Greve de ônibus no Rio de Janeiro para quarta-feira

ATUALIZAÇÃO – MOTORISTAS E COBRADORES DE ÔNIBUS DO RIO DE JANEIRO ANUNCIARAM QUE VÃO PARAR NESTA QUARTA-FEIRA, DIA 28 DE MAIO DE 2014:

CONFIRA CLICANDO NESTE LINK QUE ESTÁ ATUALIZADO:

http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2014/05/27/greve-de-onibus-no-rio-de-janeiro-nesta-quarta-feira/

ônibus

Ônibus no Rio de Janeiro. Motoristas e cobradores adiam mais uma vez a decisão sobre nova greve realizada por ala dissidente de sindicato.

Greve de ônibus no Rio de Janeiro é adiada
Rodoviários dissidentes do sindicato do Rio de Janeiro vão fazer nova assembleia na próxima terça-feira
ADAMO BAZANI – CBN
Motoristas e cobradores de ônibus da ala dissidente do Sintraturb/RJ – Sindicato Municipal dos Trabalhadores Empregados em Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Município do Rio de Janeiro decidiram trabalhar normalmente nesta quarta-feira.
Em assembleia nesta terça, os dissidentes decidiram realizar um novo encontro entre os trabalhadores na próxima terça-feira, dia 27 de maio de 2014.
Na semana passada, o grupo paralisou os serviços de ônibus no Rio de Janeiro por 48 horas e na semana retrasada, a paralisação foi de 24 horas.
Na greve do dia 8 de maio (quinta-feira) e na paralisação dos dias 13 de maio e 14 de maio (terça-feira e quarta-feira) foram ao todo depredados 708 ônibus, de acordo com o Rio Ônibus – – Sindicato das Empresas de Ônibus da Cidade do Rio de Janeiro.
Por dia, foram prejudicadas pelo menos dois milhões de pessoas.
Nesta terça-feira também, três rodoviários apontados como responsáveis pelo movimento grevista foram ouvidos na Delegacia de Serviços Delegados (DDSD).
Os policiais investigam possíveis crimes e desrespeito à lei cometidos pelo grupo que incitou a greve.
A paralisação foi ocasionada por uma ala dissidente ao Sitraturb insatisfeita com o acordo em abril entre o Rio Ônibus e o Sintraturb/RJ.
Pelo acordo, realizado em abril, os salários dos motoristas e cobradores de ônibus foi reajustado em 10%. O salário-base de um motorista de ônibus no Rio de Janeiro foi para R$ 1950,00.
O vale-refeição subiu de R$ 120 para R$ 150, com R$ 10 de desconto, passando a ser de R$ 140.
Os responsáveis pela greve querem salários e benefícios semelhantes aos dos rodoviários do ABC Paulista. Eles reivindicam aumento de 40% nos salários, que iriam para R$ 2500. Os ganhos de um motorista no ABC é de R$ 2.555,29.
Os rodoviários do Rio de Janeiro também querem vale-refeição semelhante ao do ABC Paulista. Eles pedem R$ 400 de ticket. Na região do ABC, o vale foi para R$ 432.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

1 comentário em Greve de ônibus no Rio de Janeiro para quarta-feira

  1. gostaria de saber ser são Paulo e outro pais o é brasil porque é um vergonha a diferencia salarial de um rodoviário para outro do rio de janeiro nem plano de saúde têm??

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: