Monotrilho de Congonhas corre o risco de não ficar pronto até a Copa.

Jurandir Fernandes

Secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, admitiu que o monotrilho da zona Sul, que vai ligar o Aeroporto de Congonhas, na zona Sul, e a Estação Morumbi, da CPTM, corre o risco de não fica pronto até a Copa de 2014. Segundo ele, “fartas linhas de ônibus” podem ser a solução.

Monotrilho da zona Sul pode não sair até a Copa
Afirmação foi do próprio Secretário Estadual de Transportes, Jurandir Fernandes, que admite “fartas linhas de ônibus” no lugar
ADAMO BAZANI – CBN
Com Agências
O secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, Jurandir Fernandes, admitiu nesta terça-feira, dia 06 de novembro de 2012, que o monotrilho da Zona Sul, que deve ligar o Aeroporto de Congonhas até a Estação Morumbi, da CPTM, corre o risco de não ficar pronto até a Copa de 2014.
Jurandir Fernandes disse que o empenho é para que a obra, que consiste numa espécie de trem de pequeno porte que trafega em elevados, seja concluída até o mundial de futebol, mas se não for possível, os turistas e passageiros do dia a dia serão atendidos por “fartas linhas de ônibus”
“Nós não estamos garantindo para a Copa. Mas continuamos firmes até o fim de 2014. Se por ventura não der tempo para a Copa, nós vamos ajustar com fartas linhas de ônibus, linhas especiais para levar o pessoal de Congonhas para todos os destinos”,
A afirmação foi feita durante a feira “Negócios nos Trilhos”, em São Paulo.
Pela linha 17 – Ouro, que é este monotrilho, o tempo de ligação entre o aeroporto e a estação Morumbi deve ser de 12 a 15 minutos.
Se a linha que sai do Aeroporto de Congonhas pode atrasar, uma ligação ferroviária a partir do Aeroporto de Guarulhos é um sonho mais distante ainda.
Jurandir Fernandes disse que só depois do feriado de 15 de novembro, a Secretaria de Transportes deve começar fazer prospecções para sondagens de solo no local onde deve ser a estação, hoje correspondente a parte do estacionamento do Aeroporto.
Para este trabalho que vai iniciar os estudos de campo a fim de instalar a linha 13, como é chamada, a Secretaria enviou uma carta ao consórcio que ganhou a licitação que opera o aeroporto, liderado pela Invepar, pedido autorização.
O consórcio propôs outros lugares para a construção da estação nas imediações, mas a secretaria insiste na área do estacionamento por já ter conseguido licenças da Infraero para o local.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes
Com Agências

5 comentários em Monotrilho de Congonhas corre o risco de não ficar pronto até a Copa.

  1. Bento dos Santos Jr // 6 de novembro de 2012 às 22:47 // Responder

    É tanta incompetência que prefiro terminar por aqui….

  2. Este e o estilo de governo do senhor Geraldo Alkmin, ele promete e não cumpre, ai vem o seu Jurandir e justifica, se continuar nesta toada vão perder o estado para o PT já em 2014, o povo começou a cobrar as promessas não cumpridas e este governo já tem varias..

  3. Eu já sabia.

  4. êêh governozinho semvergonha,e eles ainda querem que eu tenha orgulho de ser brasileiro.

  5. Qual é a novidade? Tudo está dentro do previsível, em se tratando de Brasil, é claro.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: