Tattto quer semi-expresso na faixa do Corredor Norte Sul

ônibus

Tatto anuncia que faixa exclusiva de ônibus no Corredor Norte e Sul poderá ter linha semi-expressa. Especialistas dizem que solução só funciona de fato em corredores que permitem ultrapassagem. Adamo Bazani

Faixa do Corredor Norte – Sul pode ter semi-expresso
Linha terá poucas paradas na faixa exclusiva quando ela estiver totalmente implantada
ADAMO BAZANI – CBN
A Secretaria Municipal dos Transportes de São Paulo e a SPTrans – São Paulo Transportes estudam a possibilidade de criar serviços semi-expressos de ônibus na faixa exclusiva que será implantada integralmente no Corredor Norte- Sul. Nesta segunda-feira, foi implantando um primeiro trecho, entre a rua Paineira do Campo e Avenida Carlos Nazaré.
A velocidade média dos ônibus que era de 14 quilômetros por hora subiu na manhã, de acordo com medição parcial das CET para 25,4 quilômetros por hora.
A implantação completa das faixas deve demorar cerca de um mês.
De acordo com o secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto, faltam ligações maiores na cidade, como linhas norte – sul.
Ele afirmou que as linhas que saem destes dois extremos da cidade percorrem corredores como da Avenida Nove de Julho e Avenida Ibirapuera, que estão sobre carregados.
Para Tatto, algumas linhas destes corredores poderão ser transferidas para a Avenida 23 de maio.
No entanto, apesar de especialistas defenderem a criação de linhas expressas e semi-expressas, eles não acreditam que uma faixa ofereça condições para operação destas linhas. Isso porque não há pontos de ultrapassagem. Ou os ônibus expressos ou semi-expressos acabam parando atrás dos ônibus de linhas convencionais, mesmo nos pontos que não são atendidos, ou saem da faixa entrando na via dos carros. O entra e sai pode diminuir a velocidade dos ônibus ou provocar acidentes.
Os especialistas defendem a criação de corredores exclusivos do tipo BRT – Bus Rapid Transit, como no eixo norte e sul. Com pontos de ultrapassagem, a capacidade de transportes pode chegar a 35 mil passageiros por hora sentido, mais da metade da capacidade do metrô porém custando entre 15 e 20 vezes menos e sendo implantado num tempo dez vezes menor.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Tattto quer semi-expresso na faixa do Corredor Norte Sul

  1. Linha semi-expressa é novidade importante, em que pese a nítida precariedade destes novos “corredores”.

  2. O semi expresso, limita a quantidade de passageiros, pois reduziu a quantidade de embarque e desembarque, antes de se tornar semi expresso a linha 4120 (Barro Branco) me servia, hoje não me serve mais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: