Mesmo notificada pela Justiça, Prefeitura não tira Estrela de Mauá

onibus

Mesmo com determinação da Justiça para o término das operações, Viação Estrela de Mauá circulou nas linhas do lote 02 junto com a Leblon. Foto: Adamo Bazani.

Mesmo notificada, Prefeitura não tira Estrela de Mauá
Justiça determina interrupção dos serviços da empresa. David Barioni não foi encontrado pessoalmente e não assinou notificação
ADAMO BAZANI – CBN
A Viação Estrela de Mauá operou nesta quarta-feira, dia 09 de janeiro de 2013, mesmo com determinação judicial para a empresa deixar os serviços no lote 02, operado pela Leblon Transporte de Passageiros.
A Leblon Transporte de Passageiros presta serviços em 18 linhas do lote 02desde novembro de 2010, após ter vitória na licitação reconhecida pela Justiça e pela Prefeitura de Mauá. Mas desde 2008, há um litígio judicial entre a Estrela de Mauá e a Leblon.
A juíza Fernanda Salvador Veiga, da Terceira Vara Cível de Mauá, determinou a saída da empresa hoje presidida por David Barioni Neto e fundada por Baltazar José de Sousa que opera o outro lote da cidade de Mauá.
A magistrada determinou também o cancelamento do contrato emergencial entre a Prefeitura e a Estrela de Mauá, assinado em 27 de dezembro de 2012, no final do mandato do Prefeito Oswaldo Dias e de Renato Moreira dos Santos, frente à Secretaria de Mobilidade Urbana.
A Prefeitura de Mauá foi notificada por volta das 15h30 pela Justiça e a Secretaria de Mobilidade Urbana por volta das 16h30 desta quarta-feira. Como a notificação suspende o contrato com a Estrela de Mauá, suas operações passaram a ser ilegais e já passíveis de atitude do poder público, o que não ocorreu.
O presidente da Viação Estrela de Mauá, David Barioni Neto, não foi encontrado pessoalmente pela Justiça e ninguém da empresa assinou a notificação.
Até às 20 horas desta quarta-feira, mesmo coma determinação judicial, os ônibus da Estrela de Mauá circulavam junto com a Leblon nas linhas do lote 02.
A juíza Fernanda Salvador Veiga classificou como ilegal o ato de credenciar a Estrela de Mauá pelo fato de a prefeitura ter desrespeitado uma decisão da Justiça que impedia a saída da Leblon e a contratação de qualquer empresa no lote 02 até que o embate jurídico entre as duas empresas seja definitivamente finalizado.
Em caso de descumprimento da decisão judicial, a prefeitura seria multada em R$ 5 mil por dia, de acordo com a magistrada.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

14 comentários em Mesmo notificada pela Justiça, Prefeitura não tira Estrela de Mauá

  1. A Leblon ganha mais uma na justiça , mas o circo segue em Mauá !

  2. Viva Transporte de Qualidade // 9 de Janeiro de 2013 às 23:10 // Responder

    Deviam aproveitar e começar as irregularidades da empresa do lote 1, que andaram operando o lote 2 na semana passada. Isso é permitido?

  3. Deveriam então, além de multar a prefeitura, acionar a polícia federal para investigar isso, apreender os veículos da estrela e lacrar eles para que não voltam as ruas nunca mais, seria uma medida muito severa, mas cabível para este caso de desrespeito.

  4. a Mauá Star não quer dar o braço a torcer,que bosta.

  5. Eu fico muito triste pelos usuarios de transporte de Maua,batalharam ate que conseguiram uma empresa boa como a Leblon ,e agora um bando de corruptos querem tirar ela fora do sistema,se eu fosse dono da Leblon eu tiraria toda minha frota do municipio e procuraria operar em um lugar que pelo menos a lei fosse respeitada é um tapa na cara dessa empresa o que esta acontecendo e volto a repetir tenho muita pena dos usuarios de onibus de Maua porque vão acabar perdendo uma grande empresa, e nas proximas licitações nenhuma empresa seria vai querer operar em Maua.

  6. O negócio é a polícia na porta da garagem e não deixar nenhum ônibus sair. E se for o caso recolhê-los para o pátio do Detran.

    O que não pode continuar é essa palhaçada.

    • E foi exatamente isso que aconteceu!! Hoje por volta das 07: 51.
      Policia, guarda e funcionários da Leblon todos na entrada do terminal impedindo os ônibus da Estrela de entrar! VIVA A LEI!!!

  7. Josue Marcio Lopes // 10 de Janeiro de 2013 às 08:39 // Responder

    Sr. David Barioni, sr Donizete Braga, sr Paulo Eugenio voces estao desrespeitando a lei e cometendo crime de desobediencia. E wuem comete crime e CRIMINOSO. Barioni, Donizete e Paulo Eugenio Criminosos!!!!!!!!!!!

  8. Amigos, bom dia

    Conforme consta no post acima:

    “Em caso de descumprimento da decisão judicial, a prefeitura seria multada em R$ 5 mil por dia, de acordo com a magistrada.”

    A conta é simples:

    A Estrela fatura e a Prefeitura paga a multa, simples não.

    Será que estes carros novos estão financiados pelo BNDES, FINAME ou outro financiador ???

    Este caso é tema para uma excelente tese em pós doutorado em Direito.

    Att,

    Paulo Gil

  9. Pois é, cadê aqueles que defendem o David Barioni agora? O cara é um safado, pilantra. Igual a todos eles: Baltazar, Oswaldo Dias, Renato Moreira, Paulo Eugênio e principalmente, o Donisete Braga, que tem se feito de desentendido até agora, não se manifesta a respeito, mas é o grande articulador de tudo isso. Afinal, você acha de ele vai deixar sair da cidade as empresas que financiam sua campanha?

  10. Falta de respeito da parte da Estrela, não querem largar o imperio mesmo bando de ladroes, mais a casa ta caindo pro lado deles.

  11. Graças a Deus a Magistrada determinou que essa Empresa Estrela deixasse de atuar em Mauá,pois pelo menos a Leblon na linha que sou usuária opera corretamente cumprindo horário,não podemos regredir no tempo.Parabéns a Leblon por mais essa vitória.

  12. Pois entao essa nossa prefeitura so tem bandido mesmo.. que lei ?? Pra que lei… quem descumpre a lei eh bandido.. maldito voto jogado fora… nao se entristeca baltazar pega esses carros novos da estrela e troca esses lixos caindo aos pedaços da cidade de maua … esses ônibus estao uma vergonha so fazem barulho e fumaça… e tira a leblon do seu alvo… parabéns leblon parabéns justiça por fazer o ato certo. .. chega de monopólio!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: