TERMINA GREVE DO METRÔ EM SÃO PAULO

fim greve do metrô em São Paulo

Metrô de São Paulo. Após proposta apresentada no TRT – Tribunal Regional do Trabalho, de aumento de 6,17%, em um acordo entre Sindicato dos Metroviários e o Metrô de São Paulo, foi realizada uma assembléia da categoria. Os metroviários aceitaram o índice e terminaram a greve que prejudicou mais de 4 milhões de pessoas. Foto: Divulgação.

Termina greve dos metroviários de São Paulo
Decisão foi tomada há pouco em assembléia da categoria
ADAMO BAZANI – CBN

A greve no Metrô em São Paulo chega ao fim.
Terminou há pouco a assembléia da categoria na sede do sindicato, na zona Leste de Capital Paulista.
Os trabalhadores aceitaram a proposta de reajuste salarial de 6,17% (IPC da Fipe 4,15% e real de 2,02%) que surgiu após reunião de conciliação entre o sindicatos dos metroviários e a Companhia do Metropolitano, que ocorreu no início da tarde desta quarta-feira, no TRT – Tribunal Regional do Trabalho, da Segunda Região, mediada pela desembargadora Anélia Li Chum. O vale refeição subiu para R$ 23,00. O vale alimentação foi para R$ 218,00. O adicional do risco de vida foi para 15% dos salários, como o da CPTM.
Vários pontos da pauta de reivindicação dos metroviários, como jornada de trabalho, ficaram pendentes e ainda serão discutidos entre companhia trabalhadores.
O metrô não vai descontar as horas paradas de hoje.
Os serviços de metrô vão se normalizar aos poucos.
O índice é bem menor do que a categoria reivindicava anteriormente, que era de 5,37% de reajuste para repor o acumulado da inflação mais 14,99% de ganhos reais nos salários. No entanto, a proposta foi maior que os 4,15% de aumento salarial mais 0,5% de ganhos reais, que foi, de início, apresentada pelo Metrô.
A greve prejudicou pelo menos 4 milhões de pessoas nesta quarta-feira.
Os metroviários não seguiram a determinação da Justiça de operarem com 100% no horário de pico e 85% nas demais horas do dia.
O Ministério Público de São Paulo abriu um inquérito para apurar os motivos pelos quais as determinações da Justiça não foram cumpridas. O órgão acredita que foram violados vários pontos do Programa Nacional de Mobilidade Urbana.
A promotoria quer saber quais as responsabilidades do Sindicato dos Metroviários pelo fato de a categoria não obedecer a Justiça.
As discussões sobre a greve foram marcadas por discursos políticos entre PT e PSDB, apesar de o assunto se tratar de serviços essenciais para a população.
O sindicato nega a politização, mas na assembléia, o discurso foi no sentido de a greve ter sido uma resposta política ao Governador Alckmin.
Várias estações ficaram fechadas e a única linha que teve funcionamento normal foi a Linha 4 Amarela (Luz – Butantã), cujos trabalhadores são da iniciativa privada.
O trânsito em São Paulo registrou recorde histórico de congestionamento no período da manhã: foram 249 quilômetros de trânsito parado por volta das dez horas da manhã, de acordo com a CET – Companhia de Engenharia de Tráfego.
Em alguns pontos da cidade, houve tumultos. O mais grave deles foi na Radial Leste. Revoltados, passageiros interditaram a via nas imediações da estação Itaquera, e esvaziaram os pneus de ônibus que os atendiam.
A Tropa de Choque desobstruiu a via. Houve princípio de confronto.

AUMENTO DE PASSAGENS:

O Governador Geraldo Alckmin declarou nesta quarta-feira que o aumento salarial dos metroviários pode acarretar em reajuste tarifário para o cidadão.
A possibilidade será estudada pelo Governo do Estado de São Paulo.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

3 comentários em TERMINA GREVE DO METRÔ EM SÃO PAULO

  1. Claro, como sempre sobra para nós, cidadões. Nos prejudicaram 2 x: I)sem ter transporte para o trabalho, e II) por repassarem para o valor das passagens o aumento da remuneração dos metroviários! A passagem acabou de subir para R$3,00 e querem subir ainda mais??? É uma vergonha!!! Pagamos tantos impostos para qual razão? Trabalhos 5 meses só para dar dinheiro para o governo pra que??

  2. Isso ja era de esperar de uma administração incompetente como a desse senhor que infelizmente e nosso governador,toda porcaria que eles não resolver é so aumentar os impostos, tarifas, o brasileiro ganha bem mesmo,esse mesmo senhor que acabar com a integração tarifaria dos terminais da Emtu que ja existe a anos,porque foram tao imcompetentes e vagabundos que desviaram o dinheiro das obras de eletrificação do corredor por 20 anos e agora quer que a população pague por este custo . Pense bem meus amigos esse ano tem eleição ,se não tiver ninguem que preste para votar,anule seu voto pois garanto quando vc ver esse tipo de materia vc não vai ficar revoltado por ter ajudado colocar um mercenario desses no comando.

  3. Cidadaos nao cidadoes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: