Demissão no metrô para manter R$ 3 causa polêmica

metrô

Metrô de São Paulo anuncia PDV – Plano de Demissão Voluntária para manter tarifas a R$ 3

Demissão voluntária no metrô de São Paulo causa polêmica
Proposta do Governo do Estado é para manter as tarifas em R$3
ADAMO BAZANI – CBN
Será que os R$0,20 de redução das tarifas de ônibus municipais, trens e Metrô de São Paulo vão custar tão caro à população? Será que, no fundo, as manifestações deram uma grande ajuda aos governos municipais e estadual, que acharam o pretexto que precisavam há muito tempo para cortar investimentos e aumentarem impostos? Seriam as medidas uma “vingança oficial” contra as manifestações? Ou realmente, faltam recursos para manter as tarifas congeladas?
Depois de o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, propor aumento do IPTU entre 20% e 30% para cerca de 1,3 milhão de imóveis, com o objetivo de angariar recursos para bancar a manutenção dos R$3 de tarifa dos ônibus municipais, agora o governador Geraldo Alckmin propõe um PDV – Plano de Demissão Voluntária no Metrô de São Paulo.
Hoje a companhia do metropolitano possui 9 mil 300 funcionários.
Além da medida, o secretário estadual dos transportes, Jurandir Fernandes, disse que o Metrô deve tomar outras ações para aumentar receita e diminuir custos.
Em 2014, o orçamento do Estado prevê R$ 3,8 bilhões em investimentos para o Metrô paulistano. (ainda não é paulista).
Jurandir Fernandes disse que o metrô negociou o custo de energia elétrica para os próximos dois anos no mercado aberto e isso já vai proporcionar reduções dos custos, mas não suficientes.
O anúncio não foi bem recebido pelo Sindicato dos Metroviários.O diretor da entidade, Alex Fernandes, disse que o problema no Metrô não é a tarifa, mas a corrupção em licitações e contratos com fornecedores de serviços.
Na CPTM, Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, não estão previstos ainda cortes do número de funcionários.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Demissão no metrô para manter R$ 3 causa polêmica

  1. Amigos, bom dia.

    Nesta matéria vale relembrar mais uma das PREVISÕES PREVISÍVEIS do Paulo Gil, feita em
    21 de JUNHO de 2013, conforme abaixo.

    =====================================================================

    http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2013/06/20/reducao-de-tarifas-gera-insatisfacao-de-prefeitos-em-todo-o-pais/

    junho 21, 2013 às 12:00 am

    Amigos, boa noite.

    P R E V I S Í V E L !

    Isso foi feito para seguir a politica tarifária da cidade de MANTEGÓPOLIS no D.F a única cidade do Brasil que a inflação está sob controle.

    Mas por uma lado essa foi uma jogada de mestre.

    Agora a criação do TOB – Taxa do Otário do Buzão está totalmente justificada, é só emiitr o boleto ou empurrar guela abaixo no IPVA e no IPTU.

    Alguém duvida ou discorda.

    Jogaram a isca e o peixe, digo o POVO mordeu direitinho igual a um patinho.
    CUEM, CUEM, CUEM

    Agora até pato vai andar de buzão.

    Vacinado é claro.

    Parabéns aos políticos, essa foi de mestre.

    E ainda por cima aquele monte de Apachezinho Baleado vai ficar rodando até acabar, afinal
    tá justificada a R$ 3,00 só dá para rodar Apachezinho Baleado.

    PREVISÍVEL !

    Aguardem…

    Att,
    Paulo Gil
    ===============================================================

    Não disse que era previsível e que era para aguardar.

    PREVISÍVELLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

    Aconteceu, afinal tudo tem um custo.

    Não se administra uma cidade com política e sim com gestão administrativa baseada na contabilidade, ou seja a todo débito corresponde um crédito, já diz o meu sábio pai.

    Aprendam.

    Isto serve para o MPL também.

    Att,

    Paulo Gil
    Especialista em Conclusões Previsíveis

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: