Cuiabá recebe 20 ônibus zero quilômetro

ônibus

Integração Transportes vai colocar em operação nesta terça-feira mais 20 ônibus zero quilômetro. Veículos Marcopolo Torino, Mercedes Benz, atendem às mais recentes normas de acessibilidade e de redução de emissão de poluentes. Foto: Divulgação

Cuiabá recebe 20 ônibus zero quilômetro
Veículos foram comprados pela Integração Transportes. Pantanal Transportes e União Transportes também renovaram a frota
ADAMO BAZANI – CBN
Nesta terça-feira, quando completa 294 anos, a cidade de Cuiabá, no Mato Grosso, vai receber 20 ônibus zero quilômetro para o sistema de transporte urbano.
Os veículos pertencem à empresa Integração Transportes e vão atender diariamente 51 mil passageiros das regiões sul e leste da cidade, em 21 linhas.
Os ônibus seguem as atuais regulamentações de emissão de poluentes previstas na fase P – 7 do Proconve – Programa Nacional de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores, com base nas normas internacionais Euro V. O motor e chassi são da Mercedes Benz, OF 1721 Euro V, e para atingir as metas para diminuir a poluição usam o sistema de Redução Catalítica Seletiva, pelo qual um fluido feito a base de 32,5% de uréia industrial – ARLA 32 – Agente Redutor Líquido Automotivo – é injetado no escape. Em contato com os gases da queima do óleo diesel que é mais limpo (S 50 – 50 partículas de enxofre pro milhão) provoca uma reação química capaz de reduzir em até 63% a liberação de NOx – Óxidos de Nitrogênio e 80% a de materiais particulados.
Com carroceria Marcopolo modelo Torino, os ônibus possuem controle eletrônico de operação capaz de monitorar e gerenciar as atividades do veículo por computador, o que pode limitar a velocidade do veículo e a rotação do motor.
Os veículos possuem GPS, que auxiliam no planejamento das linhas, e informam em tempo real à central de monitoramento a posição dos veículos e o cumprimento de itinerários e horários.
O sistema de freio top brake garante mais eficiência nas reduções de velocidade ou frenagens emergenciais e as câmeras a bordo auxiliam o trabalho do motorista, além de inibirem ações de vandalismo e criminalidade.
A Integração Transportes faz parte do “Programa Despoluir”, da CNT – Confederação Nacional dos Transportes, pelo qual, com um sistema de computador, é medido o índice de opacidade e materiais particulados na fumaça dos veículos de transporte coletivo ou de carga.
Os ônibus também seguem as atuais normas de acessibilidade e são dotados de elevadores, fixadores para cadeira de rodas, espaço para cão-guia acompanhante de portadores de limitações visuais e bancos delimitados especiais para obesos, gestantes, portadores de deficiências físicas, pessoas recém operadas e machucadas, idosos e pessoas com criança no colo.
Há saídas de emergência nas laterais com dispositivos nas janelas e no teto com escotilhas pelas entradas de ar.
RENOVAÇÃO:
A Prefeitura de Cuiabá e o Governo do Mato Grosso informaram que o sistema de transporte coletivo por ônibus passa por renovação de frota nos últimos dois anos.
Em 2011, a Integração Transportes já havia adquirido 40 ônibus zero quilômetro.
No final do ano passado, a Pantanal Transportes colocou em 45 linhas 70 ônibus novos, atendendo passageiros da Grande CPA. A União Transportes, que faz linhas municipais em Várzea Grande e intermunicipais entre Várzea Grande e Cuiabá, adquiriu também no final de 2012, 40 ônibus zero quilômetro. Os investimentos nestas duas últimas renovações que somaram 130 carros foram de R$ 34 milhões.
Segundo informações da prefeitura de Cuiabá, em 2012, foram adquiridas “9 vans “zero quilômetro” para o Projeto Social “Buscar”, desenvolvido há 15 anos pelas empresas concessionárias do transporte coletivo em parceria com a Prefeitura de Cuiabá. Hoje são realizados 2.928 atendimentos/mês (fixos e eventuais) de segunda-feira a domingo. Atualmente 366 pessoas são beneficiadas. O investimento total foi de R$ 1.353.082 (um milhão trezentos e cinquenta e três mil e oitenta e dois reais) para adquirir e adaptar os veículos para Portadores de Necessidades Especiais – (PNE)”.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

1 comentário em Cuiabá recebe 20 ônibus zero quilômetro

  1. Amigos, boa noite.

    Infelizmente nunca estive em Cuiabá, mas é sabido que lá faz um calorão danado.

    É inconcebível colocar em operação em 2014 e numa cidade com o clima de Cuiabá,
    os cabritinhos motor dianteiro.

    Será que ao invés de 20 cabritinhos, não era melhor 15 0-500 motor traseiro, ou 20 com apoio do BNDES ?

    Gestores do transporte de Cuiabá reflitam, afinal nem em Cuiabá e nem em nenhuma cidade cujas
    temperaturas normais oscilam entre 27/30 graus +/- 4 graus, devem mais operar com cabritinhos motor
    dianteiro seja com ARLA ou sem ARLA.

    Ninguém aguenta imaginem o sofrimento dos pilotos e o desconforto dos passageiros.

    Já que a moda é usar subsídio no transporte coletivo, aproveitem e troquem estes 20 carros por O-500
    motor traseiro; afinal o contribuinte é quem irá pagar a conta corrigida mesmo sem anestesia.

    Já que o contribuinte vai pagar mesmo que pague por um O-500.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: