Belarmino faz balanço da compra de 310 ônibus

chassi

Chassi articulado 0 500 MA foi um dos modelos escolhidos pelo Grupo Belarmino para a mais recente renovação com ônibus da Mercedes Benz. Além de 40 articulados, foram comprados modelos urbanos convencionais, de micro-ônibus e rodoviários. Divulgação Mercedes Benz.

Belarmino faz balanço da aquisição de 310 ônibus da Mercedes Benz
O empresário português disse que 90% de sua frota representam veículos da marca. A média de renovação do grupo é de 500 a 600 ônibus ao ano
ADAMO BAZANI – CBN
O empresário Belarmino de Ascenção Marta, dono do segundo maior grupo de transportes por ônibus do Estado de São Paulo e o quarto maior do País, fez um balanço da compra mais recente que fez de 310 ônibus Mercedes Benz para empresas do Interior Paulista.
Segundo ele, em nota divulgada à imprensa pela Mercedes Benz do Brasil, 90% de sua frota são formados de veículos da marca. A escolha dos modelos nesta fase do mercado, que compreende uma nova legislação de redução de emissão de poluentes com base nos padrões internacionais Euro V se deu também pelo menor consumo e ganhos operacionais dos veículos.
Belarmino explicou ainda que a média de renovação de frota das empresas do grupo é de 500 a 600 veículos apor ano.
“A compra desse significativo volume de chassis Mercedes-Benz faz parte da nossa estratégia de renovação e ampliação de frota. Nos últimos quatro anos, temos adquirido, em média, de 500 a 600 ônibus por ano, o que nos permite oferecer um serviço com qualidade e conforto cada vez maior para os usuários das nossas linhas regulares, como também de fretamento e turismo”, afirma Belarmino Marta, presidente e fundador do Grupo.
“Desta vez, estamos incorporando à nossa frota mais um grande lote de ônibus Mercedes-Benz com tecnologia BlueTec 5, que, além de atender à nova legislação Euro 5 de redução de emissões, se mostrou mais vantajosa ao proporcionar menor consumo e melhores resultados operacionais”, diz o empresário. “Ter carros novos na nossa operação significa também menor custo de manutenção e, nesse ponto, os atuais Mercedes-Benz se destacam ainda mais, em função do aumento dos intervalos de troca de óleo e dos prazos de manutenção preventiva”.
Belarmino também possui concessionários e é revendedor da Mercedes Benz
A frota de 310 ônibus renovados vai ser dividida para as companhias do grupo:
——— Rápido Luxo Campinas e Nossa Senhora de Fátima Auto Ônibus (urbano, intermunicipal, fretamento e turismo para Campinas e Bragança Paulista, no Interior de São Paulo):
210 chassis OF 1721 / 10 chassis de micro-ônibus LO 916 / 40 chassis rodoviários O 500 RS / 10 chassis Rodoviários 0 500 RSD.
———— Viação Ouro Verde (urbanos e intermunicipais em Campinas e Sumaré):
40 chassis 0 500 MA, urbanos articulados, que receberam carroceria Comil Doppio BRT, que traz novos conceitos para ônibus com articulação e pode ser usado em sistemas segregados em corredores exclusivos.
Ainda de acordo com a nota da Mercedes Benz, Belarmino declara que desde o início de sua carreira como empresário de ônibus, trabalha com veículos da marca.
“Eu comecei com um LP 312, em 1961. Essa já é uma marca consagrada no transporte de passageiros no Brasil. Crescemos juntos e sempre contribuímos com o desenvolvimento do setor” – disse o empresário.
A Mercedes Benz responde pelo emplacamento de 10 mil ônibus entre janeiro e setembro de 2012 sendo líder no setor, em especial do segmento acima de 8 toneladas.
De acordo com o diretor de vendas e marketing de ônibus da Mercedes Benz, Gilson Mansur, os veículos urbanos têm impulsionado os resultados da marca.
“Além de grandes mercados, como São Paulo e Rio de Janeiro, diversas cidades de outras regiões estão seguindo essa tendência, como é o caso desta venda para empresas do interior paulista pertencentes ao Grupo Belarmino”, diz Gilson. “As empresas visam atender às exigências de novas licitações do transporte coletivo e também oferecer melhor prestação de serviços aos usuários”.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

10 comentários em Belarmino faz balanço da compra de 310 ônibus

  1. PORQUE O EMPREZARIO SR. BELARMINO NAO DIVULGOU A PARALIZACAO DA OSASTUR EM OSASCO, ONDE O MESMO DEIXOU POR LA UM CARRASCO, QUE SO PENSAVA EM TIRAR PROVEITO DOS SEUS MOTORISTAS,FRETAMENTO, 18 HORAS SERVICOS E GANHAVA SO 10 HORAS SENDO 2,40, POR FORA NAO ENTRAVA NO HOLERIT, EU SEI TRABALHEI QUAZE UM ANO, SO TIVE REGISTRO DE QUASE 7 MESES, UM DIA PERCEBI QUE ERA UMA PESSOA COMPETENTE, PEDI A CONTA ME PAGARAM SOMENTE O REGISTRO, E DIAS TRABALHADO, TRANSFERI O FGTS, FUI PARA UMA EMPREZA QUE TEM SEUS EMPREGADOS COMO COLABORADORES, NAO COMO ESCRAVOS, E ASSIM ELE PODE SER O 2- MAIOR GRUPO DE TRANSPORTE COLETIVO DE SAO PAULO, O DIA QUE QUEBRAR VAI SER UM GRANDEARROMBO, SO NA JUSTCAS, SE VCS PROCURAREM, E A QUE MAIS PROCESSO TEM CONTRA ELAS, NEM SE ME PAGAREM 10 VEZES MAIS O MEU SALARIO NAO TRABALHO UM DIA, SO ENTRAN EM LUGARES DE EMPREZAS COM POBLEMAS, PARA MEU VER E UM GRUPO QUE SEMPRE O MESMO ENDERECO, SAMBAIBA TABOAO DA SERRA OU EM CAMPINAS, POR ISSO TRABALHO NA MAIOR, QUANDO BATEM EM NOSSA PORTA UM EX FUNCIONARIO DO GRUPO ELES SAO BEM RECEBIDOS, E MOSTRAMOS AOS MESMO A DIFERENCIA DAONDE ESTAVAN E A ONDE VAM ESTAR, AQUI RECEBEM ATE OS 5 MINUTOS SE PASSAREM RECEB PROGRAMACAO

  2. é isso ai! Mercedes Benz é de confiança total, parabéns ao sr Belarmino pelas grandes compras!

  3. E as empresas VB1 e VB3 aqui de Campinas que estão com boa parte da frota envelhecida?..Por que ficaram de fora?

  4. A Sambaíba, aqui de São Paulo, está incluída nessa compra?

  5. Boa tarde galera,concordo com Carlos Silva e a VB! eVB3 nada porque na VB1 onde eu trabalho os carrros d a117 estao um bagaços os B10m não guenta mais estão pedindo socorro queremos BRT também mais igual da ITAJAI aquilo sim sao maquinas valeu………………

  6. Tudo bem que venham os carros, mas eles só sabem comprar OF…..?
    Tem linhas que são para padron e eles colocam esse carros pequenos e fracos. Quando será que nossos empresários irão se modernizar e sair das década de 70 e 80 e começarem a olhar melhor para nós usuários e principalmente para os seus colaboradores, dando boas condições de traballho e com isso reduzindo o custo social que consequentemente reduz o custo financeiro. Nós passageiros pagamos por isso e merecemos algo de qualidade e moderno. Eles estão perdendo a chance de lucrarem mais adquirindo mais usuários devido ao transito caotico das cidades, mas suas cabeças limitadas não conseguem enxergar isso. È claro que tem de haver contrapartida dos poderes publicos como um viário adequado, linhas com itinerários racionais entre outras coisas.

  7. trabalhei para este portugues safado não sei como o poder publico deixa este safado funcionando no brasil sendo que o mesmo e o maior sonegador de impostos no pais eu ainda vou ver ele se afundar na falencia e so vcs ver na justiça federal a sonegação previdenciarias do belarmino por isto que ele compra onibus novos com o dinheiro do trabalhador.

  8. brt vb1 em seu belarmino

  9. boa tarde
    isso e´uma safadeza enquanto aqui na cidade de varzea paulista em campo limpo paulista itupeva cabreuva so de sucata vc deveria toma vergonha na cara e tira essa diretoria que esta nessa empresa de campo limpo paulista por isso que o senhor esta perdendo as suas linhas de empresas daqui da regiao por essas pessoas que esta tomando conta tira eles pra ver se sua empresa nao melhora

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: