Metrô perde passageiros em dias úteis pela primeira vez em dez anos

metrô

Metrô tem queda na demanda de passageiros nos dias úteis pela primeira vez em dez anos. Expansão da rede e ampliação da oferta de serviços de ônibus são consideradas soluções para o problema de superlotação que desestimula o uso do transporte público.

Metrô perde passageiros pela primeira vez em 10 anos
Média transportada em dias úteis é menor. Especialistas dizem que sistema alcançou capacidade. Expansão da rede e aumento de oferta de ônibus são apontadas como solução para a lotação que desestimula o
ADAMO BAZANI – CBN
Relatório da Administração da companhia, publicado neste sábado, dia 22 de março de 2014, revela que pela primeira vez em dez anos, a média de passageiros transportados pelo Metrô nos dias úteis teve queda.
Foram 3 milhões 743 mil passageiros em 2013 ante 3 milhões 750 mil no ano anterior.
Em números absolutos, entre 2013 e 2012 houve aumento de 1,4%, com 889 milhões de passagens registradas. Mas este número se deve ao crescimento da demanda nos finais de semana e feriados, que teve alta de 2% no sistema.
Especialistas dizem que os números são reflexos do esgotamento do sistema do metrô que chegou ao limite e defendem, além da ampliação da rede metroferroviária, criação de serviços de ônibus paralelos em corredores exclusivos às principais linhas de metrô para diminuir a lotação nas composições.
Em nota, a companhia do metrô diz que a queda de passageiros é reflexo da inauguração das Estações Luz e República da Linha 4-Amarela e de mudanças de hábitos de deslocamento com novas possibilidades de integração. As estações foram inauguradas em 2011 , mas a demanda diária é a menor desde 2004.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

4 comentários em Metrô perde passageiros em dias úteis pela primeira vez em dez anos

  1. Motorista mais que revoltado // 25 de março de 2014 às 11:21 // Responder

    E perde muito passageiro porque não houve expansão do sistema e muitos voltaram a usar o transporte individual aumentando o trânsito de São Paulo.De que adianta escrever isso??? Infelizmente o GESP não vai ler, vai ignorar assim como ele ignora o povo sempre, mas a minha esperança é que ALGUM DEFENSOR DO METRÔ possa se manifestar e batalhar para expansão imediata de mais linhas porque DINHEIRO O ESTADO TEM o problema é que não chega este dinheiro que vem de Brasilia para as mãos certas…..

  2. LEDRAJ SARCE DOPRA // 25 de março de 2014 às 21:04 // Responder

    O Que fez o Metrô perder passageiros em dias úteis pela primeira vez em dez anos foi as duas linhas de ônibus 4310 E.T. Itaquera – Term. Pque d. Pedro II e o 4313 Cid. Tiradentes – Term. Pque d. Pedro II, estas duas linhas de ônibus tem intervalo de 3 a 10 minutos, no Terminal Pque d. Pedro tem integração com os ônibus do corredor BRT Fura Fila que liga do Pque d. Pedro ao Metrô Sacomã da L2 Verde do Metrô da Av Paulista.

  3. LEDRAJ SARCE DOPRA // 25 de março de 2014 às 21:05 // Responder

    e a Incopetencia do GESP de administrar o Metrô.

  4. Imagina se sairem os corredores da Radial Leste e o de Santana ai vai se ferrar o Metrô.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: