Com 7,5 km nesta segunda, implantação de faixas de ônibus soma 232 km neste ano

ônibus

Ônibus em São Paulo. Nesta segunda-feira, a cidade recebe mais 7,5 km de faixas exclusivas, somando 232,1 km implantados só neste ano. A maior parte das faixas que começam a operar nesta segunda-feira é na zona Leste de São Paulo. Foto: Adamo Bazani.

Com mais 7,5 km de faixas, São Paulo soma 232,1 km de espaços exclusivos para ônibus nesta segunda-feira
Só a zona Leste de São Paulo recebe 6,6 km de novas faixas
ADAMO BAZANI – CBN
A zona Leste de São Paulo é a região da cidade que recebe nesta segunda-feira, dia 14 de outubro, a maior extensão de faixas exclusivas para ônibus, somando 6 quilômetros e seiscentos metros. No total, nesta segunda, a capital paulista conta com mais sete quilômetros e meio de faixas. Com isso, só neste ano, a administração municipal diz que implantou 232 quilômetros e 100 metros de espaços reservados para os ônibus.
A via que conta nesta segunda-feira com maior extensão, é a Avenida Marechal Tito.
São 3 quilômetros e 700 metros nos dois sentidos, entre a Avenida Nordestina e a Rua Ribeiro Escobar e também num trecho da rua Beraldo Marcondes.
O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 6 h às 9 h no sentido centro e das 17 h às 20 h no sentido bairro.
Na região de Itaquera, as novas faixas nesta segunda-feira atingem 2 quilômetros e 900 metros e abrangem vias como Avenida Itaquera, rua Dr. Luiz Ayres, rua Augusto Carlos Bauman, rua Castelo do Piauí e rua Américo Salvador Novelli. Os horários e trechos estão sinalizados no local. (Confira abaixo os detalhes).
Na zona Norte, a Avenida Engenheiro Caetano Álvares recebe um prolongamento de 900 metros da faixa já existente. O novo trecho é entre as ruas Zilda e Padre João Gualberto nos dois sentidos. De segunda a sexta-feira, no sentido centro, o funcionamento é das 6 h às 9 h, e no sentido bairro, é das 17 h às 20 horas.
Nestas novas faixas ainda não serão aplicadas multas aos invasores, de acordo com a CET – Companhia de Engenharia de Tráfego, o que deve ocorrer em 15 dias.
A pena para quem invadir as faixas à direita é multa de R$ 53,20 e 3 pontos na Carteira Nacional de Habilitação. A invasão a corredores de ônibus ou faixas à esquerda sujeita o infrator a multa de R$ 127,69 e 5 pontos na Carteira.
CONFIRA OS TRECHOS NA REGIÃO DE ITAQUERA (todas de segunda a sexta-feira):
– Avenida Itaquera: entre as ruas Castelo do Piauí e Heitor, das 17h às 21h, no sentido bairro.
– Rua Dr. Luiz Ayres: entre a rua Tomazzo Ferrara e o acesso ao túnel Jornalista Odon Ferreira. No sentido centro, das 6h às 9h. Já no sentido bairro, da Avenida Padre Estanislau de Campos até a Rua Castelo do Piauí, das 16h às 21h.
– Rua Augusto Carlos Bauman: No sentido centro, das 5h às 9h, entre as ruas Sabbado D’Angelo e Antônio de Moura Andrade.No sentido bairro, das 6h às 22h, entre a rua Antônio de Moura Andrade e rua Sabbado D’Angelo.
– Rua Castelo do Piauí, no sentido bairro, entre a rua Dr. Luiz Ayres e a Avenida Itaquera, das 16 h às 21 h.
– Rua Américo Salvador Novelli, no sentido bairro, da Rua Heitor à Rua Victório Santim, entre 17h às 21 horas.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

6 comentários em Com 7,5 km nesta segunda, implantação de faixas de ônibus soma 232 km neste ano

  1. Quero ver ele colocar uma na Estrada de Itapecerica entre o Unasp e o Habib’s

  2. Ele queria a cidade para depois abandonar , não é pintar a rua com faixa exclusiva que será um bom prefeito , quem pensar assim é porque tem a base cultural muito baixa e não merece morar aqui , as maracutaias já estão presente , agora só falta vir mais um quadrilheiro e enterrar o resto.

  3. Fernando Haddad conseguiu piorar o caótico trânsito de SP e ainda mente acintosamente sobre o tema
    Face lenhosa – Dono de incompetência conhecida, algo que ficou comprovado em sua passagem pelo Ministério da Educação, e com discurso desconexo, o petista Fernando Haddad continua creditando que o trânsito da quarta maior cidade do planeta, São Paulo, pode ser resolvido com um pincel e uma lata de tinta branca.
    Depois que seu padrinho político, o lobista-fugitivo Lula enganou a população e patrocinou o aumento meteórico da frota de automóveis do País, Haddad decidiu que a solução do caótico trânsito paulistano está na criação de corredores exclusivos de ônibus, como se o transporte público fosse de excelência.
    Fernando Haddad é um arrogante metido a Messias como dez entre dez petistas, que agora decidiu ajudar o seu partido a avançar no golpe que transformará o Brasil em uma ditadura comunista, a exemplo da que há anos corrói a depauperada e bolivariana Venezuela.
    Ainda sem ter feito algo em prol da cidade, apesar de ter sido empossado, de direito, há mais de dez meses, Haddad continua mentindo descaradamente a respeito dos índices de congestionamento na capital dos paulistas. Depois de desmontar a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o prefeito petista manipula os dados sobre o trânsito. Nesta sexta-feira (11), às 18h30, a prefeitura de São Paulo, por meio da CET, informou que a cidade tinha 224 km de congestionamento. Na verdade, naquele horário a maior cidade brasileira tinha incríveis 608 km de congestionamento, de acordo com a Maplink.

    Como se nada representasse essa monstruosa mentira, que pela disparidade dos números não tem desculpa que justifique, a administração do incompetente Fernando Haddad veicula nas emissoras de rádio da cidade uma campanha publicitária para convencer os cidadãos de que os corredores exclusivos de ônibus melhoraram o trânsito e têm a aprovação de mais de 84% dos usuários de automóveis.
    Haddad pode mentir o quanto quiser, só não tem o direito de tentar convencer a população da cidade de que sua mitomania é algo que merece confiança. Se o prefeito sair a pé pela cidade no auge do trânsito é capaz de morrer atropelado ou ser linchado por motoristas que como cidadãos brasileiros não mais suportam a incompetência que é a marca registrada do Partido dos Trabalhadores.
    Até quando esse fantoche de luxo do lobista Luiz Inácio da Silva manterá a farsa no ar? Quem circula pela cidade de São Paulo sabe o quão difícil é o trânsito em qualquer hora do dia ou da noite.

  4. Pelo jeito, o Marcos não mora na Cidade de São Paulo, nem tão pouco anda de ônibus. Pois seus comentários são pura politicagem, alguém que sempre utilizou o transporte público antes e compara com hoje, com certeza está sentindo a diferença pelo mínimo que seja, mudou pra melhor.
    O que esta em questão é a melhora no transporte e esta sendo feito algo sim; Sou Motorista no Sistema e percebi sim que houve essa melhora, não venho aqui para defender partido político e nem o atual prefeito, mas como estou diariamente nas ruas de SP e a anos não se faz algo que se beneficia a MAIORIA, AGRADEÇO sim e parabenizo a atual gestão pela atitude em curto prazo.
    Agora Marcos, me desculpe se estiver errado, mas seu preferido “Serra/Kassab” não fez nem sequer 5KM de corredores na cidade e muito menos faixas exclusiva,então cara, acredito que vc poderia mudar um pouco seu conceito. Lembrando que não possuo nem um vínculo político.

    • Meu caro Ale , uso sim o transporte e não é politicagem não , apenas não me deixo enganar por promessas , uso o carro também , e se você quer saber as linhas que eu uso vou te dar as dicas , Metrô Vila Mariana / Terminal Pirituba – Lapa/Vila Piaui -Praça João Mendes/Div. de Diadema , etc , portanto acho que eu posso falar um pouco do que tenho visto , um abraço e até mais.

  5. Ate acho bem vindo as faixas porem nao respeitam,essa ai da Av Itaquera e sem noçao a via ja e pequena e ja trava imagine agora,ja o da Radial o que nao entra na minha cabeça e nao ter fiscalizaçao a noite e ser somente ate as 21 ja que na sexta feira principalmente e um trânsito caotico por ali,a multa e sem vergonha muito pouco ja que as multas de corredores sao maiores,pra que serem maiores se corredor praticamente nao tem Haddad?Duvido ter a resposta.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: