Dilma deve sancionar isenção ao transporte municipal

ônibus

Ônibus urbano municipal. Senado aprova projeto de lei que zera PIS/PASEP e Cofins sobre a receita das empresas de ônibus. Medida provisória deve estender benefício às linhas intermunicipais.Foto: Adamo Bazani

Senado aprova lei que isenta transporte público do PIS/Pasep e Cofins
Matéria segue agora para sanção da presidente Dilma
ADAMO BAZANI – CBN
A presidente Dilma Rousseff deve sancionar o Projeto de Lei – PL 046/2013 que zera a alíquota do PIS/PASEP e Cofins sobre a receita das prestadoras de serviços de transporte público municipal.
A isenção foi aprovada pelo Plenário do Senado nesta quarta-feira, dia 21 de agosto.
O objetivo é reduzir futuramente os custos das tarifas e possibilitar que os próximos aumentos sejam menores.
Duas emendas foram rejeitadas. Elas propunham adequações com a Lei 12.587, que cria a Política Nacional de Mobilidade Urbana, mas geraram dúvidas entre os senadores.
A principal delas foi em relação a terminologias sobre as regiões metropolitanas. A isenção vale para transportes municipais, mas as emendas queriam abranger estas regiões. No entanto, não foi definida qual categoria de transporte seria beneficiada no conjunto de cidades das áreas metropolitanas e os senadores temiam criar uma nova modalidade de transporte municipal.
O governo federal deve editar uma medida provisória para designar de maneira clara a concessão do benefício para as linhas municipais e para o transporte urbano metropolitano – intermunicipal.
Com isso, segundo o Senado, será possível evitar conflitos tarifários entre os dois sistemas de transporte e auxiliar a aplicação da norma.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em Dilma deve sancionar isenção ao transporte municipal

  1. Na verdade a isenção já está sendo aplicada desde Julho passado, porém à título provisório com data definida de termino. O que querem aprovar é para permanecer por definitivo. Em Santo André a tarifa que era de 3,30 baixou para 3,15 por conta desta isenção, em seguida baixou para 3 pelos protestos, mas aprovando esta lei, nada muda, só permanecerá como está. A diferença de tarifa de 3,15 para os atuais 3, a prefeitura não sabe dizer o que irá fazer.

  2. A obra de arte que o Haddad vai deixar para a população, ele vai aumentar a remuneração para esta cambada de maus empresários, e alem disto esta redirecionando todas as linhas de ônibus da zona leste para os Metros da vida, e aquela historia o empresario fica trilhonário, e quem carrega os passageiros e o metro, HADDAD NUNCA MAIS!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: