeste da capital.
A greve dos motoristas e cobradores de ônibus da empresa Mobibrasil, do ABC Paulista, que teve início ontem, continua nesta sexta-feira.
A empresa de ônibus atende 90 mil passageiros por dia com 250 ônibus que operam em 17 linhas municipais de Diadema e 17 linhas intermunicipais entre Diadema, São Bernardo do Campo e a zona Sul da Capital Paulista.
Os trabalhadores querem equiparação salarial com os ganhos dos motoristas e cobradores do ABC Paulista.
Hoje eles recebem os salários da Capital, que são menores.
Um motorista em São Paulo recebe R$ 1955,00 e o cobrador R$ 1130.
No ABC Paulista, um motorista de ônibus ganha R$ 2555,29 e um cobrador R$ 1475,22.
A MobiBrasil possui cerca de 300 trabalhadores.
A Prefeitura de Diadema pediu à viação Benfica que colocasse à disposição da população veículos para cobrir a falta dos ônibus da Mobibrasil. Foram colocados em operação 37 ônibus para atender o município.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

3 comentários em Viação Osasco com poucos ônibus nas ruas . Greve continua. Mobibrasil parada

  1. A diferença salarial é enorme e qual será o critério? Todas as categorias deveriam lutar pela hegemonia salarial, afinal é assim que as coisas são tratadas para com os servidores federais e outros cargos públicos.

  2. não seria isonomia salarial?

  3. Na verdade, o pessoal da Mobi ganha menos do que o salário de SP, pois o sindicato é outro. Inclusive o aumento da Mobi foi de 8%, enquanto em SP foi de 10%.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: