Greve de ônibus em Recife retira mais da metade da frota de circulação

Recife

Greve de motoristas e cobradores de ônibus em Recife e região metropolitana prejudica nesta quarta-feira cerca de dois milhões duzentas mil pessoas. Apenas 47% dos veículos estão nas ruas. Os tumultos começaram ontem, quando depois de assembléia, motoristas e cobradores fecharam com os ônibus vias de movimento em Recife, como avenida Conde de Boa Vista e imediações, no centro da cidade. Foto: Reprodução TV Globo.

Greve de ônibus em Recife retira mais da metade da frota de circulação
De acordo com o Grande Recife Consórcio, cerca de 47% dos ônibus estão circulando

ADAMO BAZANI – CBN

Aproximadamente 2 milhões e 200 mil passageiros que dependem dos transportes coletivos em Recife e na Região Metropolitana enfrentam dificuldades para irem e virem por causa de greve de motoristas e cobradores de ônibus.
A paralisação foi decidida na semana passada, depois de uma greve de advertência de 24 horas, e reafirmada ontem em assembleia na parte da tarde.
De acordo com o Grande Recife Consórcio de Transporte, cerca de 47% da frota que deveria estar em operação prestam serviços na manhã desta quarta-feira na região, o que representa aproximadamente 1 mil 200 ônibus.
Ainda segundo o Grande Recife, os serviços de ônibus são mais intensos em terminais integrados e linhas com maior fluxo de passageiros.
As linhas para Candeias, Jaboatão dos Guararapes e do Terminal Pelópidas Silveira, em Paulista, são as mais prejudicadas.

TELEFONE INFORMA COMO ESTÁ A SITUAÇÃO DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTES:

Para o passageiro que está em Recife e Região Metropolitana saber da situação de serviços de ônibus em sua região pode ligar para:

0 800 081 01 58. A ligação é gratuita.

Se não bastasse a falta de ônibus, os grevistas têm provocado tumultos, o que agrava ainda mais a situação do passageiro, segundo a Polícia Militar.
Terminais de ônibus, como o Terminal Igarassu, foram fechados, e ônibus tiveram os pneus esvaziados no meio de ruas e avenidas bloqueando a passagem de outros veículos.
Entre salários e benefícios, o Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários do Estado de Pernambuco reivindica reajuste de cerca de 30%.
Depois de reunião intermediada pelo Ministério Público do Trabalho, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Pernambuco ofereceu vale-refeição mensal de R$ 160,00 e reajustes em torno de 8%, o que elevaria os salários dos motoristas para R$ 1,5 mil, dos fiscais para R$ 970 e dos cobradores para R$ 690,00.
Os horários de maior número de composições em operação das linhas Centro e Sul da CBTU / Metrorec foram ampliados para atender a demanda de passageiros que ficou sem ônibus.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Greve de ônibus em Recife retira mais da metade da frota de circulação

  1. era pra parar 100%.mas,enquanto existir um Coronel chamado Eduardo Campos,junto com os Ditadores do Grande Recife(GRCT),Recife-PE,não terá greve propriamente dita.engraçado q nas demais cidades do Brasil,os onibus pararam 100% e por mais de 3 dias.essa é a realidade,aliada a uma categoria q está RACHADA!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: