Permissões com intermunicipais do ABC são prorrogadas por mais seis meses

ônibus ABC

Ônibus intermunicipal do Grupo de Baltazar. EMTU renovou permissões por mais seis meses até concluir licitação da área 5. Foto: Adamo Bazani

Permissões a empresas do ABC são prorrogadas por mais seis meses
Neste período, EMTU pretende realizar licitação da área 5, das linhas intermunicipais
ADAMO BAZANI – CBN
As empresas de ônibus que prestam serviços intermunicipais no ABC Paulista tiveram as permissões renovadas por mais seis meses.
O prolongamento do tempo de atuação das companhias foi publicado no Diário Oficial do Estado, edição de sábado, 5 de abril.
Neste período, a EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos pretende concluir a licitação da chamada Área 5,que envolve as sete cidades da região: Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.
Todas as outras quatro áreas da Região Metropolitana, contando com 39 municípios menos os do ABC, foram licitadas. Os serviços foram organizados, as linhas tiveram readequações e a frota foi renovada, contando com veículos dotados de acessibilidade para deficientes físicos.
No ABC, a EMTU tenta sem sucesso realizar a licitação desde 2006, quando também concluiu as concorrências nas outras áreas, por interferência dos empresários da região.
As operações no ABC contrariam a Constituição Federal de 1988 e a Lei de Licitações 8.666/93 que determinam que todo o serviço público prestado por empresas privadas seja regido por contratos assinados depois de processo de concorrência que escolha a melhor proposta técnica e o menor preço.
Desta vez, o empecilho era a situação financeira, jurídica e fiscal do Grupo BJS, do empresário Baltazar José de Sousa.
Por causa de dívidas fiscais e trabalhistas da Soltur – Solimões Transportes e Turismo, de Manaus, a Justiça do Amazonas iniciou processo de recuperação judicial de 33 empresas de Baltazar. Entre elas, as que operam linhas intermunicipais no ABC: E.A.O.S.A. – Empresa Auto Ônibus Santo André, Viação São Camilo, EUSA – Empresa Urbana Santo André e Viação Ribeirão Pires Ltda.
Até então, a defesa de Baltazar tinha conseguido impedir a licitação sob o argumento de que se as empresas não conseguissem ficar no sistema teriam as finanças prejudicadas e isso atrapalharia o processo de recuperação judicial.
Mas na última sexta-feira, dia 04 de abril, a Justiça do Amazonas autorizou a EMTU prosseguir com a licitação.
Apesar das expectativas serem de melhoria nos serviços, os contratos desta licitação devem ser menos exigentes para com as empresas. Isso porque devem ter duração de até dois anos. Em 2016, a EMTU deve licitar novamente as outras quatro áreas e deve incluir a área 5. Assim, exigências como idade da frota e investimentos em tecnologia devem ser menores.
Hoje as linhas intermunicipais do ABC Paulista possuem a maior idade da frota da Região Metropolitana, com 9 anos em média. O número de veículos acessíveis é menor em relação às outras áreas e algumas empresas, em especial as do Grupo BJS, figuram entre as piores prestadoras de serviço do Estado, com as notas mais baixas no IQT – Indice de Qualidade do Transporte, da EMTU.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

10 comentários em Permissões com intermunicipais do ABC são prorrogadas por mais seis meses

  1. LEDRAJ SARCE DOPRA // 9 de Abril de 2014 às 00:11 // Responder

    VAMOS LUTAR PARA QUE A LEBLON VENCE A LICITAÇÃO DA AREA 5 DA EMTU.

  2. Eu também gostaria de ver a empresa Leblon participar e vencer , para que alguém veja o maU que fez , tirando ela do município .

  3. professor pardal // 9 de Abril de 2014 às 01:38 // Responder

    Creio que a licitação por ser 2 anos será ganha pelas operadoras que já estão ai não vai mudar muita coisa.

  4. E!!!!!!!! Não e fácil o Baltazar e fera compra prefeituras desembargadores aete a e m t u imagina gracas a Deus esse impresario nunca quis aplica golpe no pais se não era ditadura braba!!!!!!!! Alias ele domina só de lonje vê em Mauá o q ele que se faz e no ABC rescete mente comessou motouar lixo por toda a cidade comassando com a suzatur agora e só ver as cidades do ABC como esta mesmo depois da greve ate o sindicato abandonou os garis já tinha abandonado os funcionários da leblom agora os garis EEE sindicato!!!!!! Vcs são mesmo PT rooooooocho e faz o q Baltazar que q desgracaaaaaaas

  5. FORA DA GRANDE SP EMPRESAS DE MENTIRINHA E DA AREA 4 DA CIDADE DE SÃO PAULO-SP! FORA !! TRANQUEIRAS!

  6. A grande alegria seria ver a Leblon disputar a área 5 e ganhar as linhas da Ribeirão Pires, E.O.A.S.A e o transporte ganharia muita qualidade.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: