Testes em São Paulo podem abrir caminho para fábrica chinesa de ônibus elétrico no Brasil

ônibus

Modelo de ônibus elétrico chinês da fabricante BYD. Outras duas unidades serão adaptados na China com os padrões da SPTrans – São Paulo Transportes. Testes na Capital Paulista abrem caminho para instalação de fábrica chinesa no Brasil. Foto – SPTrans

Cidade de São Paulo começa a testar ônibus elétrico chinês movido somente com baterias. Dependendo dos resultados dos testes e de negociações, fábrica da China pode se instalar no Brasil para produzir o veículo. No Corredor que liga São Paulo à região do ABC Paulista também está um teste um ônibus elétrico com baterias.
Texto:
Atualmente, o Japão e a China lideram a tecnologia de ônibus elétricos que independem dos fios de rede área, como os trólebus, e de motor a combustão para gerar energia elétrica, como os híbridos.
O mercado brasileiro desperta interesse nestes países que firmam parcerias para testes, em especial na Capital Paulista e na Grande São Paulo.
Nesta segunda-feira, dia 25, começa a circular ainda sem passageiros pelas ruas de São Paulo um ônibus chinês movido somente com baterias. O veículo foi apresentado nesta sexta-feira.
A autonomia do veículo é de cerca de 250 quilômetros e a emissão de poluentes é zero. Por dia um ônibus na Capital Paulista circula 230 quilômetros em média. A recarga das baterias é feita na garagem
O secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto, diz que dependendo dos resultados e de negociações com a China, o ônibus pode ser fabricado no Brasil

OUÇA

http://cbn.globoradio.globo.com/sao-paulo/2013/11/22/ONIBUS-ELETRICO-CHINES-VAI-CIRCULAR-PELA-CIDADE-DE-SAO-PAULO.htm

“A tecnologia é da China, eles têm a propriedade desta tecnologia, para ter uma produção em escala no Brasil depende muito de convênio. É importante o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior estabelecer tratativas no sentido de trazer a fábrica para cá e fazer não só a montagem mas eventualmente trazerem tecnologia para o Brasil” – disse o Secretário de Transportes, Jilmar Tatto
Outros dois ônibus devem chegar e ser adaptados aos padrões de São Paulo. Técnicos da gerenciadora SPTrans embarcam para a China. Os testes com passageiros vão começar até março.
No Corredor que liga a Capital ao ABC Paulista também circula um ônibus elétrico a baterias, articulado, parceria entre uma fabricante brasileira e outra japonesa.
De São Paulo, Adamo Bazani.

5 comentários em Testes em São Paulo podem abrir caminho para fábrica chinesa de ônibus elétrico no Brasil

  1. Os ônibus elétricos híbridos podem reduzir em até 90% a emissão de alguns poluentes e em cerca de 35% o consumo de combustível.

  2. Adamo, os nossos trolebus chifrudos são otimos, o que não presta e a rede aerea que uma porcaria, principalmente no Centro da cidade, a prefeitura não tem coragem de renovar a parte aerea, parece que eles adoram o Caos causado pelas constantes quebras, no Brasil o grande problema chama-se manutenção, que e zero.

  3. Professor Pardal REVOLTADO!!!! // 23 de novembro de 2013 às 11:48 // Responder

    Só acho que o Brasil não precisa importar a tecnologia de veículos elétricos da CHINA. TEMOS TECNICOS CAPAZES na REGIÃO METROPOLITANA. Agora parcerias são importantes para nacionalização de tecnologia, isso sim é importante, mas insisto, temos TECNICOS muito capazes o que eles não tem aqui no Brasil é INCENTIVO e nem uma LEI que incentive NOVAS TECNOLOGIAS. Sem contar que temos ótimas faculdades que tem ótimos laboratórios, o que não há é investimento para DESENVOLVIMENTO.

  4. A Eletra quando desenvolveu o E Bus, mostrou que há PESSOAS CAPAZES para se construir toda uma tecnologia, ela precisou de parceiros, mas mesmo assim mostrou CAPACIDADE, temos que ter fé nos BRASILEIROS, o que digo aos governantes é: INCENTÍVE-OS e VERÃO OS GRANDES MILAGRES TECNOLÓGICOS.

  5. Pela foto o piso é bem baixo, quero ver ele aguentar passar pelas lombadas e buracos do Brasil, se não me engano, no aeroporto de Guarulhos tem um ônibus bem parecido com ele!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: