Greve de ônibus em Bauru

greve ônibus em Bauru

Ônibus em Bauru. Greve de motoristas e cobradores entra no quarto dia e mais uma vez atrapalha a locomoção de 100 mil pessoas diariamente.

Greve de ônibus em Bauru.
Diariamente, cem mil pessoas são prejudicadas
ADAMO BAZANI – CBN
Entra no quarto dia a greve de motoristas e cobradores de ônibus em Bauru, no Interior de São Paulo, o que prejudica diariamente 100 mil passageiros.
O TRT – Tribunal Regional do Trabalho – determinou na última sexta-feira a operação de 100% dos ônibus nos horários de pico e 80% nos demais horas.
Mas, nem ao menos 30% dos ônibus estão em circulação. Um dos temores é o vandalismo.
A cidade é servida por 225 ônibus.
O sindicato da categoria diz que aceitou parte das propostas dos empresários de ônibus e atribui a continuidade da greve à ação de uma ala dissidente.
Os motoristas querem aumento de 12% de aumento nos salários, melhores condições de trabalho, reorganização dos turnos de serviço e aumento da “caixinha” pela dupla função, quando o motorista dirige e cobra ao mesmo tempo, prática que coloca em risco a vida de motoristas, pedestres e passageiros e aumenta os problemas de saúde dos condutores de ônibus, mas que muitas vezes não é criticada pelos sindicatos.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em Greve de ônibus em Bauru

  1. Amigos, boa noite

    Esse modelo de carroceria é feim, mas a foto ficou show.

    PARABÉNS Rodrigo Padilha Rodrigues.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: