Passagem de Ônibus: Aumento em Fortaleza. No ABC Paulista, portestos continuam

onibus

Tarifa de ônibus em Fortaleza passa para R$ 2,20 neste sábado. A questão do reajuste das passagens é alvo de uma disputa judicial entre as empresas de ônibus e a Prefeitura, que quer reverter o aumento, decido pela gestão passada. No ABC Paulista, protestos contra aumentos continuam.

Passagem de ônibus sobe neste sábado em Fortaleza
Aumento das tarifas ainda é discutido pela Justiça
ADAMO BAZANI – CBN

A passagem de ônibus municipal em Fortaleza, Ceará passa de R$ 2,00 para R$ 2,20 a partir deste sábado, dia 12 de janeiro de 2013.
O reajuste ocorre em meio a uma disputa judicial entre a Prefeitura de Fortaleza e o Sindionibus – Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará.
Na última terça-feira, dia 08 de janeiro, a equipe do atual prefeito Roberto Cláudio (PSB) entrou na Justiça contra o aumento que foi determinado pela sua antecessora Luizianne Lins (PT), em decreto assinado no dia 24 de dezembro.
A ex-prefeita petista atendeu pedido dos donos de empresa de ônibus no final de seu mandato. O desembargador Francisco de Assis Filgueira Mendes deu um prazo de nove dias para que o Sindionibus apresente planilhas que justifiquem o aumento. Esse prazo vai além do dia estipulado pela ex prefeita.
A briga pelo reajuste da tarifa municipal é complexa.
Só em dezembro, foram três decisões em torno do valor da passagem de ônibus.
Em 11 de dezembro, as empresas de ônibus ganharam uma liminar conquistada pela gestão de Luizianne que impedia o reajuste. Sendo assim, naquela época, a tarifa foi para R$ 2,25. A gestão da prefeita entrou com recurso e no dia seguinte, 12 de dezembro, o valor voltou a R$ 2,00.
Perdendo as eleições, o PT acabou acatando novo pedido de aumento feito pelas empresas. O atual prefeito, Roberto Cláudio, venceu nas eleições municipais do ano passado, o candidato petista Elmano de Freitas.
Além da tarifa cheia, os outros valores também aumentam neste sábado.
A tarifa social aos domingos passa a ser de R$ 1,60. A hora social, para quem usa cartão eletrônico, vai para R$ 2,00. A linha central, que só percorre as ruas do centro de Fortaleza, continua a R$ 0,40.

PROTESTOS NO ABC:

O ABC Paulista, que possui cinco cidades que aplicam o maior valor de tarifa cobrado no País, R$ 3,30, continua sendo palco de insatisfações em relação aos reajustes.
Nesta quinta-feira, 10 de janeiro, estudantes e trabalhadores fizeram um ato em frente a Prefeitura de São Bernardo do Campo.
Neste sábado, dia 12 de janeiro, às 14 horas, em frente ao Terminal Municipal, um grupo que também reúne estudantes, trabalhadores e movimentos sociais conectados pela página do Facebook “Polícia Sim – Patifaria Não” deve realizar um segundo protesto contra o reajuste em Mauá, onde a tarifa passou de R$ 2,90 para R$ 3,30 no último dia 26 de dezembro de 2012, aumento de 13,79%.
O primeiro protesto foi no sábado passado e reuniu cerca de 400 pessoas de acordo com a Polícia Militar e mais de mil pessoas, segundo os organizadores.
Além de protestarem para a redução do valor da tarifa e por mais qualidade nos serviços, os manifestantes se queixam da postura da Prefeitura de Mauá quanto a uma possível volta do monopólio dos transportes, de maneira velada, segundo eles.
Nesta semana, a Justiça determinou o fim das operações da Viação Estrela de Mauá, no lote 02, que fazia as mesmas linhas da Leblon Transporte de Passageiros. Segundo a juíza Fernanda Salvador Veiga, da Terceira Vara Cível de Mauá, a assinatura de contrato da Prefeitura com a Estrela de Mauá em 27 de dezembro de 2012 contrariou decisão judicial que impedia a prefeitura de contratar outra empresa para o lote 02 dos transportes da cidade.
A Viação Estrela de Mauá foi fundada por Baltazar José de Sousa que também opera o lote 01 pela Viação Cidade de Mauá.Por cerca de 30 anos, Baltazar operou sozinho os transportes no município até a entrada da Leblon em 2010, após ter sido considerada vencedora do certame pela Prefeitura e pela Justiça. Hoje a Estrela de Mauá é presidida por David Barioni Neto, que disse à reportagem do Blog Ponto de Ônibus, no início das operações da empresa, que a companhia não é mais de Baltazar.
Nesta sexta-feira, dia 11 de janeiro, o prefeito de Mauá, Donisete Braga, disse em entrevista coletiva que estuda a possibilidade de uma nova licitação dos transportes, apesar de o certame de 2008 ter sido aprovado pela Justiça.
O tema vai ser discutido também pelos manifestantes. O temor é que um possível futuro edital seja direcionado ou viciado para beneficiar determinados grupos empresariais, com cláusulas que podem ser criadas dentro do certame e impossibilitarem a concorrência de fato.
O Prefeito Donisete Braga diz que uma nova licitação é só um estudo e que o intuito é dar um fim ao imbróglio jurídico entre as empresas de ônibus.

ESPÍRITO SANTO:

A tarifa do sistema Transcol, no Espírito Santo, sobe neste domingo, 13 de janeiro de 2013, para R$ 2,55 de segunda a sábado. Aos domingos a tarifa vai ser de R$ 2,25.
As passagens dos ônibus seletivos também sofrem reajuste. Os valores dependem da extensão das linhas e vão variar de R$ 3,95 a R$ 4,60
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

2 comentários em Passagem de Ônibus: Aumento em Fortaleza. No ABC Paulista, portestos continuam

  1. Amigos, boa noite

    Qual o milagre de Fortaleza, R$ 2,20, queremos a receita.

    Só falta Sampa.

    Quem arrisca um palpite ?

    Para facilitar o troco: R$ 3,33

    Calma…

    Só depois da festa da cidade 25.01.13;

    Sampa faz aniversário e nós levaremos um “bolo” e
    ainda ganharemos o “presente”.

    Aguardem …

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: