Receita da Marcopolo cresce, mas lucro cai

ônibus

Ônibus da Marcopolo. Empresa teve queda no lucro em 2013 na comparação com 2012. Companhia fez transferências para unidade no Canadá como plano de investimento. Foto: Adamo Bazani

Marcopolo tem receita maior, mas lucro cai 7,3%
Incertezas provocadas pelo congelamento das tarifas de ônibus e indefinição da licitação da ANTT fizeram com que todo o setor sentisse retração no último trimestre
ADAMO BAZANI – CBN
A fabricante de carrocerias de ônibus Marcopolo divulgou nesta terça-feira, dia 25 de fevereiro de 2014, que teve em 2013 uma receita operacional líquida de R$ 3,66 bilhões, o que significa alta de 8,6% em relação a 2012.
Mas o lucro líquido em 2013 reduziu 3,4% sobre o ano anterior, R$ 292,1 milhões.
A redução no lucro ocorreu, segundo a Marcopolo, por causa da captação de recursos e para a fábrica de ônibus urbanos canadense New Flyer Industries.
No ano passado, a Marcopolo assumiu parte das operações da empresa. Contrato assinado em janeiro de 2013 prevê investimentos na unidade de 116,4 milhões de dólares canadenses.
O Ebtida, geração de caixa apurada pelo lucro antes da depreciação, pagamento de juros, impostos e amortizações, foi de R$ 435,1 milhões
A Marcopolo diz que o ano passado só não foi melhor e não correspondeu às expectativas de crescimento em relação a 2012, quando houve desaquecimento por causa da mudança de tecnologia de restrição de poluição, porque o setor de ônibus sofreu incertezas a partir da metade do ano e que refletiram no último trimestre.
Para a empresa, com o congelamento das tarifas de ônibus urbanos nas principais cidades do país em junho do ano passado, após as manifestações contra a má qualidade dos transportes, os empresários adiaram as renovações de frota, impactando na indústria.
O imbróglio que se tornou a licitação de cerca de 2 mil linhas rodoviárias interestaduais e internacionais, gerenciadas pela ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres, também trouxe impacto negativo para as fabricantes, em especial de modelos rodoviários.
A licitação prevê renovação gradativa da frota que não pode ter idade superior a 10 anos
Segundo a Fabus, associação que reúne os fabricantes de carrocerias de ônibus, em 2013 foram produzidas 32 mil 693 unidades.
Foram 28 mil 827 ônibus para o mercado interno, alta de 0,7 % sobre a produção de 2012, e 4 mil 282 carrocerias para exportação em 2013, queda de 3,9% na comparação com 2012.
Somente a Marcopolo produziu em 2013, 13 mil 075 carrocerias, sendo 7 mil 295 pela marca e 5750 pela Ciferal, planta no Rio de Janeiro que faz ônibus urbanos.
Apesar da desaceleração geral no mercado de ônibus no último trimestre de 2013, para este ano, a Marcopolo mantém as estimativas.
Os investimentos em modernização, criação e expansão devem chegar a R$ 166 milhões. A receita líquida deve ser maior que 2013: R$ 3,8 bilhões.
A Marcopolo prevê produzir 20 mil 850 ônibus.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

5 comentários em Receita da Marcopolo cresce, mas lucro cai

  1. MARCOPOLO + CIFERAL (7295 + 5750 = 13.045 carrocerias produzidas e não 13.075 como consta na matéria a não ser que a CIFERAL tenha produzido 5780 ou a Marcopolo tenha produzido 7325 para poder fechar a somatória em 13 075.
    Mas curioso mesmo é que a MARCOPOLO continua separando o que produz no RIO como se fosse um produto diferente totalmente do Torino G7 modelo lançado em 2007 e que será descontinuado em 2014 para dar espaço ao Torino G8.
    Amigos empresários da região dizem que a qualidade do TORINO G7 produzido no RIO é diferente da qualidade do TORINO G7 produzido em Caxias do Sul e na verdade agora essa diferença já nem existe mais de uns meses para cá pois segundo informes todos os ônibus urbanos mais simples da linha TORINO serão produzidos na CIFERAL que agora definitivamente se chama MARCOPOLO RIO e espero sinceramente que a QUALIDADE das carrocerias melhore e bastante pois quase todos os Torino G7 aqui da cidade e de cidades vizinhas e ano de fabricação 2011 já estão DETONADOS (e isso que cumprem as melhores linhas!). Os de 2013 já tem um ou outro algum probleminha! O que está havendo com nossos ônibus pessoal ? Hoje são basicamente feitos em fibra e plástico e a qualidade e a durabilidade caiu a níveis impressionantes e em quase todas as encarroçadoras !!!

  2. Saudades busscar…

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: