Após pedido de Guido Mantega, aumento da passagem no Rio é cancelado

Passagem de ônibus no Rio de Janeiro não vai mais subir na quarta-feira. Pedido foi feito pelo Ministro da Fazenda, Guido Mantega, preocupado com o impacto do reajuste nos índices da inflação. País não cresceu e mesmo assim está com inflação em alta.

Após pedido do Ministro da Fazenda, Rio não vai aumentar a tarifa de ônibus em janeiro
Preocupação de Guido Mantega é com o impacto do reajuste na inflação

ADAMO BAZANI – CBN

As passagens de ônibus municipais no Rio de Janeiro que subiriam de R$ 2,75 para R$ 2,90 já nesta quarta-feira devem continuar com o mesmo valor.
Após um pedido do Ministro da Fazenda Guido Mantega ao prefeito Eduardo Paes, o aumento que deveria ocorrer neste dia 02 de janeiro foi cancelado pela Prefeitura.
De acordo com o poder público municipal, depois de medidas de incentivos do Governo Federal em relação à desoneração da folha de pagamento das empresas de ônibus, as viações têm como segurar os reajustes, que, pelos planos da Prefeitura, só devem ocorrer entre junho e julho.
O pedido do Ministro da Fazenda se deve à crise econômica vivida pelo País. Apesar de a economia não crescer, com PIB muito pequeno, a inflação superou as metas do Governo Federal e os aumentos de tarifas de ônibus devem impactar ainda mais os índices inflacionários.
O Governo Federal tem usado como controlador da inflação o preso da gasolina, que está defasado em relação ao preço internacional do petróleo. Com isso e com as medidas de redução do IPI sobre carros, o Governo Federal acabou estimulando ainda mais o uso do transporte individual em detrimento do coletivo.
As empresas de ônibus não se manifestaram oficialmente, mas aguardam também da Prefeitura uma posição sobre um valor extra na tarifa para os veículos com ar condicionado para a renovação da frota em 2013. A Prefeitura descartou neste momento o valor a mais.
Guido Mantega ainda não deixou claro se fará o mesmo com prefeitos de outras capitais pedindo o adiamento dos aumentos das passagens de ônibus.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Após pedido de Guido Mantega, aumento da passagem no Rio é cancelado

  1. Muito boa a foto! O ônibus está na Av. Rio Branco cruzando a Av. Pres. Vargas na altura da Candelária.

    Eu estranhei que não tenha sido citado na matéria como FATO, e que é evidente, a circunstância do ministro da Fazenda atuando como nos tempos da existência do’CIP’, um órgão que atuava baseado em idéias econômicas da década de 1960.
    Eu tenho a impressão de que os leitores, jovens e nem tão jovens, poderiam ser brindados com uma explicação maior sobre controle de preços em Transportes Coletivos.
    A questão da chamada ‘desoneração da folha’ defendida pela maioria das pessoas que abordam o tema Transportes mostrou-se INÚTIL para conter os preços na sua PRIMEIRA OPORTUNIDADE.
    O calejado Passageiro de Ônibus da cidade do Rio de Janeiro e arredores já sabe o que pode acontecer desta disputa entre ministro e prefeito: o serviço de ônibus nesta circunstância piora muito. VOU TORCER PARA NÃO OCORRER ISSO!!!
    FELIZ 2013

  2. Amigos, boa noite.

    Quero ver, se quando chegar a hora de aumentar a gasolina alguém vai pedir para cancelar, suspender ou diminuir o aumento.

    Esperem e verás…

    Botem uma coisa na cabeça:

    Brasileiro não compra preço e sim forma de pagamento, não importa se um carrinho popular vai custar
    R$ 70.000, 00 após 48 meses, o importante é se a prestação cabe no bolso.

    A inflação é o oxigênio da economia brasileira, não adianta tapar o sol com a peneira, vejam só:

    Quando entrou o plano Real um pacote de sabão em pó de 1a linha custava R$ 2,00, vejam quanto custa hoje, mais de R$ 6,00.

    Por que o preço não se manteve em R$ 2,00 até hoje ?

    Simples; porque não dá, seja pela contingência A ou B ou seja simplesmente pela necessidade de se faturar mais; portanto…

    Outro exemplo:

    Por que as embalagens dos produtos sofreram tantas alterações de tamanho, quantidade e apareceram novos produtos e sumirem os velhos?

    Só não vê que não quer…

    Deixa aumentar tudo e deixa o BRASIL RODAR pra frente.

    Para fechar com chave de ouro.

    Vejam o atual preço do Etanol combustível em Alagoas, Bahia e Sergipe, imaginem depois do aumento.

    VIXE !

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: