CPTM e ferroviários realizam reunião no TRT às 17 horas

CPTM

Trem da CPTM. Sindicato de Trabalhadores e CPTM participam de audiência de conciliação no TRT para tentar acabar com paralisação das linhas 11 e 12.

CPTM e trabalhadores vão realizar audiência de conciliação no TRT
Paralisação das linhas 11 e 12 atinge pelo menos 850 mil pessoas. Linha 10 foi prolongada até a Luz
ADAMO BAZANI – CBN
Logo mais por volta das cinco horas da tarde será realizada uma reunião de conciliação no TRT – Tribunal Regional do Trabalho entre a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM e os trabalhadores representados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil.
Eles atuam nas linhas 11 Coral (Luz – Estudantes) e 12 Safira (Brás – Calmon Viana), que estão paradas.
Pelo fato de a CPTM, criada em 1992, assumir linhas que historicamente eram de sistemas diferentes, são três sindicatos que representam a categoria.
Os ferroviários pedem 10,83% de reajustes, sendo 5,83% de reposição inflacionária e 5% de aumento real.
Para minimizar os impactos da greve, ônibus urbanos municipais operam em trajetos semelhantes aos das linhas de trem.
Entre Guainazes e o Brás, os ônibus atendem aos passageiros da linha 11. Já entre o Itaim Paulista e o Brás, os ônibus servem quem precisa da linha 12 da CPTM.
Além disso, a linha 10 Turquesa, que opera sem restrições e que normalmente segue até o Brás, foi estendida até a Estação da Luz.

METRÔ:

Logo mais os metroviários, que também estão em greve, vão decidir em assembléia, se aceitam ou não a proposta de 6,17% de reajuste total salarial, apresentada em reunião no Tribunal Regional do Trabalho no início da tarde de hoje.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: