Consórcio aprova contratação de projetos funcionais para Mobilidade no ABC

ônibus

Ônibus no ABC Paulista. Consórcio Intermunicipal do ABC aprova a contratação dos projetos funcionais para obras de mobilidade urbana na região. Trajetos de linhas de ônibus intermunicipais serão contemplados. Foto: Adamo Bazani

Projetos funcionais para obras de Mobilidade para o ABC têm contratação aprovada
Intervenções vão contemplar seis eixos prioritários e terão verbas do Governo Federal, mas os projetos funcionais serão assumidos pelos municípios
ADAMO BAZANI – CBN

Os prefeitos do ABC Paulista aprovaram na assembleia do Consórcio Intermunicipal da Região a contratação dos projetos funcionais para as obras em seis eixos considerados prioritários do Plano de Integrado de Mobilidade do ABC.
As intervenções vão contar com verbas do Governo Federal. Os prefeitos decidiram aprovar a contratação dos projetos depois de relatórios apresentados pelo Grupo de Trabalhado de Mobilidade do Consórcio que se reuniu com os técnicos do Ministério das Cidades e do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O encontro foi realizado entre os dias 27 e 28 e teve o objetivo de reforçar as propostas apresentadas à ministra do Planejamento, Miriam Belchior no final do mês de abril.
Os investimentos contemplam seis eixos prioritários (antes eram 12) e vão ter recursos de R$ 3,1 bilhões, contanto com projetos e obras:

Eixo Corredor Sudeste (principal eixo rodoviário regional, paralelo à ferrovia);

Eixo Piraporinha / Lucas Nogueira Garcez / Pereira Barreto (conjunto de avenidas que integra o corredor ABD (trólebus metropolitano);

Eixo Ligação Leste-Oeste (extensão no sentido Diadema – Eldorado e Santo André – Terminal Vila Luzita);

Eixo Guido Aliberti / Lauro Gomes / Taioca (eixo ao longo do Córrego dos Meninos, que deve se ligar à Linha 18 do monotrilho);

Eixo Alvarenga / Robert Kennedy / Ribeirão dos Couros (cuja base é a construção da avenida marginal ao Ribeirão dos Couros, com conexão da área com o Anel Viário Metropolitano e com a Via Anchieta)

Eixo Santo André Norte (cuja principal proposta é a construção da marginal do córrego Oratório).

Só a elaboração dos projetos funcionais terá custo de R$ 700 mil assumidos pelo Consórcio
Ainda neste mês de julho será lançado edital de seleção de empresas, uma vez que os projetos devem estar concluídos em novembro. “O projeto funcional trará perfil, orçamento e nível de detalhamento que permitirá a licitação das obras dessa etapa”, explicou a coordenadora do GT Mobilidade, Andrea Brisida, em nota à imprensa.

Sincronização semafórica

Ainda em nota, o Consórcio Intermunicipal do ABC informou que a sincronização dos semáforos na região começa já no próximo dia 10 de julhos:
“O início dos trabalhos de sincronização semafórica para melhoria do fluxo de veículos na região acontecerá no próximo dia 10 de julho. No dia 26, foi publicada a contratação de empresa para planejamento, avaliação e execução de intervenções no sistema viário localizado em pontos críticos, corredores e cruzamentos adjacentes dos municípios do ABC. O prazo para os trabalhos será de quatro meses e a primeira reunião técnica acontecerá na sexta-feira, dia 5.
Os levantamentos iniciais serão realizados até o dia 30 de julho, mas o trabalho de campo só acontecerá em agosto, com a volta às aulas, para melhor análise dos problemas normalmente enfrentados no trânsito da região. A contagem de tempo gasto em eixos pré-definidos será feita no início dos trabalhos e comparada posteriormente, através de simulação em software específico, apontando as ações necessárias para melhoria do fluxo nos principais “gargalos” do ABC. O investimento do Consórcio será de R$ 529,5 mil.”

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

4 comentários em Consórcio aprova contratação de projetos funcionais para Mobilidade no ABC

  1. Sergio Santo André // 2 de julho de 2013 às 13:32 // Responder

    Vamos ver se a sincronização de semáforos abrangerá a avenida Capitão Mário Toledo de Camargo, pois é um absurdo do jeito que está. Vc consegue parar em todos os semáforos no trecho do estádio “Bruno Daniel” até o Teminal Vila Luzita. Pode contar por baixo um 20 cruzamentos, é prá irritar qualque um !!!!

    • Verdade Sérgio. Esta avenida é de testar a paciência dos mais tolerantes, em especial o trecho da Rua Xavantes. Pode ser o horário que for, você sai de um semáforo o seguinte fecha, e se vai nessa tocada a avenida todo. Engenharia de trânsito nota zero da prefeitura de Santo André. E outras avenidas tem problemas semelhantes: Giovanni Baptista Pirelli, Santos Dumont, Perimetral.

  2. concordo com o Sérgio. é um absurdo a avenida Capitão Mário, vc para em exatamente todos os semáforos da via. O do cruzamento com a rua Xavantes é o pior deles, fica quase 2 min. fechado e apenas 40 seg. aberto.

  3. Sergio Santo André // 2 de julho de 2013 às 16:15 // Responder

    Olha aí o pessoal confirma o que eu disse. Uma outra observação é que os semáforos dos cruzamentos da Capitão Mário Toledo levam mais tempo abertos do que os da própria via principal, qual sentido isso faz ???? Só a SATrans consegue explicar (será ???).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: