Rio anuncia plano de contingência para panes em transportes

ônibus

Ônibus no Rio de Janeiro. Agetransp e concessionárias de serviço de transportes anunciaram a elaboração de um Plano de Contingência Integrado. Entre as medidas está a criação de um bilhete para os dias de panes que pode ser usado em qualquer meio de transporte.

Rio cria plano de contingência para panes nos transportes
Entre as medidas está a adoção de um bilhete nos casos de emergência que vai ser aceito em todos os modais
ADAMO BAZANI – CBN
A Agetransp – Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro – anunciou nesta terça-feira, dia 25 de fevereiro de 2014, a criação de um plano de contingência em caso de pane em serviços de transportes públicos.
O plano foi elaborado em conjunto com a SuperVia, operadora dos trens, com o Metrô Rio e com a Fetranspor – Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro, que reúne as companhias de ônibus.
O Plano de Contingência Integrado prevê que ações previamente elaboradas em caso de interrupções ou falhas nos serviços cuja normalização demore mais que 30 minutos.
Entre as medidas está a criação de um bilhete que será distribuído nos dias que ocorram os problemas e que pode ser usado em qualquer meio de transporte como trens, barcas, metrô, ônibus municipais e ônibus intermunicipais.
O bilhete Siga-Viagem já está disponível a partir desta quarta-feira, dia 26 de fevereiro de 2014.
Nos primeiros 60 dias, os passes serão de papel, sendo depois trocados por cartões magnéticos com chips.
As empresas operadoras de transportes têm até 30 dias para apresentarem à Agetransp os detalhes das ações planejadas.
O órgão diz que o plano de contingência não substituições e as medidas e manutenções preventivas.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Rio anuncia plano de contingência para panes em transportes

  1. Amigos, boa noite

    Nada mais sugestivo.

    O nome do plano de contingência está no letreiro do buzão da foto.

    Idêntico ao nome real dos corredores de Sampa.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Luís Marcello Gallo // 25 de fevereiro de 2014 às 23:13 // Responder

    Ué! O que aconteceu de tão grave a ponto da Agetransp se mexer para articular este plano contingencial? Finalmente acordaram para o mundo…
    Enviado pelo meu aparelho BlackBerry® da Vivo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: