São Paulo pode ter até 2015, 500 km de faixas de ônibus e pagamento de passagem por celular

ônibus

Ônibus em São Paulo. Secretário Municipal de Transportes, Jilmar Tatto, diz que até 2015, a cidade pode ter 500 quilômetros de faixas de ônibus. Também há estudos para o ano que vem sobre a possibilidade de pagamento das tarifas por um chip especial no celular. Foto: Adamo Bazani.

São Paulo pode ter 500 km de faixas de ônibus e pagamento de tarifa por celular
Estimativas são do secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto
ADAMO BAZANI – CBN
Até 2015, a cidade de São Paulo deve somar em torno de 500 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus. Além disso, no ano que vem os passageiros poderão pagar as tarifas usando celular.
As estimativas são do secretário municipal de transportes de São Paulo, Jilmar Tatto.
Sobre as faixas de ônibus, a meta de 150 quilômetros anunciadas pelo prefeito Fernando Haddad, em campanha, já foi batida há muito tempo e chegar aos 500 quilômetros não será tarefa nada difícil.
Contando com a implantação de 700 metros nesta segunda-feira na região de Parelheiros, zona Sul de São Paulo, desde janeiro de 2013, a cidade recebeu 331,6 quilômetros deste espaço para o transporte coletivo. Antes eram 105 quilômetros. Somados o antes e depois Haddad, a São Paulo possui agora 436,6 quilômetros de faixas.
O último estudo da CET mostra que as faixas, de uma maneira geral na cidade, aumentaram em média 48% a velocidade dos ônibus que circulam pelas vias onde foram implantadas. Em alguns, casos, como na Avenida 23 de Maio, o aumento da velocidade foi de 108%.
Mas o estudo precisa ser refeito. Quando foi realizado, a cidade tinha pouco mais de 250 quilômetros de faixas e os táxis não tinham autorização de circular por algumas delas, como na própria Avenida 23 de Maio.
Enquanto isso, a meta de 150 quilômetros de corredores exclusivos para ônibus, que, segundo especialistas, são espaços mais adequados para o transporte coletivo por oferecerem de fato prioridade total aos ônibus, encontra diversas barreiras. O TCM – Tribunal de Contas do Município – ainda não liberou completamente a licitação de 128 quilômetros (apenas as licenças foram liberadas, mas há outros pontos, como a comprovação de recursos suficientes, que ainda suscitam dúvidas nos conselheiros). Os vereadores de São Paulo não aprovaram ainda em segunda votação o projeto de lei 017/2014 que prevê o realinhamento de 66 vias, com medo do impacto político negativo das desapropriações e há uma disputa judicial sobre licenças ambientais. Uma resolução do Conama – Conselho Nacional do Meio Ambiente permite que a prefeitura conceda estas licenças. Mas para o Ministério Público, a resolução contraria a lei que incube esta responsabilidade ao Estado.
Em relação ao pagamento das tarifas por celular, a promessa parece ser mais difícil de ser alcançada.
Tatto disse que a prefeitura de São Paulo negocia com as empresas de telefonia para viabilizar o projeto. O sistema do Bilhete Único, considerado ultrapassado pela própria prefeitura, precisa passar por profundas atualizações.
Além disso, deve ser elaborado um chip específico para armazenar os dados dos passageiros e os créditos do Bilhete Único que vai ser vendido separadamente. Estudos mostram que será mais complexo o armazenamento dos dados nos chips comuns das operadoras.
Também é testado um relógio de pulso, com um chip especial, para o pagamento da tarifa de ônibus municipais.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em São Paulo pode ter até 2015, 500 km de faixas de ônibus e pagamento de passagem por celular

  1. marcosblabla@bol.com.br // 7 de junho de 2014 às 13:56 // Responder

    ESPERO QUE ELE FAÇA ISTO MESMO, SAO PAULO JA TÁ UM CAOS COM A GUERRA DESLEAL QUE ESTE PREFEITO BURRO E SEU SECRETRAIO TATTO MAIS BURRO AINDA ESTÃO TRAVANDO CONTRA QUEM CONQUISTOU COM MUITO SUOR SEU CARRO PROPRIO.

    ESTES IDIOTAS IMPLANTARAM FAIXAS ONDE ANTES CARRO E ONIBUS ANDAVAM E FLUIAM, AGORA FICAMOS OS TROUXAS, QUE É ISTO QUE ESTE PREFEITO ACHA QUE SOMOS PARADOS COM NOSSOS CARROS, COM A FAIXA EXCLUSIVA SEM ONIBUS PASSANDO E ATÉ TEM LUGARES QUE CIRCULAM APENAS MICRO ONIBUS.
    REZO TODOS OS DIAS PARA O FIM DO MANDATO DO FERANANDO HADDAD E SUA CORJA DE SECRETARIOS BURROS, MEU TEMPO DE PERCURSO DIARIO AUMENTOU 30 MINUTOS PARA IR AO TRABALHO E 30 A MAIS PARA VOLTAR, ISTO É ESPELHO PARA MILHARES DE PAULISTANOS QUE ANDAM DE ARRO, FORA PETRALHA !!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: