GASOLINA NÃO AUMENTA: MAS GOVERNO NÃO DÁ NADA DE GRAÇA PARA NINGUÉM

ATOLEIRO

Governo não dá nada de graça para ninguém! Se você pensa que ao evitar que o aumento da gasolina nas refinarias chegasse até às bombas, para manter o caixa da Petrobrás, o Governo fez um gesto de caridade com a nação, pode estar muito enganado. Para evitar o aumento, ele cortou a Cide, o popular imposto sobre a gasolina. Até aí tudo bem, se esse corte não representasse a perda de R$ 7 bilhões em investimentos nas defeituosas estradas brasileiras. Foto: Bruna Negrisoli Pasqualoto.

Mais uma vez: Em nome da Gasolina, da Petrobrás e do Carro.
Redução da Cide para compensar ajuste no preço da gasolina vai comprometer orçamento para recuperação e modernização das estradas

ADAMO BAZANI – CBN

Vamos todos pegar nossos terços e orar:
“Transporte Nosso que não está no céu.
Santificado seja o transporte individual
Temos etanol, mas a gasolina é o nosso dia a dia.
Por causa dela, mais uma vez os investimentos em rodovias vão ser reduzidos
Por isso, não dos deixeis cair nos buracos.
Livrai-nos dessas coisas grandes e barulhentas chamadas caminhões e ônibus.
E louvemos o pré-sal, mesmo que ele ainda não nos deu autonomia.
Em nome da Gasolina, da Petrobrás e do Carro
Amém”

A oração faz parte da bíblia das políticas de investimentos em transportes no País.
Aliás, os transportes tanto de cargas como o coletivo de passageiros, têm sido um dos ralos de desperdícios e perdas que comprometem a produtividade e o tal crescimento sustentável, do qual tanto se falou na Rio +20.
Quase 40% da produção agrícola de alimentos vai para o lixo justamente na hora dos transportes. Por que os caminhões são ruins?
Não! As estradas brasileiras em péssimas condições são quase a metade da malha rodoviária do País. Os caminhões quebrar, atrasam as viagens e o alimentos chegam podres às cidades. As estradas de ferro são subaproveitadas.
As tarifas de ônibus intermunicipais e interestaduais são caras. Porque temos serviços de primeiríssimo mundo? Não! Por conta destas mesmas estradas, as empresas de ônibus gastam uma enormidade em manutenção reparadora que não seria necessária se o viário fosse ao menos digno.
Apesar de polêmica, a Cide, Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico, garante uma verba significativa para estados e Governo Federal investirem em melhorias e ampliação da malha rodoviária nacional.
Mas para segurar ao consumidor o preço da gasolina, que teve reajuste nas refinarias, o que mostra que o Brasil do Pre Sal está bem longe da autonomia em Petróleo, o Governo Federal que já tinha reduzido a Cide decidiu zerar o imposto sobre a gasolina e o diesel.
Ninguém ganha com isso. O consumidor não vai ter barateamento dos combustíveis, os transportadores continuarão quebrando seus ônibus e caminhões nos buracos e os investimentos nas estradas sofrerão grande corte: pelo menos na ordem de R$ 7 bilhões neste ano, só por causa dessa manobra do Governo para manter o caixa da Petrobrás, já que a alegação é que o preço da gasolina brasileira estava desatualizado no mercado internacional. Sem contar com a popularidade entre os milhões de eleitores que não gostariam nada de ver seus gastos maiores nas bombas, quando forem abastecer seus carros particulares
Saiba que o Governo não dá nada de graça. Se ele não aumenta custo ou dá de um lado, ele corta do outro. E ninguém aqui está defendendo imposto, mas mostrando que para privilegiar um lado, muita gente sofre.
O dono do carro nas cidades não vai sentir essa “Graça” de manobra. Mas quem precisa se deslocar de um município ao outro em estradas de terra nas zonas rurais vai continuar na incerteza de chegar ao seu destino.
Quem não está nem um pouco alegre com isso são as secretarias estaduais de transportes e departamentos de rodovias.
A Associação Nacional das Empresas de Obras Rodoviárias – Aneor calcula que em 2011, a Cide foi responsável por arrecadar R$ 8,9 bilhões. Neste ano, não deve ultrapassar de R$ 2,4 bilhões.
Ocorre que boa parte destes recursos é usada pelos governos do estados.
Vários secretários de transportes e infraestrutura disseram que vão rever seus planos de investimentos.
O Governo Federal, mais uma vez é o que menos perde.
Em tese, o Ministério dos Transportes seria o que teria a arrecadação mais atingida. Mas seu orçamento para este ano é bem menor que do ano passado. Para se ter uma ideia foram R$ 5,92 bilhões para o Dnit – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes nos 06 primeiros meses de 2011, contra R$ 3,44 bilhões no primeiro semestre deste ano. O corte já foi feito. E se precisar de dinheiro, mesmo com toda a austeridade fiscal, algupem arranja para o Ministério.
Segundo a Aneor, apenas 6 mil quilômetros dos 54 mil quilômetros de estradas federais possuem algum tipo de contrato de manutenção.
O Dnit prometeu licitar nos próximos anos contratos para 32 mil quilômetros de estradas federais, o que ainda não saiu do papel.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

6 comentários em GASOLINA NÃO AUMENTA: MAS GOVERNO NÃO DÁ NADA DE GRAÇA PARA NINGUÉM

  1. se tem aumento na gasolina,todos cairiam de pau.fica dificil governar mesmo.por um lado entendo.mas por outro,é dose!eu não gosto dessa de priorizar carro.mas,infelizmente,a cultura do Brasileiro é cruel.ama e prioriza o carro!

  2. e ainda querem(ou queriam)entregar o pré-sal a chevron.o candidato a prefeito de São Paulo,José Serra,faria isso se fosse presidente eleito!consertar o q destruiram em 35 anos é dificil!

  3. Será que iam ”entregar” a Petrobrás, ou é papo de gente que se agarrou nos cargos comissionados e não quer largar o osso ???
    Com toda certeza, o governo que está aí, e ”defende” o patrimonio nacional, defende as estatais [para empregar seus amigos, e parentes, mesmo que não entendam picirica nenhuma de nada, e deem 30% dos seus vencimentos ao partido], enfim, o governo vai esperar o ultimo voto a ser apurado, e no caso de uma grande derrota, de ser rejeitado onde tanto quer chegar, não hesitará em decretar um aumento daqueles nos combustíveis.
    O pt, nas eleições de 1992, quando era governo nas cidades onde disputou segundo mandato, com outros candidatos, pois não havia reeleição, que foi duramente criticada por eles e agora eles amam isso, eles, os petistas seguraram as tarifas dos onibus até a sua vitoria, que acabou não chegando.
    Uma pena que a Petrobrás esteja nas mãos de incompetentes, dando prejuizo… mas o povo tá nem aí mesmo, e ainda acredita nas bobagens de ”privatização”… se fosse tão ruim assim, o ”magnifico governo” que aí está teria desfeito tudo [e loteado as nova estatais com seus parentes e cupinchas]

    Só nos resta mesmo andar a pé, fazer comida com fogão de lenha …

    • esse aí não le ou leu livros.é”informado”pela imprensa q temos!recomendo q voce leia”o Brasil Privatizado”.ali vai clarear sua cabeça,como fez com a minha!

      • bill santana // 30 de junho de 2012 às 17:39 //

        Faz me rir, amigo … rir muito …
        Esse livro, ”O Brasil Privatizado” foi editado pela ”Editora Fundação Perseu Abramo”, editora esta ligada ao PT…
        Confio em uma imprensa que não tenha rabo preso com certos partidos politicos que pregavam tanto contra a privatização, e hoje privatizam, e que ainda mentem para as pessoas…

        Este governo aí faz a mesma coisa que os antecessores, a diferença é que o povo aceita calado, com medo de perder as regalias, as ”bolsas”’ …

        Leonardo, tente me provar o contrário…
        http://pt.wikipedia.org/wiki/Funda%C3%A7%C3%A3o_Perseu_Abramo

        Abraços, de quem não se deixa manipular por governos corruptos…

  4. Sérgio - Santo André // 29 de junho de 2012 às 19:21 // Responder

    Pois é Adamo, perda de 7 bilhões….Mas como alguém perde aquilo que já não tem ???? Alguém conhece algum investimento em estradas que vá receber ou já recebeu essa dinheirama ???? Se até agora as estradas estão um lixo, não vai ser por falta desse dinheiro que elas vão piorar, por que não tem como piorar. Acho que o prejuízo será dos corruptos que deixarão de passar a mão nessa grana, pelo menos enquanto não for destinados a outras atividades, mas isso não é problema para os abutres, não é mesmo ????

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: