Segundo dia de greve de ônibus em Cuiabá e Várzea Grande

ônibus

Ônibus em Cuiabá. Segundo dia de greve de motoristas e cobradores atinge novamente cerca de 330 mil passageiros.

Segundo dia de greve de ônibus em Cuiabá e Várzea Grande
Poucos ônibus foram para as ruas nesta manhã
ADAMO BAZANI – CBN
O segundo dia de greve de motorista e cobradores de ônibus em Cuiabá e Várzea Grande, no Mato Grosso, traz mais uma vez transtornos aos passageiros.
Há poucos ônibus nas ruas, apesar da determinação do TRT – Tribunal Regional do Trabalho de operação de 50% da frota nos horários de pico e 30% nas demais horas.
Cuiabá tem 387 ônibus e Várzea Grande, 88. Dependem diariamente desta frota cerca de 330 mil passageiros.
Ontem, ao menos três ônibus foram depredados durante as manifestações.
O Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores do Transporte Coletivo pede reajuste salarial de 33% para os condutores, com salários partindo de R$ 1,5 mil para R$ 2 mil.
Para os demais funcionários, o pedido é de aumento de 20%.
As empresas de ônibus, reunidas no Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Mato Grosso, ofereceram reajustes de 10% nos salários de todos os profissionais. Representantes de empresas e sindicalistas devem fazer mais reuniões para tentarem chegar a um acordo.
O próximo encontro deve ocorrer nesta sexta-feira, dia 31 de maio, no Tribunal Regional do Trabalho.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: