Viação Estrela de Mauá já chegou em Imperatriz no Maranhão

ônibus

Primeiros ônibus da Estrela de Mauá chegam a Imperatriz no Maranhão para operar em empresa de Mário Elísio Jacinto, parceiro de negócios do criador da Estela, Baltazar José de Sousa. Foto: Wallas Casanova

Viação Estrela de Mauá chega a Imperatriz
Ônibus vão prestar serviços para empresa Branca do Leste
ADAMO BAZANI – CBN
Os primeiros ônibus da Viação Estrela de Mauá chegaram à Imperatriz, no Maranhão.
Um dos veículos foi fotografado pelo colaborador Wallas Casanova.
A VBL – Viação Branca do Leste teve o contrato suspenso e a frota retida. Mas a Justiça restabeleceu o contrato e liberou os ônibus, que estão em situação precária de manutenção e com documentos vencidos.
Os ônibus da Estrela de Mauá vão operar na cidade maranhense substituindo os veículos antigos.
A VBL é de Mário Elísio Jacinto, parceiro de negócios de Baltazar José de Sousa, que é procurado pela Justiça Federal por crimes contra a ordem financeira, e criador da Estrela de Mauá.
A Estrela de Mauá retirou os ônibus do pátio anexo da garagem da Princesinha, no Zaíra 4 em Mauá, no último domingo.
A empresa, que tem como executivo, David Barioni Neto, tentou operar em Mauá, mas foi proibida pela Justiça, No final do ano passado e início deste ano, após manobra da prefeitura, os ônibus circularam por 10 dias, mas o ato foi considerado ilegal e a Justiça recolheu os veículos.
Juridicamente, a empresa fundada por Baltazar ainda tenta operar em Mauá, mas já perdeu 12 recursos contra a vencedora da licitação do lote 02, Leblon Transporte de Passageiros.
O prefeito de Mauá, Donisete Braga, deve anunciar nos próximos dias a criação da gerenciadora Mauá Trans e estipular metas para a Viação Cidade de Mauá, de Baltazar, e Leblon, da família Isaak. Se as metas não forem cumpridas, não está descartada nova licitação no final do ano.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

11 comentários em Viação Estrela de Mauá já chegou em Imperatriz no Maranhão

  1. Em Novembro de 2010, dias antes da Leblon iniciar as operações, alguns “piadistas” diziam: “Ah, a Leblon vai participar daquele programa ‘De volta pra minha terra’, do Gugu”… E não é que a história se inverte, e quem acaba indo embora é a malfadada Estrela de Mauá. Que ironia do destino não é mesmo?! Como o mundo da voltas! Aliás, nem para terra dela ela voltou, pois essa Estrela de Mauá ai é filha de chocadeira, do nada surgiu, ao nada retornará!

  2. Julio Cesar Lourenzon // 8 de agosto de 2013 às 13:15 // Responder

    E MA quintal do Brasil, mais uma vez recebendo os restos, ja recebeu a Cia Suzano de Papel e sua poluição de Suzano-SP, as Empresas Litoranea e Redenção que perderam a licitação do CE (pelo menos agora estão prestando um bom serviço aqui no Estado), mas é assim mesmo, tenho minhas duvidas se a lei de icitação foi realmente melhor para o País, ao meu ver serviu apenas para criar novos cartéis, digo, consórcios, infinitamente mias poderosos que as empresas familiares de outrora, agora não so o governo esta nas mãos deles, mas as encarroçadoras/fabricantes, funcionários e o próprio Estado, que criou esta aberração jurídica. (a ideia até era inocente, mas os caminhos que se seguiram desde então foram desastrosos, encareceu o País, criou grandes fortunas e faliu e gerou desemprego).

    • Julio Cesar Lourenzon, boa noite.

      A Lei de licitação é boa, o problema é que pouquíssimas pessoas sabem elaborar o
      edital, uma vez li um artigo muito interessante que dizia:

      “Não se pode fazer um edital para comprar lápis igual ao Edital para se contruir uma ponte e vice versa”

      Quantos aos demais desmandos não é culpa de lei nenhuma e sim da falta de caráter de alguns seres humanos.

      Mas isso com o tempo melhora, pode acreditar.

      Abçs,

      Paulo Gil

  3. Ao invés da barão , protegida do prefeito , aproveitar os ônibus e trocar a frota , preferiu ir embora , em outras palavras a barão já deu o recado , não vou trocar a frota . Ontem eu fui até o Pq. São Vicente e pude ver o descaso da prestadora da linha , a barão , ônibus atrasado e passageiros furiosos , enquanto a linha inventada pela prefeitura e dada de presente para a barão , o tal radial 89 , circula vazio , será que temos dois pesos e duas medidas , será que o pessoal do Pq. São Vicente não merece atenção ? – Aqui na linha 088 , Miranda , os prefeituráveis mandou foi tirar ônibus e aumentou os intervalos , coisa de quem não entende nada de adm. Valeu Adamo , um abraço e continue postando notícias sobre transporte para nós.

  4. Poderia aproveitar a linha jardim isabela que foi criada para ter acesso ao condominio na divisa de santo andre (são jorge) e bairro capuava proximo a av rosa kasinsk ter ela como mais uma opção para o parque são vicente estendendo a linha e diminuindo os intervalos e aumentando o numero de viagens.
    Quem mora na regiao do comdominio isabela prefere usar os onibus de santo andre para resolver seus afazeres ao inves de pegar o ds maua, que para chegar ao centro de maua tem que pegar o divisa no capuava pouca gente conhece essa linha jardim isabela fica ai a dica senhor prefeito

  5. A notícia era sobre o transporte de Imperatriz ou de Mauá? Eu queria saaber sobre Imperatriz e não me interessava nada de Mauá. Fiquei sem entender

  6. Fabio Nascimento // 9 de agosto de 2013 às 00:08 // Responder

    Muito engraçado!!, e ônibus novos para S.Camilo, Viripisa, Imigrantes, N A D A, sem comentários!!!!

  7. Eu gostaria de saber sobre o transporte de Imperatriz o que esta acontecendo por la

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: