Greve de ônibus em Osasco e em Salvador: Justiça desrespeitada

osasco

Ônibus em Osasco e região estão com parte dos serviços suspensos por causa da greve de motoristas e cobradores que paralisa diversas empresas na região. Em Salvador, greve entre no segundo dia e a exemplo de Osasco, frota determinada pela Justiça não é cumprida.

Greve de ônibus em Osasco e região prejudica mais de 1 milhão de passageiros
Salvador amanhece o segundo dia também sem ônibus
ADAMO BAZANI – CBN

Mal se recuperou de uma greve de metrô e parte das linhas de tens, o cidadão que depende de transportes coletivos na Grande São Paulo já tem de aturar outra paralisação.
Desta vez a greve de ônibus é em Osasco e sete municípios vizinhos, como Carapicuíba, Embu das Artes, Jandira, Itapevi, Taboão e Cotia.
A greve também prejudica linhas que vão para a Capital Paulista e servem regiões como Butantã e Pinheiros, na zona Oeste.
Os cerca de 8 mil motoristas e cobradores, ao paralisarem, prejudicam o cotidiano de pelo menos 1,3 milhão de pessoas que dependem de seus serviços.
A greve envolve a Viação Osasco (tanto a sede em Osasco e a filial em Carapicuíba) e Viação Raposo Tavares, com sede em Cotia, na região.
A Viação Urubupungá, Viação Pirajuçara e Benfica Transportadora têm frota de cerca de 50% em operação.
A Justiça ontem determinou 80% dos ônibus em operação durante a greve, sendo que nos horários de pico, a frota deve aumentar 100%.
O sindicato que representa a categoria reivindica 15% de aumento salarial, vale refeição de R$ 18,00 e PLR – Participação nos Lucros e Resultados de pelo menos R$ 1.200.
Os motoristas também reclamam de uma hora de almoço. Antes eram 25 minutos remunerados, mas agora o Ministério do Trabalho determina uma hora. Os sindicalistas, no entanto, dizem que a diferença entre uma hora e 25 minutos não tem sido remunerada.
As empresas de ônibus oferecem 7% de aumento salarial, aumento no vale-refeição de R$ 13,00 para R$ 14,00 e participação nos lucros de R$ 550,00.

GREVE EM SALVADOR:

Quem precisa de transporte coletivo em Salvador e região metropolitana, na Bahia, enfrenta o segundo dia de greve de ônibus.
São cerca de 1,2 milhão de pessoas sem transportes.
A Justiça na terça-feira determinou frota mínima de 40%, com elevação para 60% nos horários de pico, mas novamente, pelo segundo dia, os grevistas descumprem a determinação judicial.
São 18 mil rodoviários na Bahia que pedem 13,8% de aumento salarial, volta do pagamento de salário de 15 em 15 dias, 30 folhas de vale-alimentação no valor de R$ 12,00 (atualmente é de R$ 10,70), com desconto de 20% nos salários.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

7 comentários em Greve de ônibus em Osasco e em Salvador: Justiça desrespeitada

  1. Não tiro a razão deles estarem fazendo a greve,e um direito deles qrer o melhor pois almoçar apenas 25min pelo q eles enfrentam no dia e mais q sacanagem…o q não apoio e q aumentem ainda mais a passagem dos ônibus em osasco e região o valor e o maior em todo Brasil..ja pagamos taxa demais,e pagamos imposto em tudo e o meio d transporte e escasso..moro em osasco e pegar um onibus hoje prã chegar em casa TA difícil um horror!!

    • Isabela Santos da Silva // 24 de maio de 2012 às 22:56 // Responder

      Isso é vdd é um trabalho escravo.

    • OLa Rose muito obrigado pelo apoio a nossa luta, trabalho na Viação Osasco ha 3 anos e meio, e nesse tempo todo não só eu mas como todos os conpanheiros vemos o desrepeito com nos trabalhadores, os diretores da empresa e chefes não sabem respeitar os operadores e querem ter abuso de poder.
      Pena que a categoria e muito desunida e nao sabe lutar pelos nossos direitos, os companheiros da Viação Urubupunga nao aderirao a greve um direito deles mas acho que eles tambem deviam ajudar nessa luta porque eles tambem teriam melhores beneficios.

  2. Não tiro tbm a razão deles, Acho que eles tem que lutar mesmo por isso! Aliás vivemos em um país de democracia então, E quando as passagens de ônibus que tem aumentos absurdos durante o ano todo? disso ninguém fala, mais pagarem um salário digno pra essas pessoas que trabalham todos os dias morrendo de sono, Eu pego um ônibus que custa 3,90 não acho justo essas pessoas receberam a micharia que é o salário deles! Mais com certeza pra aumentar o salário deles eles vão invetar de aumentar as tarifas também! nisso eu aposto!
    sem contar com as super lotações de pessoas! isso não tem cabimento!

    é um Caos total

  3. e considerada a mao de obra mais barata pois eles recebem milhoes por dia para pagar um valor bem baixo aos operadores mensalmente uma vergonha.

  4. Desrespeitados tem sido os trabalhadores e a população por pagarem impostos, pagarem suas contas, ganharem baixos salários e não terem direito a transporte de qualidade. Greve sim!

  5. eu acho que eles estão certo de ta em greve pois tem cobrador e motorista que trabalham a semana inteira e não tem um dia para descança eles só tem 25 minutos de almoço que pouca vergonha é essa e tem alguns que ganhão salario minimo e as vezes nem ver as familias direito!!! isso é um abircudo

    asss:apoio

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: