Segunda fase de Transcarioca é marcada de otimismo para BRT no Rio

BRT

Ônibus para sistema BRT – Bus Rapid Transit. Foram iniciadas as obras da segunda fase d o corredor Transcarioca, que vai ligar o Aeroporto Tom Jobim até à Barra da Tijuca. Tempo de viagem em um dos trechos, pela exclusividade aos ônibus vai cair de 3 horas para 50 minutos. (Foto Ilustrativa).

Obras do Transcarioca entram na segunda fase
O tempo de percurso que hoje é de 3 horas será reduzido para 50 minutos em um dos trechos

ADAMO BAZANI – CBN

Foram iniciadas neste domingo, dia 25 de março de 2012, as obras da segunda fase do corredor de ônibus exclusivo BRT (Bus Rapid Transit) Transcarioca, que vai ligar o Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim até a Barra da Tijuca, na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio de Janeiro.
Esta segunda etapa compreende o trecho entre a Penha e a Ilha do Governador. Uma das maiores intervenções previstas é a construção de uma ponte estaiada ligando o chamado Fundão à Estrada do Galeão, sobre a Baía de Guanabara.
O primeiro lote está em andamento desde maio de 2011 e compreende o trajeto entre a Barra da Tijuca e a Penha.
A obra total deve ser concluída em dezembro de 2013, de acordo com promessa da Prefeitura do Rio de Janeiro.
Segundo o prefeito Eduardo Paes, o corredor exclusivo para ônibus vai reduzir o tempo de descolamento das pessoas, o que pode refletir em qualidade de vida. Paes deu como exemplo o trajeto entre a Ilha do Governador e Santa Cruz. Hoje o itinerário demora três horas para ser cumprido no trânsito. Com o corredor de ônibus, poderá ser feito em 50 minutos.
Ao todo, o Transcarioca deve reduzir pela metade o tempo de viagem. Sua extensão total será de 39 quilômetros por onde estarão distribuídas 45 estações. Cada estação vai agregar, de acordo com projeto da prefeitura, itens de conforto e acessibilidade, como possibilidade de embarque com plataformas no mesmo nível do assoalho do ônibus, pisos táteis para portadores de limitações visuais, pré-embarque, que é o pagamento antes de entrar no ônibus o que reduz o tempo de parada, proteção total de intempéries e telões que informam linhas, horários e previsão de quando o ônibus deve chegar à estação.
São algumas das vantagens do BRT que também contribuem com o meio ambiente, já que os veículos podem substituir uma quantidade maior de ônibus sem prejuízo à oferta de transportes e também tornam os transportes coletivos interessantes para que as pessoas deixem o carro em casa. Em corredores, os ônibus operam com mais eficiência no motor, sem o para e anda dos congestionamentos, o que resulta também menos poluição.
O Transcarioca vai contar também com três terminais de integração, 10 viadutos, três mergulhões e nove pontes, sendo duas delas estaiadas.
A capacidade de atendimento deve ser de 400 mil passageiros por dia.
O Rio de Janeiro aposta no sistema de ônibus modernos para sua mobilidade, tanto com o objetivo de preparar a cidade para a Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016, como para melhorar os serviços para os cidadãos. Além do Transcarioca, serão feitos os seguintes sistemas de BRT:
– Transoeste: vai ligar Barra da Tijuca a Santa Cruz e Campo Grande
– Transolímpica: vai ligar Barra da Tijuca a Deodoro.
– Transbrasil: é projetado para percorrer a Avenida Brasil, ligando Deodoro ao Aeroporto Santos Dumont .
Além dos BRTs, o Rio de Janeiro investe em sistemas de BRS – Bus Rapide Service, que não chegam a ser corredores exclusivos mas não deixam os ônibus em vias comuns. Trata-se de método de faixas preferenciais para os ônibus. Não há separação na via, mas veículos comuns, a não ser para conversões, não podem entrar no espaço, o que nem sempre impede a falta de educação dos motoristas de carro que invadem as faixas dos ônibus.
Apesar de não serem um sistema totalmente segregado do trânsito comum, as faixas de ônibus BRS oferecem um ganho de tempo na viagem de transporte público, mesmo sendo menor que nos BRTs.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

11 comentários em Segunda fase de Transcarioca é marcada de otimismo para BRT no Rio

  1. Salve Adamo, tudo bom?
    A matéria como sempre magnífica.

    Agora só um detalhe; faça duas correções:

    No primeiro parágrafo:

    “Foram iniciadas neste domingo, dia 25 de março de 2012, as obras da segunda fase do corredor de ônibus exclusivo BRT (Bus Rapid Transit) Transcarioca, que vai ligar o Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim até a Barra da Tijuca, na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio de Janeiro.”

    O aeroporto que fica na Ilha, na zona norte, a Barra da Tijuca é zona oeste.

    E no parágrafo seguinte:

    “Esta segunda etapa compreende o trecho entre a Penha e a Ilha do Governador. Uma das maiores intervenções previstas é a construção de uma ponte estaiada ligando o chamado Fundão à Estrada do Galeão, sobre a Baía de Guanabara.”

    O Fundão que o Transcarioca passará, na verdade é a Ilha do Fundão, que é a Cidade Universitária da UFRJ.

    Novamente, parabéns pela matéria.

  2. Quero sabe é sobre as desapropiações, na região da rua candido de beníicio, que estão dando o valor de favela para os moradores da região.

  3. OLA ADAMO; POR FAVOR PODE ME MANDAR O NOVO TRECHO DO BRT NA ZONA NORTE? ANTES SERIA PELA RUA ENGENHO DA PEDRA, DEPOIS PELA RUA URANOS, AGORA PARECE QUE NOVAMENTE PELA ENGENHO DA PEDRA (O QUE FAZ MAIS SENTIDO, LOGICO). MAS COMO NÃO SEI MAIS O QUE VAI SER E A PREFEITURA NÃO INFORMA MUITO BEM, GOSTARIA DA SUA AJUDA. UM ABRAÇO E OBRIGADO. LUIZ

  4. Tenho uma loja na Rua Raul Brunini – Av. Brigadeiro Trompowiski (Altura da descida do viaduto da Ilha do Gov.) entra dez metros da avenida Brasil para a Comunidade Parque União, e estou interessada em saber se vai ser desapropriada os imoveis daquele local?
    Estou vendendo o imovel e não quero deixar o novo proprietário com problemas!
    Carla Dias

  5. Olá Adamo, moro no tanque em jacarepagua e, não consigo encontrar nada a respeito de como ficará o largo do tanque por conta da transcarioca, seria possivel me ajudar e descrever o que será desapropriado, o que vai ser construido ou como ficará a transcarioca neste trecho? Obrigado!

  6. Leonardo P. Rodrigues // 29 de outubro de 2012 às 23:32 // Responder

    Adamo, não aparece nada a respeito de como ficará o bairro onde moro com as obras da transcarioca do qual fica entre a Taquara e o Largo do Tanque!!!

    • Pois é amigo, eu não vejo nenhuma informação em jornais locais e nem a Prefeitura e nem outro órgão público informam diretamente

      • Leonardo P. Rodrigues // 6 de novembro de 2012 às 09:30 //

        Se a prefeitura não dá informação começo a achar que o Eduardo Paes só anunciou para novamente, ser reeleito já que, a primeira eleição dele, foi em cima daquilo que o governo Lula conseguiu para o Rio ou seja; As Olimpíadas! O povo reelegeu o mesmo, por conta desta transcarioca como se fosse ele, o idealizador!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: