Motoristas profissionais terão de passar por exame antidrogas

ônibus

Motoristas profissionais, como de ônibus e caminhões, vão precisar fazer exames antidrogas. Examinadores e instrutores passarão por avaliações. Foto: Adamo Bazani

Motoristas profissionais terão de fazer exames antidrogas para renovarem a Habilitação
Obrigatoriedade começa a valer já em janeiro do ano que vem. Instrutores e examinadores de motoristas vão passar por avaliações profissionais
ADAMO BAZANI- CBN
Motoristas profissionais, como de vans escolares, caminhões e ônibus, com categorias C,D e E só vão poder renovar a habilitação depois de passarem por rigorosos exames toxicológicos que detectam o uso de substâncias como maconha, cocaína e psicotrópicos.
A regulamentação do Contran – Conselho Nacional de Trânsito – foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, dia 27 de novembro.
A obrigatoriedade entra em vigor já em janeiro, mas os efeitos legais, após adaptação serão apenas no segundo semestre de 2014.
Segundo o coordenador-geral de Informatização e Estatística do Contran, Roberto Craveiro, estudos feitos pela Polícia Rodoviária Federal mostram que boa parte dos acidentes envolvendo veículos de grande porte ocorrem no período da noite. Parcela significativa dos motoristas tinha consumido álcool ou outras drogas, entre elas maconha, anfetaminas, cocaína e crack. Dados do Ministério das Cidades, mais de 43 mil pessoas morrem a cada ano em acidentes de trânsito no Brasil.
Segundo o técnico, à Agência Brasil, “a identificação de substância psicoativa não configura isoladamente o uso ilícito ou dependência e o médico é o responsável pela avaliação final das informações. Craveiro enfatizou que usuário de medicamentos com substâncias que possam ser detectadas no exame, por exemplo, terão os direitos preservados, bastando apresentar a prescrição médica. O exame toxicológico de larga detecção identifica o uso de substâncias químicas em um período de três meses e pode ser feito por meio de fio de cabelo ou pelas unhas”.
O custo do exame, entre R$ 270 a R$ 290, vai ser pago pelo próprio motorista, mas algumas companhias de ônibus e caminhões possuem programas que devem assumir estes valores. De acordo com o Contran, o Brasil tem pelo menos sete empresas com tecnologia e rede de laboratórios de análises clínicas para este fim.
AVALIAÇÃO DE INSTRUTORES:
Ainda para a Agência Brasil, o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, informou que a pasta espera implantar, a partir de janeiro de 2014, o Exame Nacional de Instrutores e Examinadores de Trânsito, que servirá para avaliar o desempenho de instrutores de autoescolas e examinadores dos departamentos estaduais de trânsito (Detrans) do País e contribuirá para melhorar a capacitação dos motoristas. O exame será gratuito e obrigatório para todos os instrutores e examinadores, que farão um curso a distância de 60 horas antes da avaliação. O curso terá conteúdos ligados à atualização da legislação de trânsito.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em Motoristas profissionais terão de passar por exame antidrogas

  1. Amigos, bom dia.

    Antes disso, uma grande maioria ainda precisa aprender a dirigir, ou seja, primeiro precisam tirar uma carteira de habilitacao que nao seja uma droga.

    Voces precisam ver o que as tias e tios “escolares”, fazem aqui no bairro onde resido, uma das que eles mais gostas e cortar faixa dulpla.

    Sem contar as barbaridades que sao feitas nas estradas desse Brasil, ultimamente o numero de acidentes tem aumentado muito.

    Na BR que liga a Bahia a Brasilia, nao sei se 231 ou 261, ha uns anos atras eu vi cada coisa
    De arrepiar, inclusive com Buzao.

    E isso, enqunato nao corrigir a base nao adianta fazer esse exame, pois mesmo normais as drogas que fazem no volante sao de arrepiar as almas.

    Att,

    Paulo Gil

  2. SE ESSA COISA INCRIVELMENTE SAGAZ E INTELIGENTE E ,ESPERO, ANTI-CORRUPTÍVEL…PEGAR MESMO, E PROS MOTORISTAS E TALVEZ ATÉ PROS COBRADORES E FISCAIS DE LINHAS, ADEUS COOPERATIVAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DA CIDADE DE SÃO PAULO, SOB A TUTELA E RESPONSABILIDADE DA SPTrans E SMT! E ADEUS A ALGUMAS EMPRESAS DE ÔNIBUS DAS AREAS 1,2,3,4,5,6,7,8…MUITA GENTE TERÁ Q SER DEMITIDA…MUITOS COOPERADOS VÃO FICAR FORA DO SISTEMA! TEM GENTE AQUI NA AREA 2 Q LARGA CARRO NA GARAGEM DA COOPERATIVA, LIBERA O COBRADOR PRA IR PRA CASA DESCANSAR E VAI COMPRAR COCAÍNA E ALCOOL NAS FAVELAS DA REGIÃO…E OS USUÁRIOS FICAM NOS PONTOS ESPERANDO POR ÔNIBUS Q NÃO VIRÃO…PREFIRO NEM MENCIONAR DE Q LINHA É ISSO E O NOME DA COOPERATIVA…MAS É #FATO! UMA VERGONHA! TOMARA Q ESSA NORMA/LEI…SEI LÁ VINGUE MESMO! DEMOROU!

  3. Eu concordo que tem que se fazer exames mais rigorosos ,mas nos motoristas pagar um valor absurdo desses isso e piada já não chega a quantidade de impostos,tarifas,taxas,pedagios e agora mais essa,isso e piada o Brasil não sabe fazer nada que não tenha que tirar dinheiro da gente que já não ganha nada isso e um absurdo e concordo com o que o amigo comentou a maioria dos motoristas antes de mais nada tem que aprender a dirigir e saber que coisas básicas como setas de orientação devem ser utilizadas ,aquilo ali não e pra enfeite.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: