Bilhete Único de Santo André deve começar a vigorar em maio, diz Carlos Grana

ônibus

Investimentos das empresas de ônibus foram de R$ 3 milhões para Bilhete Único em Santo André que começa a vigorar em maio. Foto: Adamo Bazani.

Bilhete Único em Santo André deve começar a vigorara em maio
Investimentos serão de R$ 3 milhões somente por parte das empresas de ônibus
ADAMO BAZANI – CBN
O prefeito de Santo André, Carlos Grana, entregou na Câmara Municipal, projeto de lei nº 007/2013 para a instituição do Bilhete Único em Santo André.
“O projeto de implantação do sistema foi entregue como decreto para evitar que o benefício seja anulado por questões políticas. Nosso intuito é que o Bilhete Único seja medida permanente de transporte público no município, e não de um único governo. Esta é uma conquista do povo de Santo André”, festejou o chefe do Executivo em nota enviada à imprensa..
A proposta já está com o orçamento aprovado pelo executivo e pode ser implantada em maio, quando acaba o prazo de adequação solicitado pelas empresas de ônibus. “Entendo que a implantação do Bilhete Único municipal é um desejo de todos os andreenses e a Câmara vai trabalhar a favor da implementação deste benefício aos usuários de transporte público. Acredito que a integração tarifária deve atingir proporção média de 8,1 mil viagens do total de percursos realizados no município hoje”, disse ainda em nota.
De acordo com estudos iniciais, a prefeitura vai buscar subsídios no sistema na ordem 6,8%, em torno de R$ 991 mil por mês. As empresas investiram cerca de R$ 3 milhões na aquisição de equipamentos e finalizam, agora, adequações técnicas.
“O Bilhete Único contará com o reforço de 50 novos ônibus que fortalecerá a operação, além de desafogar o trânsito, a partir da descentralização das integrações na região central e da adesão de maior número de passageiros, evitando mais veículos às ruas da cidade”, estima Grana.
Segundo dados da SA-TRANS (Santo André Transportes), a frota atual é de 396 ônibus, que operam em 48 linhas, executando uma média de 4,3 mil viagens nos dias úteis e cerca de 300 mil por mês.
A nota da prefeitura ainda explica como vai ser o funcionamento do Bilhete Único:
“ Com o pagamento de apenas uma tarifa, o usuário poderá utilizar mais de um ônibus ou linha para chegar ao seu destino por um período de até 90 minutos para ida. Pagando outra passagem, válida por igual período, o passageiro pode realizar trajeto de volta utilizando mais de um veículo/linha.
O sistema garantirá aos usuários redução de gastos com o transporte, além de agilizar o deslocamento, uma vez que não será mais necessário percorrer trechos a pé em busca de economia.
O controle biométrico – por meio das digitais – vai otimizar o sistema de bilhetagem eletrônica, eliminando fraudes, sobretudo aos passageiros que têm direito à gratuidade integral ou parcial, como estudantes, idosos e portadores de necessidades especiais.
A recarga dos créditos dos cartões poderá ser realizada em diversos locais, descentralizando o serviço antes possível apenas na AESA (Associação das Empresas do Sistema de Transportes), facilitando a adesão à bilhetagem eletrônica.
“Trata-se de uma mudança de lógica no transporte público de Santo André. A ideia é possibilitar uma futura readequação nas linhas atuais, a fim de não direcionar obrigatoriamente o usuário ao Centro da cidade, desafogando o trânsito nesta região”, esclareceu Grana.
O sistema foi formulado de forma a permitir, no futuro, uma integração metropolitana a partir da convergência do transporte regional com outras modalidades, como o Metrô (Linha 18), Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e a CPTM, ampliando a adesão de passageiros e beneficiando a população que se utiliza deste meio para se locomover.”
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santo André

4 comentários em Bilhete Único de Santo André deve começar a vigorar em maio, diz Carlos Grana

  1. O sistema é uma cópia de São Bernardo do Campo, muito ruim ! Em 90 minutos pegar mais de um ônibus e quando tiver transito, o usuário vai pagar mais!
    O sistema deveria ser igual ao de São Paulo ( fazer até 4 viagens no período de 3 horas, ao custo de uma tarifa)

  2. Sergio Santo André // 27 de Março de 2013 às 19:10 // Responder

    Aleluia !!!! Depois de décadas se resolveu aplicar o bilhete único. Já não era sem tempo, pois era a última cidade do ABC a implantar o sistema, uma vergonha para uma cidade do tamanho de Santoa André. Com certeza havia um lobby muito forte contra esse sistema, pois beneficiaria mais os passageiros que os empresários, além do que, os operadores desse sistema arcáico também não tinham a menor vontade política para tanto. Outra coisa que podemos destacar é a descentralização do sistema de recarga que hoje, pasmem, é apenas em um ponto da cidade, e bem longe do terminal de ônibus para dificultar bastante para o usuário. Vamos apenas aguardar a implantação do sistema para ver como vai funcionar. Tudo é válido para que se facilite a vida do cidadão andreense, como eu.

    • Ewerton Santos Lourenço (Guarulhos) // 28 de Março de 2013 às 18:56 // Responder

      Houve uma época que praticamente “morava” nessa Cidade, a imagem que eu tinha de Santo André era de uma Cidade Caótica, como o outro internalta postou. Pois é, há males da vida que vem para o bem kkkkk…. Agora só falta tirar as Latas Velhas do Titio Baltazar de Circulação e ai sim veremos a luz no fim do tunel.

  3. Concordo…isso so vai aumentar a mafia que so penssam em lucrar muito roubando a populaçao….Uma bela açao de assaltar a populaçao..Mas muitos nao acordam para a realidade!!!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: