Donisete Braga diz que vai usar dinheiro do Dersa para Terminal e elogia modelo de qualidade da Leblon Transporte

Publicado em: 17 de janeiro de 2013

Donisete Braga

Donisete Braga falou sobre transportes em Mauá, no Programa Ciranda da Cidade, da Rádio Bandeirantes. Ele destacou que a Leblon trouxe um modelo de qualidade e eficiência à cidade, mas que acompanha de perto a briga na justiça envolvendo o lote 02 da cidade. Disse que vai reformar terminal com dinheiro do Dersa e comentou as manifestações contra o aumento das tarifas de ônibus.

Donisete Braga vai usar dinheiro do DERSA para Terminal e elogia serviços da Leblon Transporte
Prefeito disse que integração com os trens está garantida e que vai acompanhar de perto a disputa jurídica entre Leblon e Estrela de Mauá. Ele também comentou as manifestações contra as altas tarifas de transporte
ADAMO BAZANI – CBN
O prefeito de Mauá, Donisete Braga, participou na tarde desta quinta-feira, dia 17 de janeiro, do Programa Ciranda da Cidade, da Rádio Bandeirantes.
Foram abordados diversos assuntos sobre a cidade, mas o tema predominante foi mobilidade urbana.
Respondendo ao jornalista Milton Parron e às perguntas de ouvintes, o prefeito reconheceu que o setor de transportes é um dos “grandes gargalos de Mauá e que a situação precisa ser melhorada”.
Ele explicou que os transportes são divididos em dois lotes, operados por duas empresas diferentes: lote 01 – Viação Cidade de Mauá e lote 02 – Leblon Transporte de Passageiros.
Donisete Braga reconheceu no ar os benefícios trazidos à população com a entrada da Leblon nas operações, em 2010.
“No lote 02 há uma empresa que veio de Curitiba, a Leblon. Ela estabeleceu um padrão de qualidade e eficiência no transporte coletivo e vamos usar este modelo como base” – disse o prefeito.
Donisete Braga também classificou como avanço a quebra do monopólio dos transportes em Mauá, que por 30 anos pertenceu a Baltazar José de Sousa, dono da Viação Cidade de Mauá, do lote 01, e fundador da Viação Estrela de Mauá, que hoje é presidida por David Barioni Neto.
Há uma disputa jurídica entre a Leblon e a Estrela de Mauá pelo lote 02, desde a licitação, em 2008. Em 2010, a Prefeitura e a Justiça consideraram a Leblon vencedora da licitação. No final do ano passado, a Estrela de Mauá foi colocada em operação pela gestão de Oswaldo Dias, mas o ato foi considerado ilegal e uma desobediência a decisões judiciais , tanto é que a Terceira Vara Cível de Mauá determinou o fim das operações da Viação Estrela de Mauá.
O prefeito disse que vai acompanhar “passo a passo a briga na Justiça pelo lote 02”
“(O transporte) É o principal tema da cidade. Para melhorar a fiscalização vamos criar a Mauá Trans, para gerenciar os transportes. Estamos organizando o sistema neste momento. A Prefeitura não pode ser empregada das empresas e sim empregadora, fiscalizadora” – complementou.
REFORMA DO TERMINAL:
Na entrevista, Donisete Braga reconheceu também a precariedade do Terminal Municipal de Mauá.
Ele disse que negocia o pagamento das contrapartidas do Dersa ao município devido à construção do Rodoanel.
Donisete prometeu que o dinheiro das contrapartidas será usado para a reforma do terminal.
“Os valores estão em cerca de R$ 7 milhões de reais, mas há cálculos que apontam a contrapartida do Dersa entre R$ 10 milhões e R$ 12 milhões. Este dinheiro vai para o terminal” – disse Donisete Braga, que afirmou que o pagamento está em negociação.
ESTAÇÕES DE TREM:
O prefeito de Mauá também falou da parceria com o Estado de São Paulo para a integração dos ônibus da Viação Cidade de Mauá e Leblon Transporte com a linha 10 Turquesa da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanas.
“A minuta do contrato já foi apresentada pelo presidente da CPTM Mário Bandeira e vamos avançar neste sentido”.
Donisete também comentou, ainda sobre a parceria com o Governo do Estado de São Paulo, sobre reformas nas estações de trem.
“A primeira será em Guapituba. Será construída uma nova estação em frente ao pólo esportivo Parque das Américas. Depois será a estação de Capuava e a localização da estação de Mauá vai ser antecipada em 150 metros no sentido Capuava” – disse.
TARIFAS DE ÔNIBUS E MANIFESTAÇÕES:
O prefeito de Mauá reconheceu que o valor de R$ 3,30 da tarifa de ônibus municipal é alto, mas descartou rebaixamento da passagem pelo fato de ter havido discussão regionalizada quanto ao preço, no ano passado.
Ele disse que com a integração entre os ônibus municipais e o trem, na prática, o custo do transporte vai diminuir.
Sobre as manifestações contra o aumento das tarifas, ele disse os atos são legítimos, desde que não atrapalhem o direito de ir e vir das pessoas.
No último sábado, dia 12 de janeiro, manifestantes e a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal entraram em confronto. Pelo menos dez pessoas ficaram feridas, a maior parte, estudantes.
“Defendo qualquer manifestação. A GCM tava organizando o trânsito para garantir o ir e vir das pessoas. Conversei com o Carlos Tomaz (secretário de segurança urbana) para averiguar o que ocorreu. Houve pessoas mais exaltadas que não aceitaram o diálogo” – disse em entrevista à Rádio Bandeirantes.
Os manifestantes dizem que o confronto ocorreu porque ficaram acuados. O grupo foi proibido de ocupar a Praça 22 de novembro, onde não há circulação de veículos, indo para as ruas e para a entrada principal do Terminal.
Neste sentido, no ar, Donisete Braga respondeu à pergunta de Rafael Rodrigues, do Grupo do Facebook “Política Sim – Patifaria Não”, organizador dos protestos.
Rafael perguntou se a população tem mesmo o direito de se manifestar e onde.
Donisete respondeu que há outros locais onde não se atrapalha o ir e vir das pessoas, como a Avenida Portugal.

OUÇA A ÍNTEGRA:

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Apolônio disse:

    Como primeira impressão do novo prefeito, achei que os comentários foram JUSTOS. Porém em se tratando de Mauá onde aquilo que se fala, muitas vezes (tomara que neste caso não), está bastante distante do que se faz, é preciso sempre manter um pé atrás.

  2. Josue Marcio Lopes disse:

    Concordo com o Apolonio. O discurso me parece muito bom. Eu vou dar um voto de credito para o Donisete. Mas nao venha com a palhacada de enfrentar a Justica e desobedecer prejudicando a UNICA emptesa de onibus boa que Maua teve em toda sua historia que e a Leblon.
    Quanto aos manifestantes, muitos deles provocaram mas a reacao da Guarda e da PM nao se justifica!

  3. TAMBEM ACHEI RELEVANTE AS PALAVRAS DO DONIZETE, E ESPERO QUE SEJA HOMEM BASTANTE PARA CUMPRI-LAS.E QUANTO A ATITUDE DA GUARDA MUNICIPAL, E DA POLICIA MILITAR, ACHO QUE FOI ABUSO DE AUTORIDADE, PORQUE NÃO SE TRATA CIDADÃOS COMO BANDIDOS, AINDA MAIS CIDADÃOS QUE PAGAM VOSSOS SALARIOS COM OS NOSSOS IMPOSTOS.

  4. Augusto disse:

    Parabéns Prefeito pra quem não sabe isso também é logística !

  5. Silvia disse:

    Acredito que seria importante ele sinalizar tambem , açoes de melhorias para a limpeza da cidade, pois Maua , é uma das cidades mais sujas que conheço, e nao só de lixo , mas de aparecia , nao existe calçadas , muitas regioes com mato ultrapassando a visao das pessoas e do comercio, muitos terrenos abandonados , sendo utilizados como lixão, sei que nao foi pauta da entrevista , mas é um assunto relevante.

    1. Silvia disse:

      Existe tantas empresas de grande porte , localizadas na cidade de Maúa , se cada uma se preocupasse em manter uma praça , ou até mesmo as margens do Rio sem tato mato , teriamos até mais segurança de ir e vir.

  6. Gerson Moura disse:

    Eles querem nos acuar para longe do terminal, onde há uma logica. A população que mais sofre está na Av Portugal ou no Centro (terminal Rodoviário)?

  7. Anthony Michel disse:

    Parabens Donizette começou bem o mandato.

  8. RAUL VERISSIMO ALVES disse:

    A CRIAÇAO DA MAUA TRANS NO MEU VER VAI SER UM GRANDE PASO NO TOCANTWE A FISCALIZAO ; E O GERENCIAMENTO DO SISTEMA DE TRANSPORTES INCLUSIVE EU MESMO SUGERI ISTO EM OUTRAS OCASIOES

  9. Pedro disse:

    Ouvi a entrevista deste prefeito hoje 18/01/2013 na radio Bandeirantes e ele me passou uma ótima impressão, como também tinha (como disse tinha) me passado o Sr Haddad, espero que não fiquem so no discurso, em SP ainda não sentimos nenhuma mudança, ta na hora de darem os seus recados, para as empresas de transportes, e inadimissivel onibús urbano com intervalos de 30 minutas a 1 hora, acorda seu Jamil, antes que seja tarde.

  10. urbanomen disse:

    o prefeito ta tendo bom senso, mas o povo..aff!!! fazem manifesto ( por justa razão, é claro ) impedindo os onibus de circularem no terminal e provocam paralização nas linhas prejudicando quem pagou passagem e quem iria pagar atrasando horarios de viagem e ainda se sentem injustiçados pela GCM que agiu corretamente!! manifestantes sem noção, vai manifestar no paço municipal, até pq nada acontece sem o aval da prefeitura!!! quanto as empresas, a leblon começou bem quando entrou, até pq os onibus eram todos encarroçados, mas o chassi era antigo de frota antiga, com pouco tempo passou a ficar igual aos da cidade de mauá, péssimos!!! pq os veiculos da leblom nao eram novos e sim reaproveitados e ainda todos financiados pq empresa pequena!!! os funcionarios da leblon começaram a parar no terminal com portas fechadas e largarem o carro pra ficar conversando ou tomar café do lado de fora, enquanto os passageiros se apertavam em pé esperando que abrissem as portas do veiculo!!! quando a estrela entrou foi sentida imediatamente a diferença, muitas vezes os onibus da estrela paravam do lado dos veiculos da leblon e todos saiam de dentro dos veiculos da leblon pra embarcarem nos da estrela cansados de esperar os funcionarios da leblon em pé na plataforma!!! toda a frota da estrela é nova, onibus modelo 2011/2012 e ja pagos!!! quem andou com a estrela percebeu nitidamente a diferença das demais empresas!! tomara que volte a estrela logo!!

  11. juninho disse:

    ADAMO BAZANI EXISTE ALGUMA POSSIBILIDADE DA METRA OPERAR EM MAUÁ COM LINHA LIGANDO MAUÁ CENTRO AO CORREDOR ABD…..

Deixe uma resposta