Ônibus e rodoviárias acessíveis até 2014

onibus

Empresas de ônibus e administradores de terminais terão de cumprir uma série de normas que facilitem o acesso de portadores de deficiência até 2014. A determinação da ANTT, publicada no Diário Oficial da União, vale para linhas interestaduais e internacionais. Além de acessibilidade, informação foi ponto levando em conta pela resolução. Foto:Adamo Bazani.

ANTT obriga acessibilidade em ônibus rodoviários até 2014
Resolução obriga ônibus e terminais com itens como avisos sonoros e táteis, além de facilidade de embarque para portadores de deficiências.
ADAMO BAZANI – CBN
Até o dia 02 de dezembro de 2014, todos os ônibus, terminais e pontos de seção de linhas interestaduais e internacionais terão de ser acessíveis para portadores de deficiências locomotoras, físicas ou auditivas.
É o que determina resolução publicada no Diário Oficial da União, neste dia 19 de novembro, pela ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres.
Os ônibus terão de apresentar equipamentos como cadeiras de transbordo para pessoas com mobilidade reduzida, formas de transportar cão guia, rampas ou elevadores.
Para os terminais e pontos de seção, empresas de ônibus, administradores e poder público devem investir em informação.
Dados como localização das plataformas, áreas de embarque e desembarque, nomes das empresas de ônibus, serviços de bagagem e horários devem ser informados por dispositivos sonoros, visuais e totens, inclusive com linguagem braile.
Também devem ser informados os dispositivos para facilitar o acesso, como a localização de cadeiras de rodas, de transbordo, andadores e muletas, os locais onde o atendimento preferencial deve ser realizado, além de procedimentos de emergência.
Ainda em relação às informações, durante a viagem, por dispositivos sonoros, textos e símbolos, o passageiro deve saber qual será a próxima parada.
Os dispositivos sonoros poderão ser substituídos por representantes das empresas.
Os terminais de ônibus e pontos de seção deverão ter guichês especiais para portadores de deficiências, rampas ou elevadores e outros itens que facilitem a circulação de quem possui mobilidade reduzida.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em Ônibus e rodoviárias acessíveis até 2014

  1. Amigos, boa noite.

    Genial; porém este item carece de muita inovação, pois ainda é muito precário, principalmente
    porque não querer fazer grandes alterações, claro devido aos custos.

    Já melhoramos em termos de legislação, mas os equipamentos são muito complicados ainda, as encarroçadoras deveriam ouvir as associações de pessoas com necessidades especiais e em parceria desenvolver um projeto simples e funcional.

    Alguém já viu um passageiro ser desembarcado de um Táxi acessível ?

    Eu já vi e desacreditei da complexidade, com certeza há algo mais simples.

    Alguém já viu o desembarque de um passageiro portador de necessidades especiais em um desse lindos Buzões com o símbolo azul ?

    Se alguém já viu me conte, pois tenho uma enorme dúvida de como isto é feito.

    Dá para melhorar dá, mas para isso tem de por a cabeça para funcionar e as cabeças dialogarem entre si, senão continuaremos com os Buzões dos DEGRAUS INTERNOS ALTO
    (o verdadeiro nome do Buzão de piso baixo).

    Façam um teste.

    Entendo que até o Blog e os amantes do Buzão podem contribuir e muito, com muita idéias e sugestões as quias devidamente tabuladas e analisadas dariam bons resultados.

    Mas para isso, precisar SAIR FORA DA CAIXA e pensar diferente.

    As encarroçadoras podiam fazer um Blog semelhante ao da FIAT no projeto FIAT MIO,
    onde todos os interessados puderam expor suas idéias.

    Foi genial, afinal duas cabeças pensam mais do que uma.

    Vamos acender as lâmpadas das cabeças desse nosso povo criativo.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: