Eletra vai entregar mais 60 trolebus para São Paulo

trolebus

Eletra vai fornecer mais 60 trólebus para São Paulo. Cidade finalizar até setembro lote de 111 veículos. Cinqüenta e um ônibus elétricos já foram entregues.

Eletra vai produzir 60 trólebus para SP
Veículos deverão ser entregues até setembro deste ano

A Eletra, empresa brasileira especializada em veículos de transporte urbano com tração elétrica, acaba de assinar contrato para a produção de 60 sistemas de tração para trólebus para a empresa Ambiental Transporte, operadora do sistema na cidade de São Paulo. Os veículos deverão ser entregues até setembro deste ano.
Isso confirma a informação divulgada no ano passado pelo Blog Ponto de Ônibus / Canal do ônibus de que a cidade teria 100 trólebus 15 metros Scania.

O contrato prevê a produção de 50 sistemas para trólebus de 15 m, com chassi Scania e carroceria Induscar/Caio. Esses veículos contam com motor de tração WEG – tecnologia e componentes 100% nacionais – e dispõem de sistema autônomo para se deslocar por até sete quilômetros sem rede aérea. “Quase todas as ocorrências que interrompem a rede são por trechos de no máximo três quilômetros. Além de evitar a interrupção do sistema, os trólebus com autonomia evitam a eletrificação das garagens já que podem se locomover sem rede”, explica Iêda Maria Oliveira, gerente comercial da Eletra.

Os veículos possuem três eixos e capacidade total para 101 passageiros. Além do conforto, eles oferecem maior acessibilidade, com piso baixo e rampa de acesso. O usuário conta ainda com local para fixação de cadeira de rodas e espaço para cão-guia acompanhante de pessoas com limitações visuais. A iluminação é por meio de lâmpadas de LED. Cada unidade com sistema autônomo custa cerca de R$ 950 mil. O total do contrato com a Eletra é de R$ 13,6 milhões.

O pedido inclui ainda a produção de 10 sistemas de tração para trólebus de 12,5 m, com chassi Man e carroceria Induscar/Caio, sem o sistema autônomo. O veículo tem capacidade total para 96 passageiros.

A Empresa
A Eletra está no mercado há mais de 30 anos e fabrica veículos elétricos nas versões trólebus (rede aérea); híbrido (grupo motor gerador + baterias); e elétrico puro (baterias), que podem ser adotadas em veículos para transporte urbano de passageiros.
Em 1999, a Eletra criou o primeiro ônibus elétrico híbrido com tecnologia brasileira. Hoje, a marca está presente em 300 trólebus e em 45 híbridos em operação na Grande São Paulo, além de cidades como Rosário, na Argentina, e Wellington, na Nova Zelândia.

Os trólebus
É um veículo tracionado por motor elétrico cuja única fonte de geração de energia é a rede aérea de distribuição. Essa tecnologia tem como grande mérito a emissão zero de poluentes, já que não utiliza motor a combustão. A redução da emissão de gases do efeito estufa melhora em muito a qualidade de vida nos centros urbanos pela não-emissão de fumaça (material particulado), que, segundo dados divulgados pelo Banco Mundial, é o poluente mais nocivo à saúde da população local. Os benefícios da não-emissão refletem em todos os habitantes com a diminuição de doenças cardíacas, respiratórias, alérgicas, entre outras. Estudos mostram que até o estresse tem causa na má qualidade do ar.

Os trólebus não têm câmbio, a frenagem é elétrica e toda a operação é controlada eletronicamente. O gerenciamento eletrônico reduz significativamente o custo da operação, garantindo mais agilidade na manutenção e maior durabilidade dos componentes.

Para o usuário, o trólebus oferece bastante conforto em relação aos ônibus convencionais. A aceleração controlada eletronicamente evita os trancos constantes; o ruído, interno ou externo, é baixo, reduzido em até 50%; o condutor do veículo trabalha com muito mais conforto, bem estar e tranquilidade, o que se reflete no tratamento com o passageiro e na condução do veículo.

Assessoria de Imprensa da Eletra

9 comentários em Eletra vai entregar mais 60 trolebus para São Paulo

  1. Adamo
    Excelente noticia.
    A dúvida minha permanece: trolebus com 15 mts para 101 passageiros e o de 12,5 metros para 96 passageiros. Na minha conta não compensa o investimento no trucado ou a informação não está correta?

    Outra curiosidade minha é quanto ao uso dos novos trolebus: Será renovação ou ampliação de frota?
    abraços

  2. fabio maia ferreira // 8 de abril de 2013 às 16:59 // Responder

    Eu sou Cobrador de ônibus elétrico da Ambiental. É simplesmente MARAVILHOSO trabalhar nesses veículos. Particularmente, gosto mais de trabalhar nos ônibus elétricos Mercedes Benz Caio Millênium. Da mesma forma, admiro os trêns da CPTM e do Metrô.

  3. Rolland T. Flackphayser // 8 de abril de 2013 às 18:35 // Responder

    Bom, estes já estavam encomendados pelo “maléfico” Kassab. Quero ver se o Maldadd e o seu secretário Tatu vão continuar com o projeto ou se vão engavetar a ampliação e deixar do jeito que está para a PTbras vender mais Diesel pra cobrir o rombo que a cumpanheirada deixou.

    • Se depender do Tatu já vimos o acontece com trolebus e sua linhas/redes.

      • marcelo santana // 9 de abril de 2013 às 15:54 //

        Podes crer, amigo. Aqui em santos a cumpanheirada acabou com os trólebus, vendeu tudo a preço de banana, só restou uma linha, que só não foi extinta porque ainda tinha trolebus em condições de rodar.

        Eu só acho esses trolebus da Caio meio desengonçados.

  4. André Francischetti // 9 de abril de 2013 às 03:20 // Responder

    Uma pergunta, da frota ativa de trólebus, quais são os modelos que estão rodando?
    E esse trólebus MAN, seria o VW 17-280 ou será outro chassi?

    • provavelmente é o vw 17.280 ot,pois ainda não vão comercializar o chassi Man aqui,mas está bem proximo……….tanto na linha rodoviaria como na urbana.

  5. André Francischetti // 9 de abril de 2013 às 14:18 // Responder

    Esqueci de perguntar um outra coisinha. Já que os 50 outros Scania que estão vindo para a Ambiental possuem marcha autônoma, os outros 50 (já que há uma unidade, das 51 no total, em testes) receberão esse sistema de marcha autônoma?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: