Prefeitura flexibiliza vias para ônibus de fretamento

ônibus

Prefeitura de São Paulo flexibiliza mas mantém zona de restrição a fretados. De 45 vias proibidas, agora 21 estão liberados. Foto: Adamo Bazani.

Prefeitura de São Paulo flexibiliza regras de restrição a fretados
Número de vias foi ampliado, mas Zona de Restrição continua
ADAMO BAZANI – CBN

A Prefeitura de São Paulo flexibilizou as regras da restrição aos ônibus fretados criadas em 2009, pelo então prefeito Gilberto Kassab.
A Zona de Restrição aos veículos deste tipo de serviço continua, mas agora os ônibus e as vans podem trafegar por mais vias.
Das 45 vias que eram proibidas para os veículos, 21 foram liberadas.
O objetivo, de acordo com a CET – Companhia de Engenharia de Tráfego, é diminuir o trânsito de carros particulares nas regiões.
A ação de Gilberto Kassab em vez de melhorar o trânsito com a restrição dos ônibus, meses depois acabou piorando a situação.
Isso porque a ação foi feita sem base de estudo concreta ou mesmo para privilegiar o transporte individual.
Os passageiros dos ônibus fretados dificilmente largariam este tipo de transporte para usarem os meios públicos, como ônibus urbanos convencionais, trem e metrô. Assim, a decisão da maioria foi voltar para o carro, o que prejudicou o trânsito em várias vias compreendias pela via de restrição.
Entre os principais corredores que podem ser usados pelos veículos de fretamento são: principal Avenida 23 de Maio, Avenida Ipiranga, Avenida Doutor Arnaldo, Avenida São Luis e Avenida Juscelino Kubitschek.
Os fretados também foram liberados a circular nas faixas exclusivas da marginal Tietê, implantadas nesta semana. Segundo a CET, eles também poderão usar as faixas que serão criadas na Marginal Pinheiros.
As empresas de fretamento que servem São Paulo a partir de locais como interior paulista, Grande ABC, litoral e regiões mais distantes da capital somam 700 companhias com 13 mil veículos.
Cada ônibus fretado, de tamanho convencional, substitui de 38 a 48 carros de passeio. Os ônibus fretados oferecem o conforto que o motorista de carro quer, mas livrando-o da preocupação com o trânsito.
Mesmo com a flexibilização das vias, as empresas de ônibus e vans precisam se cadastrar na prefeitura de São Paulo e terem os itinerários, que serão fixos, aprovados pelo poder público.
Já os pontos de embarque e desembarque de passageiros passaram de 13 para 15, depois de pedidos de passageiros. Os dois novos pontos ficam na rua dos Chanés e na avenida dos Bandeirantes. Eles atendem principalmente quem trabalha em escritórios da região de Moema e Campo Belo, na zona sul.
A CET divulgou a relação das vias liberadas para o tráfego de ônibus fretados:
– Av. 23 de Maio, entre Av. Tiradentes e Av. Rubem Berta;
– Av. Rubem Berta, entre Av. 23 de Maio e Av. Moreira Guimarães;
– Av. Moreira Guimarães, entre Av. Rubem Berta e Av. Washington Luís;
– Ligação Leste/Oeste, entre Elevado Pres. Arthur da Costa e Silva e Av. Radial Leste;
– Av. Ipiranga, entre R. Cásper Líbero e Av. São Luís;
– Av. São Luiz, entre Av. Ipiranga e Av. da Consolação;
– Vd. 9 de Julho, entre R. da Consolação e R. Santo Antônio;
– Vd. Jacareí, entre R. Santo Antônio e R. Santo Amaro;
– R. Maria Paula, entre R. Santo Amaro e Av. Brig. Luís Antônio;
– Vd. Dona Paulina, entre Av. Brig. Luís Antônio e Pça João Mendes;
– Pça. João Mendes, entre Vd. Dona Paulina e R. Tabatinguera;
– Pça. da Sé, entre R. Tabatinguera e Av. Rangel Pestana;
– Av. Rangel Pestana, entre Pça. da Sé e Vd. 25 de Marco;
– Vd. 25 de Março, entre Av. Rangel Pestana e Vd. Mercúrio;
– Vd. Mercúrio, entre Vd. 25 de Março e Av. Mercúrio;
– Av. Mercúrio, entre R. do Gasômetro e R. da Cantareira;
– Av. Sen. Queirós, entre R. da Cantareira e Av. Cásper Líbero;
– Av. Dr. Arnaldo, entre R. Cardeal Arcoverde e Av. Paulista;
– Av. Antônio Joaquim de Moura Andrade, entre Túnel Ayrton Senna I e Túnel Tribunal de Justiça;
– Túnel Tribunal de Justiça, entre Av. Antônio Joaquim de Moura Andrade e Av. Pres. Juscelino Kubistchek;
– Av. Pres. Juscelino Kubitschek, entre Túnel Tribunal de Justiça e Av. das Nações Unidas.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

2 comentários em Prefeitura flexibiliza vias para ônibus de fretamento

  1. O Kassab, que ao meu ver, foi o PIOR e mais PÉSSIMO Prefeito que São Paulo já teve, FERROU com todo mundo, acabando com os fretados, tirando o conforto, sossego e privacidade do Usuário desse tipo de trasnporte, o Alexandre de Moraes que na época era Presidente da CET e SPTransn foi uma ABERRAÇÃO pra tudo isso. Também pudera, era o mínimo que o LIXADDADE poderia fazer, juntamente com o TATU. Adamo,tem muita coisa que URGENTEMENTE precisa melhorar nessa Linda e Maravilhosa Cidade que é São Paulo, que está abandonada, largada de mão, com um PREFEITINHO Acadêmico que não sai do Gabinete. Aliás, já vejo pessoalmente aqueles pontos de vidros quebrados, trincados ou rachados. Aliás, aqueles pontos são FEIOS, mau planejados, em todos os sentidos, fora o PEGIGO e o RISCO de acidentes com grandes cortes, estilhaços de vidro, em caso de um grave acidente. A Rua do Gasômetro pede por SOCORRO. Por favor Adamo, divulga pra todo mundo o ABANDONO que tá a Rua do gasômetro, lá no Brás.

  2. Amigos, bom dia

    BOAS NOVAS, até que enfim.

    1) Rever um Busscar (no capricho da AS) e Parabéns ao autor da foto.

    2) Até que enfim uma medida sensata com relação ao Buzão fretado de Sampa.

    3) Sampa ficará mais bonita com os Buzões fretados “lindãos” circulando pelas ruas e avenidas.

    TA ESTRESSADO ? VÁ DE FRETADO !

    QUER ESTRESSAR MAIS ? VÁ DE APACHEZINHO BALEADO !

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: