Volvo investe R$ 54 milhões em concessionários

Volvo anunciou investimentos de R$ 54 milhões na ampliação do atendimento na rede de concessionários, uma exigência na atual conjunta, já que os veículos pesados estão cada vez mais complexos. Um dos focos principais é o setor de ônibus. A marca ampliou a participação no mercado principalmente depois de entrar para o segmento de veículos de motor dianteiro.

Volvo investe R$ 54 milhões em rede de concessionárias
Um dos objetivos é atender a demanda maior por ônibus e caminhões esperada para os próximos meses e responder a uma necessidade do mercado frente às inovações tecnológicas que exigem pós-vendas aperfeiçoados
ADAMO BAZANI – CBN
O mercado de ônibus e caminhões passou por diversas alterações nos últimos dez anos. Com exigências do poder público, refletindo muitas cobranças da sociedade, de entidades trabalhistas e da própria dinâmica da economia, os veículos hoje são mais modernos, possuem mais itens eletrônicos, são menos poluentes e emitem ruídos cada vez menores. Para atender a todas estas especificações, os ônibus e caminhões estão mais complexos. Não é qualquer mecânico que tem a qualificação necessária para atuar nestes veículos e o papel do pós-venda nas autorizadas e concessionárias se tornou ainda mais importante.
Vendo esta realidade e diante do crescimento da participação no segmento de ônibus, mesmo em ano de retração no setor de veículos pesados, a Volvo informou nesta terça-feira, dia 18 de dezembro, que investiu R$ 54 milhões na ampliação do atendimento da rede de concessionários.
De acordo com a marca, foram implantados 106 novos boxes nas lojas concessionárias e foram contratados 95 novos mecânicos especializados em veículos pesados.
Foram abertas novas unidades também. As concessionárias de Guarapuava, no Paraná, Viana, no Espírito Santo, e Goiânia, em Goiás, foram mudadas para novas instalações, mais amplas. Foi inaugurada uma nova representante em Caçador, Santa Catarina, e Curitiba, no Paraná, recebeu a primeira concessionária especializada apenas em ônibus.
A inauguração dessa concessionária mostra a tendência da Volvo, que se tornou a quarta maior fabricante de ônibus do país, segundo a Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, em investir ainda mais no segmento de transportes de passageiros. A explicação para o crescimento da marca neste setor se dá pela aposta da fabricante em ônibus de motor dianteiro, segmento que responde pela maior fatia do mercado de veículos de transporte coletivo. O modelo B 270 F é considerado um trunfo comercial pela montadora.
A Volvo também anunciou nesta terça-feira que o objetivo é inaugurar mais concessionários nos próximos anos por uma questão de logística para deixar os pontos de atendimento mais perto dos frotistas, diminuindo o tempo de deslocamento para os consertos e revisões dos caminhões e ônibus.
Para isso, os investimentos são determinados de acordo com a quantidade da frota dos veículos da marca em cada região.
Atualmente, a Volvo possui 85 concessionários em todo País, que seguem o mesmo padrão de atendimento.
Além de áreas administrativas e de descanso para motoristas, as lojas possuem capacidade de atender vários veículos pesados ao mesmo tempo, segundo a Volvo, e os chamados Pit Stops, para serviços rápidos, como troca de óleo e lavação.
Com a continuidade do PSI – Programa de Sustentação do Investimento e do Prócaminhoneiro, que permitem financiamentos de ônibus e caminhões a taxas de juros atrativas, e obras públicas, muitas delas relacionadas a Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016, a demanda por estes tipos de veículos deve aumentar e a Volvo não quer perder a oportunidade.
E hoje o frotista não compra apenas ônibus e caminhões. Ele quer adquirir soluções e, a oferta de serviços de pós venda, que garante que tais veículos poderão ser revisados e consertados por profissionais especializados, faz parte da exigência do mercado.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: