Leblon comemora 02 anos de operação em Mauá

ônibus

Ônibus da Leblon em Mauá. Depois de toda a luta jurídica e até mesmo ações do poder público em benefício a grupo empresarial que monopolizava os transportes da cidade, empresa vai continuar operando o lote 02 de linhas municipais. Foto: Adamo Bazani

Leblon completa 02 anos em Mauá
Entrada da empresa foi marcada por tensão e, apesar de boatos sobre a saída da companhia, Leblon se mantém firme nas operações do lote 02 do ABC Paulista
ADAMO BAZANI – CBN
Frutos de uma boa semente.
É assim que a Leblon Transporte de Passageiros, em Mauá, no ABC Paulista, celebra o segundo ano de operação na cidade neste dia 06 de novembro.
Quem vê os ônibus prata e azul com a imagem de uma águia envolvendo rostos humanos, denotando proteção e visão, talvez tenha pouca noção de como têm sido até hoje guerreiros os colaboradores da empresa.
Mas tal como a águia, o importante é ter visão. E ter visão é conseguir vislumbrar não só as dificuldades, mas o que está além delas.
Mesmo com a vitória na licitação reconhecida pela Prefeitura de Mauá e pela Justiça, em 2010, ano que marcou o início das operações, colocar os ônibus nas ruas não foi nada fácil.
Depois de meses parados na garagem, a entrada dos ônibus com a águia estampada em Mauá representou mudanças para melhor na cidade.
Claro que ainda pode ser feito mais e a Leblon sabe que sempre é possível melhorar de forma contínua.
Por representar mudanças é justamente que a empresa de ônibus com origem no Paraná enfrentou obstáculos.
Afinal, mudar significa alterar uma situação já estabelecida há muito tempo, como eram os transportes de Mauá, monopolizados há cerca de 30 anos e alvos de muita reclamação por parte da população.
Se mudar significa alterar situações estabelecidas, também mexe com os interesses daqueles que se beneficiavam, muitas vezes de forma arbitrária, de tais situações.
Talvez muitos não se recordem, mas a entrada da Leblon foi marcada, além das disputas no plano jurídico, por ameaças à diretoria da empresa e até uma bomba estourada na casa do secretário de mobilidade urbana, o mesmo que em julho deste ano, tentou descredenciar a Leblon e colocar no lugar uma empresa ligada ao grupo que mantinha monopólio na cidade. Mas diversas instâncias da Justiça corrigiram esta situação.
A estrutura dos transportes no ABC Paulista permanecia praticamente inalterada desde meados dos anos de 1980.
Santo André, São Bernardo do Campo e Ribeirão Pires ainda tinham famílias que operavam desde o início do século passado. Diadema contava com uma empresa pública, a ETCD – Empresa de Transportes Coletivos de Diadema, e o restante da região praticamente era monopolizada por um grupo empresarial que também está presente nas cidades citadas anteriormente.
Um dos chamados “núcleos duros” desta estrutura era Mauá, que tinha duas empresas municipais e uma intermunicipal pertencentes aos mesmos empresários.
E foi justamente por Mauá que a mudança começou a ocorrer. O “núcleo duro” se rompeu e o monopólio ruiu.
Com mais de um grupo empresarial a população e o próprio poder público tem reais parâmetros de comparação e podem exigir melhorias por um serviço que é pago pelo passageiro.
Note a diferença dos termos. Uma coisa é ter mais de um grupo empresarial outra coisa é ter duas ou mais empresas. Para a população pouco adianta uma cidade ter inúmeras viações se elas só representam nomes diferentes, mas que continuam com os mesmos donos ou pessoas ligadas a eles.
No primeiro ano de operação, a Leblon já havia conseguido, por exemplo, as certificações com base em padrões internacionais de qualidade ISO 9001 e de meio ambiente ISO 14001.
As certificações, diferentemente do que muitos pensam, não são prêmios. Mas são o reconhecimento de que a empresa atingiu os padrões e que assume o compromisso de melhoria contínua. Tanto é que é submetida a auditorias anuais e a cada três anos as certificações podem ser renovadas ou não.
Outro marco da Leblon foi a superação de boatos. Quantas vezes foi dito que a empresa deixaria os serviços, voltaria para a sua terra.
Mas nada acontecia. Apesar da pressão e da necessidade de muito controle por parte dos colaboradores da empresa, estes boatos de certa maneira tiveram uma serventia. Isso porque, a cada vez que eles eram propagados e não se realizavam, a credibilidade dos responsáveis por eles, que até estampavam manchetes de capas em jornais, caía por terra.
Hoje, não adianta vir com boataria. A população já sabe discernir.
Para a Leblon, tem sido um caminho de batalhas, mas conquistas. E a cada dificuldade ou obstáculo, uma lição e um crescimento que provam uma das mensagens que a empresa, de fundamentos cristãos, acredita. “Tudo colabora para o bem daqueles que amam a Deus”

Leblon

Diretoria do Grupo Leblon e funcionários comemoram dois anos de atividades da empresa em Mauá. Atuação da companhia é marcada por diversas ações de melhorias. Festa também serviu para relembrar e agradecer o empenho e o profissionalismo de todos os colabores. Foto: Adamo Bazani


Confraternização entre funcionários
Os funcionários e a diretoria do Grupo Leblon Transporte de Passageiros comemoraram nesta terça-feira, dia 06 de novembro, dois anos de operação da empresa em Mauá.
A companhia começou a prestar serviços na cidade em 2010 após ter a vitória na licitação dos transportes reconhecida pela Justiça e pela prefeitura.
“O momento não é de falar de adversidades, que temos superado com fé, mas de celebrar. São dois anos que representam a dedicação e o empenho de todos os colaboradores da Leblon” – disse Ronaldo Issak, diretor da companhia.
Quando a Leblon começou a operar colocou em circulação todos os ônibus zero quilômetro, 100% acessíveis e com motorização eletrônica, algo que não era comum em Mauá.
Trouxe também uma nova forma de gestão e operação de transportes para Mauá com a experiência de prestação de serviços no sistema de Curitiba e Região Metropolitana, considerado referência em mobilidade urbana.
Toda esta experiência foi adaptada para a realidade de Mauá.
Uma atuação voltada para a busca de melhoria da qualidade e com respeito ao meio ambiente também faz parte da história da Leblon em Mauá, que apesar de recente, tem muitos fatos para contar.
No primeiro ano de operação já havia recebido as certificações ISO 9001 (qualidade) e ISO 14001 (respeito ao meio ambiente), aumentou a oferta de viagens nas 18 linhas do lote 02, permitiu que a prefeitura e a população tivessem parâmetros de comparação e avaliação dos transportes de Mauá que há 30 anos eram operados apenas por um grupo operacional e estabeleceu novas formas de relacionamento com os passageiros, que passaram a vistos como clientes.
E os objetivos da Leblon na cidade passam por ações de melhorias constantes. Por isso, empresa se esforçou para conquistar as certificações que impõe planos para evolução constante. Anualmente são feitas auditorias com base nas metas das ISOs 9001 e 14001 e a cada três anos, serão realizadas novas avaliações para a renovação das certificações.
Treinamentos constantes tanto das áreas de manutenção, administrativa e operacional, o que inclui motoristas e cobradores, também fazem parte dos investimentos para a melhoria do atendimento a população.
Na parte ambiental, a empresa implantou em Mauá diversas ações, como separação de resíduos para reciclagem, recentemente colocou em operação uma máquina para lavação dos ônibus que permite o reuso da água. Além disso, realiza tratamento de efluentes e atua na manutenção dos veículos para reduzir os impactos da operação. Um dos exemplos disso é a participação no Programa Despoluir, da CNT –Confederação Nacional dos Transportes, em parceria com o Sest/Senat.
Os técnicos visitam a garagem e fazem análises rigorosas com uso de computadores especiais da fumaça emitida pelos ônibus. Em todas as avaliações 100% da frota da empresa em Mauá foi aprovada, com emissões de poluentes dentro dos limites estabelecidos por leis federais.
A frota da Leblon em Mauá é formada por 90 ônibus, sendo 13 articulados, 43 convencionais, 15 midis e 19 micros.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

8 comentários em Leblon comemora 02 anos de operação em Mauá

  1. Só temos que parabenizar a Leblon, lembro-me como se fosse agora o dia 06/11/2010 exatamente o dia que lea começou operar em Mauá, assim como tive a oportunidade de conhecer o Adamo e um dos articulados dela na VVR. Parabéns Leblon muita prosperidade e paz.

  2. antonio terra dutra // 7 de novembro de 2012 às 09:23 // Responder

    parabens leblon 2 anos de boa prestção de srviço para a cidade de maua que a muitos anos vinha sofrendo com o péssimo transporte oferecido pela barão de maua que mudou o nome mais continua a mesma porcaria quero saber quando é que vão colocar outra empresa no lugar dessa cidade de maua agora é com vc donizete braga coloque uma empresa no lugar dessa viação cidade de maua com a mesma qualidade da leblon isso sim é uma empresa de trasporte publico.

  3. a Leblon foi o Davi que encarou um gigante chamado Golias que apenas com uma pedrinha acertou no ponto fraco do mesmo e o matou,e o exemplo da Leblon foi esse,de lutar contra um gigante sem medo e de ter conseguido acabar com um reinado que escravizou Mauá durante anos.

    • Sérgio Santo André // 9 de novembro de 2012 às 14:50 // Responder

      André concordo com vc, mas infelizmente o gigante ainda não foi abatido, apenas está ferido. Falta pisar na cabeça dele para acabar de vez !!!!! Saudações a Leblon e vida longa !!!!

  4. Viva a Leblon seria melhor ainda se a sambaíba,santa brígida ou a Julio simões assumissem as linhas que ainda estão com a empresa do Baltazar aí sim o povo de Mauá teria em transporte de qualidade…

  5. Gostaria de receber um e-mail de vocês.
    Eu tenho um curriculo ai com vocês pela internet, só que preciso modifica-lo, mas, não consigo entrar.
    Como posso fazer para entrar no link onde esta salvo meu curriculo?
    Meu e-mail é ( ciceromarcosps@hotmail.com )
    Ou vocês pode me mandar o e-mail de vocês para que eu possa enviar um curriculo atualizado.
    Também vocês podem me ligar (011) 98443-8636 (TIM).
    Obrigado desde já pela atenção.
    Atenciosamente
    Cícero Marcos Pinheiro da Silva

  6. Quero parabenizar a Leblon pelos seus dois anos e dizer que a cidade de maua melhorou muito com sua chegada. Meu marido faz parte dela. PARABÉNS.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: