Empresa de ônibus faz programa de conscientização no Dia Mundial da Água

ônibus

ônibus

Leblon Transporte tem sistemas de reuso de água para lavação dos ônibus. Mas além de ações diretas, empresa investe na conscientização dos funcionários para que cada um se torne multiplicador de boas práticas em prol do meio ambiente.

Dia Internacional da Água e conscientização dos Colaboradores da Leblon Transporte

No Diálogo Ambiental, na Leblon em Mauá, funcionários da empresa foram relembrados da importância de não desperdiçar a água, que pode faltar no planeta se o consumo continuar irresponsável.

ADAMO BAZANI – CBN

Não é de hoje que se fala sobre a importância de consumir racionalmente a água pelo risco de falta para o consumo humano nos próximos anos.

Tanto é que em 1993, a Assembleia Geral das Organizações das Nações Unidas – ONU – estipulou a data de 22 de março como sendo o Dia Mundial da Água.

E no Diálogo Ambiental, promovido semanalmente pela Leblon em Mauá, na Grande São Paulo, o tema não poderia deixar de ser abordado.

Na ocasião, foi apresentado aos funcionários da empresa um vídeo que fala sobre o risco verdadeiro de escassez de água potável nas próximas décadas.

Isso porque há uma série de fatores que contribuem para que a cada tempo que se passa este risco se torne maior: a população mundial tem aumentado, hoje a estimativa são de 7 bilhões de pessoas no planeta, e o uso não consciente da água ainda é uma realidade em vários países, inclusive no Brasil.

Setenta por cento da superfície do planeta são cobertos por água. Mas 97,5% desta água são de oceanos, ou seja, água salgada que não pode ser consumida.

Apenas 2,5% da água no planeta são doce, mas boa parte desta quantidade está em geleiras, rios, lagos e lençóis subterrâneos de difícil acesso. Assim, restam para o consumo humano, menos de 1% de água disponível no planeta.

É muito pouco diante do uso inadequado e do crescimento populacional.

A Leblon afirma que faz sua parte na execução de suas atividades: as máquinas de lavação dos ônibus são dotadas de sistemas de reaproveitamento da água. E em vez de ser usada a água da rede pública, cujo tratamento é pago pela população, a Leblon em suas garagens em Fazenda Rio Grande, no Paraná, e em Mauá, na Grande São Paulo, possui sistemas aproveitamento de água da chuva ou de minas para lavar os veículos e o pátio.

Mas a empresa vai além. Muito mais que tomar atitudes na execução de suas tarefas, a companhia procura conscientizar os funcionários sobre os problemas para que cada um faça sua parte e se torne um multiplicador de diversas boas práticas.

Daí a importância do Diálogo Ambiental.

“A Leblon tem feito sua parte e nós como temos contribuído? Muitos podem estar pensando o que ganho com isso? Bom podemos começar pensando no seguinte: o que bebemos para matar a sede? O que utilizamos para nos higienizar? O que utilizamos para limpar nossas casas? O que utilizamos para limpar as frutas, verduras e outros alimentos? Se um dia acabar a água potável acha que iremos conseguir sobreviver? – disse Andreia Nakandakare, coordenadora do Sistema de Gestão Integrada da Leblon Transporte de Passageiros.

Algumas dicas que exigem hábitos simples foram relembradas aos funcionários.

Lavar o carro com mangueira desperdiça cerca de 500 litros de água, é uma caixa inteira. Procure usas baldes. Para lavar louça, ensaboe pratos, panelas e talhares com uma esponja úmida e só abra a torneira na hora de enxaguar.

O quintal pode ser varrido antes de ser molhado. Para lavar roupa e aproveitar bem a água, junte a maior quantidade de peças possíveis.

São hábitos que se tomados por cada um dia a dia podem trazer inúmeros benefícios ao ser humano, na preservação da água.

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

ACOMPANHE O VÍDEO:

2 comentários em Empresa de ônibus faz programa de conscientização no Dia Mundial da Água

  1. Astrogildo da Silva Pereira // 25 de Março de 2013 às 12:03 // Responder

    Nossa chega a ser repugnante as materias sobre Leblon neste blog, esta empresa deve ser o suprasumo não só do Brasil mas sim do planeta. Se fossemos levar em consideração quantas vezes a Leblon foi premiada com elogios e citada como referencia pelo HONESTISSIMO, IMPARCIAL e ANTI-LOBISTA reporter Adamo Bazani, a Leblon em poucos meses estará operando em todos os Municipios do Brasil. Quanta hipocrisia.

  2. Amigos, boa noite

    A Leblon que me desculpe, mas os Buzões em Sampa nesta questão de economia de água eles são CAMPEÕES VITALÍCIOS.

    Reutilizar água é coisa do passado.

    Em Sampa nem se usa água para limpar o Buzão internamente.

    Mas me parece que agora estão implantando uma nova tecnologia que é lavar o
    assoalho interno com a água da chuva.

    Outro dia utilizei um modelo INOVADOR, ganha até de Medellín, o Buzão tem goteira.

    Isso mesmo, vou explicar.

    Com a goteira e os pés dos passageiros molhados é que se” limpa” assoalho do buzão em Sampa.

    Calma não é desperdício de água não, pois os vidros, corremãos, bancos, divisórias de vidro não são limpos nunca, nem com goteira.

    É Leblon, nessa você perdeu.

    Aprenda com os buzões de Sampa assoalho só se lava a seco ou com goteira e sapatos molhados.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: