Delta abandona obras do BRT Transcarioca

Delta construttora

Construtora Delta, citada nas denúncias de corrupção envolvendo o bicheiro Carlinhos Cachoeira, anunciou na tarde desta quinta-feira, que deixará as obras do corredor BRT Transcarioca. Prefeitura do Rio de Janeiro nega que abandono atrase a entrega do corredor.

Delta abandona obras do BRT Transcarioca
Ainda não se sabe se a saída da empresa, envolvida no escândalo de Carlinhos Cachoeira, pode atrasar as obras no corredor de ônibus
ADAMO BAZANI – CBN
A construtora Delta, citada no escândalo de corrupção envolvendo o bicheiro Carlos Augusto Ramos, Carlinhos Cachoeira, e políticos da base aliada do Governo Federal e da oposição, anunciou na tarde desta quinta-feira, dia 26 de abril de 2012, que abandonou as obras do BRT – corredor de ônibus moderno e rápido, Transcarioca, no Rio de Janeiro.
A empresa formava consórcio com outra construtora, a Andrade Gutierrez, para fazer o trecho entre a Barra da Tijuca à Penha, na zona Norte do Rio de Janeiro.
A Andrade Gutierrez continua nas obras.
A Delta, alegando também falta de recursos por conta do prejuízo que sua imagem teve após a deflagração das denúncias contra Cachoeira e o senador Demóstenes Torres, já tinha deixado as obras do Maracanã.
Apesar de não haver uma certeza, a Prefeitura não admitiu que as obras atrasem.
O corredor Transcarioca deve ligar o Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim à Barra da Tijuca. Ele deve custar R$ 1,3 bilhão, sendo que R$ 1,1 bilhão será financiado pelo BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, em um contrato com carência de 3 anos. Os outros R$ 200 milhões serão a contrapartida da Prefeitura.
A obra será dividida em duas fases: a primeira é entre a Barra da Tijuca e a Penha, que tema a participação da Delta, e depois entre Penha e Aeroporto. O corredor completo vai demorar três anos para ficar pronto.
O trecho entre Barra e Penha vai ter 28 quilômetros de extensão. As obras começam em maio.
Já a obra entre a Penha e o Aeroporto, com 11 quilômetros de extensão, deve ser licitada em 08 de fevereiro.
O BRT Transcarioca é uma das obras para prepara o Rio de Janeiro para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 e melhora a mobilidade para o cidadão, de acordo com a Prefeitura.
Serão 45 estações modernas de embarque e desembarque, com acessibilidade, três terminais de integração, nove pontes, dez viadutos, dois mergulhões, duplicação de pistas e melhorias urbanísticas.
De acordo com a prefeitura, o BRT vai revitalizar parte do subúrbio do Rio de Janeiro.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: