Obras do corredor Arujá-Ferraz começam em 2014

Poá

Corredor de ônibus entre Arujá, Itaquaquecetuba, Poá e Ferraz de Vasconcelos deve ficar pronto em 2016, ao custo de R$ 337 milhões. Tempo de viagem deve ser reduzido e linhas reorganizadas. BRT também permite integração com a CPTM.

Corredor de ônibus entre Arujá e Ferraz de Vasconcelos deve diminuir tempo de viagem para os passageiros
Corredor terá 21 quilômetros e será integrado com a CPTM
ADAMO BAZANI – CBN
As obras do corredor de ônibus estilo BRT (Bus Rapid Transit) que vai ligar as cidades de Arujá, Itaquaquecetuba, Poá e Ferraz de Vasconcelos devem ter início em agosto de 2014 e ficarem prontas em cerca de 18 meses, de acordo com o presidente da EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo, Joaquim Lopes Júnior.
O corredor, denominado BRT Metropolitano Alto Tietê, deve custar R$ 337 milhões, terá 21 quilômetros de extensão e vai oferecer integração com as linhas 11 e 12 da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.
O projeto básico, que vai orientar as diretrizes principais das obras, deve ficar pronto em dezembro.
A expectativa é que com o corredor, hoje o tempo de viagem entre as cidades que é de 70 minutos caia para menos de 50 minutos. A previsão é de que a velocidade média dos ônibus aumente de 18 quilômetros por hora para 25 quilômetros por hora.
Nesta quarta-feira foram realizadas audiências públicas em Arujá, Itaquaquecetuba e Ferraz de Vasconcelos, com apresentação das principais propostas.
As linhas municipais e intermunicipais devem ser reorganizadas e a expectativa é que o corredor também influencie na redução da lotação dos trens, tornando mais vantajosas as viagens mais curtas por ônibus entre as cidades.
A operação das linhas do corredor ficará a cargo das empresas que formam o consórcio Internorte.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

59 comentários em Obras do corredor Arujá-Ferraz começam em 2014

  1. Participei hoje da audiência aqui em Itaquá, e houve divergência entre as empresas, pois quem controla essa área é o grupo JSL no consórcio Unileste, e pelo o que podemos ver, eles não vão querer peder o espaço cedido a eles.

  2. A JS quer abraçar tudo, tirou as linhas da Vipol que fazia Aruja, Poá , Suzano e querendo tomar conta de uma área que não é dela.

  3. Ewerton Santos Lourenço // 12 de Fevereiro de 2013 às 13:14 // Responder

    Já pasou da hora a EMTU voltar as suas atenções não só para o ABC e com a Metra e sim outras Cidades, inclusive as do Alto Tieté. Esse corredor iria beneficiar muito os moradores das cidades vizinhas como Guarulhos e Sta Isabel, por exemplo; A Julio Simões que administra a Cidade de Itaquá, Mogi das Cruzes; GUararema; Biritba-Mirim presta um péssimo serviço, a Empresa em si só tem nome; porquê quem trabalha lá não recebe hora-extra trabalha muito é pouco remunerado. Suponho que se abrisse uma nova sicitação, para ver qual consócio ficaria operando nestas 4 cidades. O Consórcio Internorte ganharia por unanimidade, Pois nele A E.O.Vila Galvâo ou Pàssaro Marron seriam as mais indicadas, Pois a Vila Galvão quando assumiu as Linhas Municipais e Intermunicipais da Cidade de Arujá como a Viação Arujá renovou a frota e tirou a lata velha da Transvale de Circulação. Tudo bem que os “novos onibus” eram da Cidade de Guarulhos de 2006/2007 que estavam no Pátio da Garagem na Dutra até que renovassem a frota realmente!! Já a Passaro Marron poderia ser uma boa opção se prestrarem Um Serviço Bom de Qualidade como na Categorias Seletivo e o Airport Service, caberia fazer uma pesquisa mais a fundo. A Julio Simões já teve a chance de “mostrar os seus serviços” quando pegou as Linhas das Antigas Empresas Poá e Visul. A Unileste não tem outras opções além da Radial, que está em expansão operando em 3 Cidades (Ferraz de Vasconcelos, Poá e Suzano) não Supriria a Demanda de Passageiros deste Corredor BRT, tendo que passar por uma transformação drastica.

    • Ewerton Santos Lourenço // 12 de Fevereiro de 2013 às 13:24 // Responder

      Guarulhos iria ganhar muito porque não tem muitas opções de Linhas Intermunicpais, depedendo de onde os usuários moram como nos Bairros da Divisas de Municipio como Bairro dos Pimentas, Piratininga; Cidade Tupinambá; Pequeno Coração tem que se deslocar até o Itaim Paulista ou São Miguel ambos na Zona Leste da Capital; ou a Estação de Manoel Feio em Itaquá; também na Dutra para pegar uma conduções para essas cidades Itaquá e Arujá. Ao mesmo tempo que Guarulhos é perto serCidades uma próxima da outra é dificil o seus acessos porquê tem pouquissimas opções de linhas de ônibus.

      • Ewerton, e Ferraz tem “muitas opções de linhas intermunicipais” ? Esse projeto irá benecifiar 4 cidades ao mesmo tempo. Creio que falar desse mode seja um pouco “mesquinho”. att

  4. onde vai passar em ferraz pois dizem q vai ter que retirar varias familias e isso//

  5. Jefferson R.Rossim // 27 de Maio de 2013 às 01:00 // Responder

    Todas as casas da Avenida Albino Francisco Figueiredo(Apenas um dos lados).

  6. sim e lado direito todo

    • olha vc sabe se as familias vao ser indenizadas pois ninguem tem escritura

      • Jefferson R.Rossim // 10 de junho de 2013 às 15:37 //

        Esse é o grande problema…. se eu fosse proprietário de uma dessas casas, eu começaria a verificar como é possível conseguir a escritura da casa(mesmo sendo caro). Pq eu acho q a prefeitura só pagará o valor do terreno.

  7. e vc sabe se ja foi aprovado este corredor de onibus

  8. a JS quer ser a dona do consorcio unileste e ainda opera linhas que não pertencem a ela. em 2007 ela assumil lihas que ate hoje eu não sei pq ela operou essas linhas ate o ano de 2010 essas linhas são 026,076,088,205, e etc linhas que so em 2010 passou a ser operada pela radial a empresa que deveria ter operado deis do inicio . e agora que a radial ganhou a licitação em suzano a radial bem que poderia passar a operar as linhas intermunicipais que circulam ali em suzano pq a radial não tem nehuma todas as linhas que saõ intermunicipais são intermunicipais sãoperadas pela JS ela quer operar uma area que não e dela .eu acho que as linhas que deveriam ser operadas pela radial seria obviamente as 145,114,416,e 481 e tambem a 480 que eu ainda não entendi pq ela esta sendo operada ainda pela JS

  9. qual é o lado que vai passar o corredor no kemel

    • Vão desapropriar toda a avenida sentido Kemel, lado direito todo. As notificações chegarão ainda no final deste mês de Setembro, segundo fontes confiáveis. Vamos aguardar…

      • o joven voce tem certeza desta informaçao sobre todas as familias da albino do lado direito todos vao ser desapropiados

      • Jefferson R.Rossim // 25 de setembro de 2013 às 12:30 //

        Se a obra é para 2014, já deveriam ter começado a fazer algo, e já estamos no final de Setembro e nada foi feito e acredito que nenhuma família recebeu alguma notificação.Não moro no local que será o ocorrido, mas acredito que isso seja apenas “mito”.

  10. Sr. Rossim: eu moro no local onde serão executados os serviços, creio que minha informação não mereça ser tratada com desdém. Meu vizinho recebeu uma notificação, as mesmas estão sendo enviadas por partes. Temos conhecidos na PM Municipal, e disseram que assim será feito. Por sua atenção, obrigado.

  11. thiago tambem moro no local mas a rumores que vai passar na rua de tras vc sabe algo e vc sabe como vamos fazer para receber a indenizaçao pois so temos o compra e vende?porque nao criamos uma uniao para ver oque da vc acha que resolve?

  12. Em 2014 EMTU fará corredores metropolitanos que ligam Ferraz a cidades vizinhas

    No gabinete do prefeito aconteceu à reunião para a construção do Corredor Metropolitano.
    Na manhã de 13 de agosto, a prefeitura de Ferraz, teve confirmação que as obras para a construção do Corredor Metropolitano na cidade terão início em junho de 2014. Confirmada pelo representante da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), as obras terão investimentos de R$ 336 milhões, a via vai ligar o município à vizinha Arujá, passando por Itaquaquecetuba e Poá.
    No gabinete do prefeito aconteceu à reunião por volta das 9h20, o líder do município, Acir Filló, reuniu-se com Joaquim Lopes da Silva Junior, diretor-superintendente da EMTU, com Arthur Xavier, assessor da Presidência da estatal, o secretário municipal de Obras, o arquiteto Antonio Carlos dos Santos Ferreira e o representantes das Secretarias de Planejamento e de Governo.
    Após a reunião foram visitar as vias que vão ceder espaço para o corredor metropolitano. No próximo mês o projeto irá ser iniciado, mas até o fim deste mês terão de escolher a empresa que fará as obras que se iniciarão em 2014.
    O presidente da EMTU disse que independentemente da empresa contratada à para a construção das vias, é de grande importância e necessidade de estudarem, desde já, as desapropriações que deverão ser feitas nas ruas Tito Temporim, Napoleão Laureano e Albino Francisco Figueiredo – vias onde o Corredor Metropolitano vai passar.
    “Tudo está caminhando muito bem. Após a apresentação do conceito, em audiência pública realizada em Ferraz em fevereiro, agora vivenciamos o processo licitatório. Em junho de 2014, pretendemos iniciar a obra. Neste meio tempo, vamos, ainda, trabalhar nas desapropriações que se fizerem necessárias. Neste momento, a EMTU tem 160 quilômetros de via em execução no Estado de São Paulo, com direito a R$ 1,5 bilhão de investimentos e desapropriações baseadas em ética, transparência e comprometimento social. Em Ferraz não será diferente”, complementou Silva.

    Segundo Filló, agora o município deve providenciar uma carta de anuência à esfera estadual, frisando que não se opõe à obra. Na visita que fez a alguns pontos da cidade por onde a nova alternativa de transporte coletivo vai passar, o prefeito estimou que, em média, a via vai atender, por dia, mais de 42 mil usuários do Alto Tietê e Ferraz ganhará 7,4 quilômetros de pista.

    Fonte: http://odiariodeferraz.com.br/em-2014-emtu-fara-corredores-metropolitanos-que-ligam-ferraz-a-cidades-vizinhas/

  13. ola alguem sabe se e todas as casas da albino francisco figueredo

    • Gisele, nossos amigos estão certos: apenas serão desapropriadas as casas do lado direto, sentido kemel. Como começo da albino, há boatos que apenas o veran e a creche sejam poupados, do mais, tudo será desapropriado !

  14. alguem sabe dizer se e todas as casas do lado direito sentido kemel ou e so algumas pois boatos dizem que vai passar por tras da albino francisco figueredo

    • é tecnicamente impossível esse corredor passar por trás da av. albino, pois não há espaço para isso e as desapropriações seriam ainda maiores e mais caras.

  15. entao infelismente todos vao perder suas casas e isso vc sabe se eles vao pagar e como e quando vai começar as desapropiaçoes?

  16. Jefferson R.Rossim // 16 de outubro de 2013 às 11:50 // Responder

    Olá, sou Jefferson R.Rossim moro em uma cidade chamada Poá, tenho 27 anos e estamos no dia 17 de Janeiro do ano de 2011, muitas mortes no Rio de janeiro(não para de chover), a cidade de São Paulo não suporta mais carro nenhum, os metrôs/trens estão puro caos, Dolar em alta(1.68), 7 anos de namoro (uhuuuuu) enfim como vc esta aí nesse ano, será q melhor?????

  17. Jefferson R.Rossim // 16 de outubro de 2013 às 11:53 // Responder

    Boa noite, Meu nome é Jefferson R.Rossim estou fazendo a reclamação devido ao descaso realizado pela empresa Orignal Veículos situada no endereço: Av. Antonio Marques Figueira, 1491 – Suzano.

    No dia 25/05/2011 foi realizado o 2° revisão do carro GOL. Antes de vencer a revisão, exatos 10 dias, o carro começou a apresentar o seguinte problema: Todas as vezes que era ligado a primeira vez ao dia o carro não respondia ao acelerador, ficando com a rotação abaixo de 1000 rotações até o mesmo ser desligado(morrer). Ao tentar ligar novamente o mesmo ficava normal e como se nada estivesse acontecido. Avisamos na 3° revisão sobre o problema apresentado no carro a concessionária, e foi devidamente tratado por eles e entregue alguns dias depois. A primeira semana foi tudo correto, porém na segunda semana o mesmo problema. Entramos em contato com a concessionária e foi agendada uma nova avaliação, e mais uma vez retornou depois de alguns dias e falado que o problema estava solucionado. Bom hoje 20/08/2012, o problema ainda persiste, foi realizado a 4° revisão, avisado para eles que o problema AINDA persiste e agora o carro fica exatos de 10 a 15 minutos para funcionar.
    Foi enviado um e-mail hoje 20/08/2012 para a concessionária mais uma vez sobre o problema e eles simplesmente respondem:
    Jeferson boa tarde!
    Estou ciente, podemos agendar nova avaliação?
    Desde já peço desculpa pelo ocorrido…

    Solução: O carro foi entregue no dia 31-08-12, com a troca de peça “Transformador de Ignição”. “Transformador de Ignição”? não seria “bobina de ignição”? tu és burro mesmo…

  18. o que está acontecendo com esse blog? era pra ser de utilidade pública, agora estão escrevendo um monte de besteiras !

  19. Bom dia a todos, desculpem pelas postagem indevidas, devido a minha conta ser hackeada…

    Atenciosamente,

    Jefferson R.Rossim

  20. Mais notícias:

    Projeto executivo do Corredor BRT Perimetral será lançado em Ferraz nas próximas semanas

    O prefeito Acir Filló (PSDB) afirmou nessa terça-feira (dia 22) que o lançamento do projeto executivo do Corredor BRT Perimetral Alto Tietê acontecerá em Ferraz de Vasconcelos nas próximas semanas. Ele argumentou que o evento não foi realizado ontem (dia 22) como estava previsto em razão de questões burocráticas, com o fim do prazo para apresentação de recursos contra o resultado do processo aberto pelo governo do Estado para contratação da empresa que vai fazer o projeto da obra.

    Essa obra é considerada de fundamental importância para o futuro de Ferraz, um vez que garantirá a ligação da cidade com as principais rodovias da região; como a Ayrton Senna e a Presidente Dutra. Foto: Verônica Ribeiro
    No último final de semana, o Jornal Cenário, revelou que o lançamento aconteceria nessa dia 22, o que não se confirmou. Essa obra é considerada de fundamental importância para o futuro de Ferraz, um vez que garantirá a ligação da cidade com as principais rodovias da região; como a Ayrton Senna e a Presidente Dutra.

    A expectativa das autoridades políticas das cidades onde o corredor será construído (Ferraz, Itaquá e Arujá) é que toda a etapa de projeto da obra que exigirá a desapropriação de centenas de imóveis seja concluída seja concluída no primeiro semestre de 2014, o que traria a possibilidade de a construção da avenida com mais de 20 quilômetros de extensão fosse iniciada até o final do próximo ano.

    IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA

    A construção do Corredor Metropolitano será a obra viária que maior impacto positivo produzirá para Ferraz. Isso porque um dos problemas que levaram dezenas de empresas a deixar a cidade nos últimos anos e impede a chegada de outras, é a situação de isolamento em que se encontra o município. Ferraz nunca teve acesso direto e rápido para as rodovias Ayrton Senna e Presidente Dutra e nem para nenhuma das outras rodovias importantes que cortam o Alto Tietê. Nas últimas campanhas eleitorais, todos os candidatos a prefeito tem a necessidade de Ferraz ter uma ligação direta com as maiores estradas da região. No entanto, dificilmente a prefeitura sozinha conseguiria fazer uma obra dessa envergadura. A proposta do Corredor Metropolitano, portanto, surge como a salvação do futuro de Ferraz. Nas últimas semanas o prefeito Acir Filló (PSDB) tem observado que o projeto inicial do Corredor Metropolitano não contemplava a cidade de Ferraz, mas que em razão da precariedade de acessos que o município tem às principais rodovias da região, o governo do Estado teria atendido aos seus apelos para que a cidade fosse contemplada pela nova avenida avenida que terá quase 50 metros de largura.

  21. Ou seja o terreno ao qual a construtora conviva iria construir não vai mais (enfrente ao Veran)?????

  22. quando sera notificadas as familias que serao desapropiadas para a construçao do corredor de onibus em ferraz de vasconcelos

  23. alguem sabe como ficara a situaçao da Igreja Catolica que fica em frente do terminal de onibus do Kemel

  24. LIXAO DE CIDADE

    MUDEI PRA ESSE LIXO DE CIDADE, RECANDO DE BAIANOS, GENTE FEIA, BAIXO NIVEL INTELECTUAL, BURRA E ETC. VIZINHOS DE MINHA RUA ALBINO F. FIGUEIREDO FAZEM BARULHO ATE AS TANTAS DA MADRUGADA. E A POLICIA É INÓCUA AO FATO. NAO FAZEM NADA, UM ABSURDO.

    FERRAZ VASC – CIDADE LIXÃO, PURGATÓRIO, ONDE AS PESSOAS LITERALMENTE PAGAM SEUS PECADOS !

  25. Por Gentileza alguém sabe me dizer se o terreno da Construtora Conviva sera afetado

  26. A RUA ALBINO FIGUEIREDO DO LADO DIREITO SENTIDO FERRAZ KEMEL SERÁ DESAPROPRIADA, E SÓ VÃO PAGAR PARA QUEM TIVER OS DOCUMENTO EM ORDEM, PARA QUEM NÃO TIVER, O GOVERNADOR GARANTIU QUE TODOS ENTRARA NO PROGRAMA DA CDHU OU SEJA CONTRATO DE COMPRA E VENDA NÃO É UM DOCUMENTO VALIDO.

  27. Prefeito garante que vai intermediar negociações sobre desapropriações

    Moradores estiveram no Gabinete de Acir Filló para pedir esclarecimentos sobre o traçado do empreendimento e, também, discutir valores das indenizações dos imóveis que poderão ser desocupados pelo Governo do Estado de São Paulo

    O prefeito de Ferraz de Vasconcelos, Acir Filló, recebeu, na manhã desta quarta-feira (19 de fevereiro), um grupo de 60 moradores da avenida Albino Francisco Figueiredo e adjacências, da Vila Santa Margarida. Na região, será construído o Corredor Metropolitano Alto Tietê Bus Rapid Transit (BRT), que ligará Ferraz a Arujá, passando, ainda, por Poá e Itaquaquecetuba. A população daquela região procurou a administração municipal para esclarecer dúvidas sobre as desapropriações que deverão ocorrer no trecho do empreendimento viário e, também, sobre as indenizações que deverão ser pagas à comunidade local.

    O encontro ocorreu às 11 horas, no Gabinete do chefe do Poder Executivo ferrazense. O gestor se reuniu com os moradores ao lado do vice-prefeito de Ferraz, José Izidro Neto, do presidente da Câmara Municipal, vereador Luiz Fábio Alves da Silva, o Fabinho, demais parlamentares e secretários municipais.

    A principal preocupação dos moradores reside no traçado do projeto, que, em tese, vai ocupar o espaço onde existem, hoje, centenas de residências e estabelecimentos comerciais, alguns, construídos há mais de 20 anos. O chefe do Poder Executivo ferrazense, explicou, na oportunidade, que o traçado do Corredor Metropolitano ainda não está definido e que a comunidade da Vila Santa Margarida “não deve entrar em pânico”:

    “A obra é do governo do Estado de São Paulo, mas a Prefeitura de Ferraz e a Câmara Municipal vão acompanhar de perto todo o processo e intermediar as negociações entre as famílias e a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos). O governador esteve aqui na cidade, na semana passada, para lançar a ordem de serviço e, naquela ocasião, se comprometeu em receber, pessoalmente, os moradores, lá no Palácio dos Bandeirantes. Além disso, Alckmin garantiu que o Estado vai pagar à vista, e com valores de mercado, as indenizações dos imóveis que forem desapropriados”, ressaltou o gestor.

    Após quase uma hora de reunião, ficou definido que será criada uma comissão na cidade, para que mesma acompanhe os trabalhos relacionados ao Corredor Metropolitano. O grupo será formado, inicialmente, por seis moradores da Vila Santa Margarida:

    “Não teremos reuniões isoladas para debater o traçado do projeto. Sempre discutiremos e defenderemos o que for melhor para a população e, para a população, quero transparência total. Não abro mão disso, de jeito nenhum”, reiterou o chefe do Executivo.

    A Secretaria de Planejamento foi designada por Filló para coordenar o trabalho “de relações públicas”, entre os moradores e o poder público das esferas municipal e estadual:

    “Os moradores vão constituir uma comissão de seis integrantes, para tratar do futuro traçado e o projeto definitivo com a Câmara Municipal, com as Secretarias de Obras, de Planejamento, de Promoção e Desenvolvimento Social, de Transportes e Mobilidade Urbana, e de Habitação e a EMTU. Tenho certeza que tudo vai dar certo”, informou o chefe da pasta de Planejamento, o engenheiro civil Silas Faria de Souza.

    Também participaram da reunião realizada, hoje, com os moradores da Vila Santa Margarida, os secretários municipais Juracy Ferreira da Silva (Governo) e Arnaldo Antunes de Souza (Administração), bem como o jornalista Miguel Leite (adjunto de Comunicação Social) e o vereador Roberto Antunes de Souza.

    Fonte: Site da Prefeitura

  28. A remoção de casas será inevitável para a construção do novo Corredor no Alto Tietê

    Após autorização do Estado para a construção do Corredor Metropolitano Alto Tietê BRT (Bus Rapid Transit), em fevereiro, a preocupação com as desapropriações necessárias para a viabilização do empreendimento aumentou.

    Dias após o anúncio, um grupo de moradores da Avenida Albino Francisco Figueiredo e adjacências, da Vila Santa Margarida, em Ferraz de Vasconcelos, procuraram o prefeito Acir Filló (PSDB) para discutir sobre as interferências que ocorrerão no bairro. Na ocasião, o chefe do Executivo tentou tranquilizar a população, esclarecendo que as famílias que tiverem os imóveis desapropriados, serão devidamente indenizadas.

    Porém, na última semana, durante a primeira reunião de trabalho na sede da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), Filló determinou aos secretários municipais de Planejamento de Transporte e Mobilidade Urbana, que apresentassem alternativas para que o traçado do Corredor seja feito evitando o maior número de desapropriações. A Estatal irá analisar essa questão, e deve retornar em até 30 dias, durante um novo encontro para definir o traçado da obra.

    “É inevitável”

    A questão da memória coletiva nos bairros é um dos pontos mais relevantes e que preocupam os moradores que terão suas casas desapropriadas. Segundo os moradores, no espaço que será ocupado pelo projeto, hoje há centenas de residências e estabelecimentos comerciais, alguns, inclusive, construídos há mais de 20 anos.

    O professor e doutor em engenharia civil, João Virgílio Merighi, tem uma visão incisiva sobre o assunto: “a vida em grupo é dinâmica, não é estática. A cidade precisa de progresso”. Para ele projetos como a construção do corredor são importantes, pois precisamos de mais vias de escoamento para melhor mobilidade. “A área urbana não tem mais espaço, logo, não há alternativa senão a desapropriação de casas”.

    Porém, Merighi defende que o processo seja feito de “modo justo”, ou seja, que ocorra o pagamento do devido valor de mercado pelas casas e que haja tempo para as famílias se mudarem.

    Até a conclusão do projeto, não será possível definir quantas e quais casas precisarão ser desapropriadas – não só em Ferraz, mas também em outras cidades que o empreendimento passará, como Poá e Itaquaquecetuba.

    Fonte: http://jornaldotrem.com.br/cresce-a-preocupacao/

    • É isso aí. Se tiver que fazer as desapropriações, que seja feitas ! Mas de modo justo para com a comunidade. A cidade não pode ficar estática, sem mudanças. Não é por causa de casas construídas há mais de 20 anos que as demolições não serão feitas. Para o Metrô de SP, teve de serem feitas várias demolições na região do Alto de Pinheiros, que eram estabelecimentos com muito mais história e valor cultural do que os imóveis dessa avenida…

      Ferraz precisa de desenvolvimento, urgente ! A cidade estava abandonada, saqueada, sem nada que preste… Agora, esse prefeito parece que quer mudar esse cenário…

      Chegou a hora de uma enorme e importantíssima mudança para a cidade e, nos tempos atuais, alguém já disse, “quem não gosta de mudança está morto!”.

  29. ONTEM UMA EQUIPE COM ENGENHEIROS PASSARAM MEDINDO PORTAS DE COMÉRCIO E COM TACOGRAFOS NA ESTRADA SANTA ISABEL ALTURA DO JARDIM CAIUBY EM ITAQUAQUECETUBA, MAS OS COMERCIANTES DAQUELA REGIÃO ATÉ AGORA NÃO FORAM COMUNICADOS SOBRE DESAPROPRIAÇÃO INCLUSIVE TEM VÁRIOS PAIS DE FAMILIAS QUE SUSTENTAM SUAS FAMILIAS DALI E A PREFEITURA NUNCA EMBARGOU QUALQUER OBRA . POR FAVOR GOSTARIAMOS DE UMA EXPLICAÇÃO URCENTE.

  30. Boa noite pessoal…..

    Tenho algumas imagens do projeto, como posso enviar as imagens…..

    Atenciosamente,

    • Bom dia, Jefferson. Por gentileza, tente zipá-las e fazer upload no site gratuito “4Shared”, sem senha. Feito isso, favor postar o link no site. P.S.: Onde você conseguiu as imagens do projeto?

      Obrigado.

    • ola onde conseguiu estas imagens pode me enviar,trigogisele@gmail.com agradeço

  31. Bom dia,

    Segue algumas imagens do projeto…

    http://www.4shared.com/rar/YlRzMOA_ba/Ferraz-Aruj.html?

  32. Jesfferson

    Boa noite , por gentileza pesso que me tire umas dúvidas, qual a metragem a ser construida da estrada, na próximo ao Centro de Itaqua sera removido pois moro próximo de postos de gasolina
    como farão estas alterações.

    Por favor envie as imagens do projeto no email paulistananascimento@bol.com.br

    Abs!!!

  33. Boa tarde . Trabalho em uma loja, nas esquina Da av. washington luiz pereira de souza . fica em frente a pontinha que divide a av, kemel Addas com a tubulação . gostaria de saber quantos metros vão desapropriar. Abraços .fico aguardando resposta..

  34. porfavor queria saber se vai passar na rua da tubulaçao jd miray itaqua cep 08574440 e qual lado ira a tingir,obrigado carlos

  35. mario rodriques fraga // 30 de Março de 2015 às 15:20 // Responder

    Qual o nome da rua que será desapropiada em itaqua

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: