Embu-Guaçu com paralisação. Greve em Piracicaba e fim dos protestos em outras cidades

Embu

Ônibus da Viação Cidade Verde, empresa que foi fechada na segunda-feira. Motoristas e cobradores da companhia, que teve as linhas assumidas pelo Consórcio Intervias, paralisaram as atividades protestando por direitos trabalhistas. Em Piracicaba, frota mínima de veículos é cumprida mesmo com a greve. Paralisação acabou em Itu e Ponta Grossa.

Motoristas de ônibus em Embu-Guaçu param as atividades
Funcionários são da Viação Cidade Verde que foi fechada. Eles reivindicam direitos trabalhistas

ADAMO BAZANI – CBN

Seis mil passageiros de Embu-Guaçu e região foram prejudicados na manhã desta quarta-feira por conta de um protesto de motoristas e cobradores de ônibus que bloquearam a saída dos veículos da antiga garagem da Viação Cidade Verde.
A empresa foi fechada no último dia 4 de junho e os serviços assumidos pelo Consórcio Intervias, formado pelas empresas Miracatiba, Pirajussara e Raposo Tavares.
Os funcionários reivindicam direitos trabalhistas.
A garagem possui 09 linhas, que ligam Embu-Guaçu à zona Sul da Capital Paulista. Algumas delas já estão retornando gradualmente. Os trajetos mais afetados são:
Embu Guaçu (Vila Louro)/Santo Amaro, Embu Guaçu (Cipo)/Terminal Grajaú, Embu Guaçu (Chácara Flora)/Terminal Grajaú, Embu Guaçu I(Chácara Flórida)/Metrô Capão Redondo, Embu Guaçu (Vila Louro)/Metrô Capão Redondo e Embu Guaçu (Jardim Campestre)/Grajaú.

GREVE EM PIRACICABA CONTINUA:

A greve de ônibus em Piracicaba, no Interior Paulista, entra no segundo dia.
No entanto, o número de veículos em serviço já é maior que ontem.
De acordo com o sindicato dos rodoviários, está sendo cumprida a determinação da Justiça que estipula frota mínima de 70% dos ônibus em horários de pico e 50% nos demais horários.
A categoria reivindica 10% de aumento salarial, mas as empresas oferecem entre 7,5% e 8%.
Nova reunião de conciliação nesta quarta-feira tenta dar fim à paralisação

GREVE DE ÔNIBUS EM PONTA GROSSA CHEGA AO FIM:

Motoristas e cobradores de ônibus de Ponta Grossa, no Paraná, decidiram na manhã desta quarta-feira terminar a greve que ocorria desde o dia 30 de maio.
A categoria que pedia reajuste salarial de 13% e vale-alimentação no valor de R$ 250, aceitou a proposta da VCG – Viação Campos Gerais, empresa operadora da cidade, de 8% de aumento salarial e R$ 120 de vale.

EM ITU, OPERAÇÃO DE ÔNIBUS É NORMAL:

Os motoristas e cobradores de ônibus que estavam em greve em Itu, interior de São Paulo, operam normalmente nesta quarta-feira.
O Sindicato aceitou a proposta as empresas de ônibus que servem a cidade e os trabalhadores terão aumento salarial de 8% mais benefícios.
Adamo Bazani, jornalista da Radio CBN, especializado em transportes

12 comentários em Embu-Guaçu com paralisação. Greve em Piracicaba e fim dos protestos em outras cidades

  1. Quem diria,essa empresa um dia se chamou viação 7 de setembro,quando a mesma era localizada na capital paulista,depois ela foi transferida pra Embu-Guaçu com o nome de Indepedência tranporte coletivo.alguns bela vista com cor amarela sustentaram o antigo nome 7 de setembro fazendo linhas municipais na cidade com as cores de saia vermelha e blusa amarela enquanto os da indenpendência tinam as cores saia azul e blusa beje fazendo as linhas intermunicipais de Cipó x Santo Amaro e Embu-Guaçu x Brooklin,com alguns bela vistas gabrielas,amélias e condor,as municipais com o nome 7 de setembro deixaram de existir até 1985 dando totalidade a independência trans.iniciando a antiga linha Embu-Guaçu-Flórida x Metrô Santa Cruz,com amélias compridos e 2 anos depois com monoblocos MB O365,na época essa empresa tinha uma frota bem conservada,mas depois de uns 10 anos pra cá a empresa começou a piorar a qualidade no transporte,com demora de horários,má conservação da frota,pagando mau os funcionários,e os novos que entravam ou demoravam pra serem registrados ou simplesmente eram mandado embora por justa causa sem saber o por quê,é triste ver uma empresa que fez parte da minha infância,adolecência e do cotidiano atual estar na situação que está,e é mais triste ainda ver muitos pais de família serem prejudicados num momento tão decadente como esse!!!

  2. Isso está um desrespeito total com nós trabalhadores que dependemos desse transporte. Não sabemos ao certo o que acontece que ninguém toma providencia referente ao nosso transporte. E ficamos reféns dessa empresa de onibus. Entra prefeito e sai prefeito e nenhum, consegue resolver isso. Fica só nas promessas. Estamos cansados de tanto descaso. Pagamos impostos, cumprimos com nosso deveres como cidadãos. Precisamos trabalhar fora do municipio, e o mínimo que deveria ser feito é isso ter ONIBUS para trabalharmos.

  3. A nota q fala q a greve é por causa do pagamento dos direitos trabalhista é falsa, a real causa é q o prefeito Clodoaldo, jutamente com Sindicato da viação Cidade Verde, não querem q a empresa intervias permeneça fucionando no municipio Embu Guaçu, onde mais 100 cidadãos irão ficar desempregados por causa dessas pessoas……….. porque pessoa q postou essa nota não verifica direito a real causa da greve para poder postar a verdadeira historia………..

  4. Não importa de quem é a culpa ou não, mais a população não é obrigada a passar por esta humilhação…Embu- Guaçu tem tudo para ser uma Cidade Modelo,mais…….

  5. Intervias não é empresa,Intervias é o nome do consórcio que uniu as empresas viação Cidade Verde,Miracatiba,Raposo Tavares,Veneza Transportes(já extinta) e viação Pirajuçara que abrange as cidades de Itapecerica da Serra,Taboão,Embú das artes,Embu-Guaçu,Cotia,São Lourenço e Juquitiba.

  6. concordo plenamente com a viviane, isso é coisa de politicos que antes mesmo de serem eleito ja fazem acordos financeiros para deixarem essa empresa de continuar atuando na nossa cidade, já faz muito tempo que a atual cidade verde ( antiga idependencia jaz brinca com nossa paciencia com seu descazo com a população que necessita de transporte coletivo para ir e vir, quer seja do trabalho, compras ou escola nas cidades vizinha
    fica ai um alerta, para Embu Guaçu mais perfeita precisamos de um tranporte coletivo que funcione, pois já que somos cidade dormitório tremos o direito de ir e vir com dignidade

  7. graças ao prefeito clodoaldo 300 pessoas de sempregados porisso o motivo da greve
    da cidade verde do embu guaçu só estão pedindo seus empregos de volta.

  8. pesquise na associação comercial de são paulo quem é um dos sócios dessa “CIDADE VERDE”
    que vcs vão começar a entender essa jogada politica

  9. Gostaria de saber porque o ultimo onibus que sai do terminal capao redondo sai as 00:05hs, sendo que, o ultimo metro chega na estacao 00:20hs. Os onibus nao deveriam esperar o ultimo chegar para partir??

  10. Embu Guaçu tem o seu valores só que não ah gente competente para governar…Nos não merece a falta de responsabilidade de quem cuida da nossa cidade.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: