Número de passageiros de ônibus em São Paulo cresce 7 vezes mais que frota

ônibus

Ônibus em São Paulo. Proporção de passageiros sobe mais que frota. Aumento da velocidade nos corredores ainda não representa mais viagens por veículo. Foto: Adamo Bazani

Na comparação dos meses de março e agosto, proporção de passageiros em São Paulo cresce sete vezes mais que frota de ônibus
Frota teve acréscimo de 0,59% enquanto o número de passageiros no sistema teve elevação de 4,06% no período
ADAMO BAZANI – CBN
Proporcionalmente menos ônibus estão transportando mais pessoas em São Paulo.
De acordo com balanço da SPTrans, São Paulo Transportes, gerenciadora do sistema da Capital, em março a frota cadastrada de ônibus e micro-ônibus na cidade era de 14 mil 979 veículos. Neste mês, foram transportados 250 milhões 615 mil 318 passageiros.
Já no mês de agosto, a frota subiu para 15 mil e 68 veículos de transporte coletivo municipal. Mas a quantidade de passageiros saltou para 260 milhões 806 mil 248 pessoas.
O número de passageiros comparando os meses de março e agosto subiu 4,06% e a quantidade de frota teve elevação de 0,59% apenas. Proporcionalmente, a quantidade de passageiros cresceu 6,88% a mais em relação ao crescimento da frota.
Em números absolutos, comparando os meses de março e agosto, o número de passageiros subiu 10 milhões 190 mil 930 pessoas. Já a frota teve acréscimo de somente 89 veículos.
Isso significa, com base nestes dados, que cada ônibus ou micro-ônibus transportou 114 mil 504 passageiros a mais.
Mesmo com o aumento da velocidade dos ônibus nas faixas exclusivas, o número de viagens realizadas pelos veículos ainda não teve alterações significativas.
Um dos benefícios proporcionados pelo aumento da velocidade dos ônibus, além da diminuição no tempo de deslocamento, é a possibilidade de realizar mais viagens com menos ônibus, atendendo a mais pessoas com a mesma frota, o que ainda não é contabilizado na prática pela SPTrans.
Para a comparação são descartados os meses de janeiro e fevereiro que, com férias escolares e de muitas atividades econômicas, registram número inferior de passageiros que o normal.
Na comparação do acumulado entre janeiro e agosto do ano passado e o mesmo período de 2013, houve queda no número de passageiros transportados.
Nos primeiros oito meses de 2012, as empresas de ônibus e cooperativas de São Paulo transportaram 1 bilhão 948 milhões 804 mil 808 pessoas contra 1 bilhão 931 milhões 743 mil e 27 passageiros, queda de 0,88%.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em Número de passageiros de ônibus em São Paulo cresce 7 vezes mais que frota

  1. Os donos das empresas estão indo a forra , menos ônibus mais dinheiro , exclusividade ,qualidade nada.

  2. Amigos, boa noite

    “…o que ainda não é contabilizado na prática pela SPTrans.”

    Ainda não contabilizarammmmmmm ???????????

    Ô dificuldade sô !.

    Adamo, acho que vou te mandar uma fotos da realidade.

    Os lindos Neobus e Mascarello da OAK, foram substituídos por cada Apachezinho Baleadaço, que só você vendo.

    Sei que ai na Paulista é mais prático tirar umas fotos, mas mostra a realidade dos Apachezinhos Baleadaços.

    Agora desencalharam uns curtinhos, cada tranquerinha.

    E os LEDS ?

    Pelo visto a “vaquinha” não foi suficiente, precisamos fazer outra, pois cada dia tem mais leds queimados.

    Numero de linha agora só em papel A4.

    Rsssssssssssssssssssssss

    “Ô pogréssio” !

    Att,

    Paulo Gil

  3. A prefeitura e seu secretario de papel, na propagando bela viola na realidade pão embolorado, o prefeito quem enganar a quem, o povo que pega ônibus sente na pele que o transporte esta pior, mas o prefeito nosso vive no pais das maravilhas, depois não reclama.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: