Fórum em São Caetano do Sul vai discutir como tornar as cidades amigáveis

onibus carro bicileta

É nítido que o espaço urbano tem sido mal usado e fica cada vez mais escasso, o que provoca uma verdadeira disputa nas ruas e avenidas das cidades, marcada por estresse, intolerância e violência, isso sem contar com a poluição e as doenças associadas. O incentivo aos transportes públicos e ao uso das bicicletas é a solução mais viável para que as cidades venham a servir pessoas e não automóveis, sem que haja desperdício de área pública. Fórum em São Caetano do Sul vai discutir as melhores formas de aproveitar de maneira consciente o espaço urbano com deslocamentos eficientes e maior qualidade de vida. Foto: Reprodução.

Fórum Cidades Amigáveis discute como usar melhor o espaço urbano
Evento é uma iniciativa da Prefeitura de São Caetano do Sul e ANTP e vai elaborar documento com dez soluções que vão basear estudos e ações para melhorar vida nas cidades

ADAMO BAZANI – CBN

As cidades têm oferecido realmente o que as pessoas precisam?
As vias públicas têm sido locais de convivência e palco para a vida com cidadania ou apenas corredores de passagem de pessoas com pressa e muitas vezes marcadas pelo individualismo que as faz não conseguir enxergar que os outros possuem também suas necessidades e direitos?
Essas e outras questões como melhor usar o espaço público, dando preferência ao ser humano e vez de máquinas, ao transporte coletivo que polui menos e usa melhor o espaço urbano e o incentivo dos deslocamentos a pé e por bicicletas são alguns dos temas que vão ser debatidos no I Encontro Cidades Amigáveis, evento feito em parceria entre a ANTP – Associação Nacional dos Transportes Públicos e a Prefeitura de São Caetano do Sul, no ABC Paulista.
O Fórum ocorre neste sábado e domingo, nos dias 16 e 17 de junho, no Campus II da Universidade Municipal de São Caetano do Sul, que fica na Rua Santo Antônio, número 50, perto do Terminal de Ônibus de São Caetano.
O primeiro dia trará gestores públicos, profissionais, especialistas e acadêmicos que vão expor diversos pontos de vista, soluções e experiências concretas que deram certo em suas regiões e que podem ser adaptadas para qualquer cidade. As apresentações têm início às nove horas da manhã.
Os debates serão os seguintes:

Cidade Amigável é Cidade Segura

Iliomar Darronqui
Secretário de Mobilidade de São Caetano do Sul

Altamirando Fernandes
Secretaria Municipal de Meio Ambiente/RJ

Segurança viária e externalidades no transporte público

Thiago Benicchio
Associação Ciclocidades

Eduardo Vasconcelos
Consultor da ANTP

Philip Antony Gold
Ombudsman CET/SP

Renato Boareto
IEMA-Instituto de Energia e Meio Ambiente

Tráfego compartilhado em áreas urbanas: boas práticas brasileiras

Reginaldo Paiva
Presidente da Comissão Técnica de Bicicletas da ANTP

Rogério Crantschaninov
Presidente da CET de Santos

Nilton Pereira de Andrade
Superintendência Transporte e Trânsito de João Pessoa

Renato Gianolla
Presidente da URBES – Sorocaba/SP

Saúde e Segurança de Ciclistas e Pedestres

Ailton Brasiliense Pires
Presidente da ANTP

Carmem Vinagre
Hospital das Clinicas de São Paulo

Professora Rosa Vieira
Univ. São Caetano do Sul

Américo Tomás da Costa
Prefeitura de São Caetano

Nazareno S. Affonso
MDT e ANTP/Brasília

Já no dia 17, as atividades serão diferentes e vão envolver ações práticas de conscientização como exposições, passeio ciclístico, oficinas com crianças e plantio de árvores, com início às 9 horas da manhã.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (11) 3371 – 2299.

Com o crescimento populacional e principalmente da frota de veículos que supera o ritmo da expansão da população, o espaço urbano tem se tornado cada vez mais disputado, raro e caro.
Em muitas casos, por conta dessa disputa pelo espaço, não são raras cenas de violência como brigas de trânsito e discussões até mesmo nas estreitas calçadas, que se torna cada vez menores.
Eventos que discutem alternativas para a solução deste que é um dos principais problemas em todo o País, que há muito tempo se tornou majoritariamente urbano, com tendência a se urbanizar ainda mais, são essenciais para que a vida nas cidades não se torne inviável.
Ao final dos trabalhos será elaborada uma carta com dez propostas. O documento será usado para basear estudos e ações de mobilidade.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Fórum em São Caetano do Sul vai discutir como tornar as cidades amigáveis

  1. Gostaria de entender como usam o termo “Cidades Amigáveis” para uma cidade onde é proibido deixar a bicicleta no terminal da cidade????

  2. Gostaria de entender como usam o termo “cidades amigáveis” para uma cidade onde é proibido deixar a bicicleta no terminal da cidade??

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: