Kassab atribui atraso nos transportes a “lobby das indústrias de ônibus”

Kassab

Gilberto Kassab, em palestra na FAAP na noite desta terça-feira, tentou justificar atraso nos transportes na cidade citando um suposto lobby da indústria de ônibus contra o metrô.

Gilberto Kassab atribui atraso nos transportes de São Paulo a suposto lobby das indústrias de ônibus
Declaração foi feita em palestra na FAAP com tom de despedida

ADAMO BAZANI – CBN

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, fez uma espécie de balanço de seu mandato em palestra na FAAP – Faculdade Armando Álvares Penteado, na noite desta terça-feira, 20 de março de 2012.
Ele tentou minimizar os altos índices de reprovação, como o revelado por pesquisa do Datafolha que mostra que 37% dos entrevistados consideram regular a administração de Kassab e 36% consideram ruim ou péssima. Somente 26% aprovam Kassab.
O prefeito que prometeu 66 quilômetros de corredores de ônibus, mas não entregou nenhum deles, teve reprovação em diversas áreas como a de transportes.
Para tentar justificar os atrasos da cidade em relação ao setor, Kassab levantou uma série de explicações, entre elas que São Paulo teria sido vítima de uma suposta ação de lobby das indústrias de ônibus para que o metrô não avançasse:
“Eu sinceramente não tenho ideia por que São Paulo não tem metrô. Não vou desmerecer quem fez, mas 70 km é muito pouco. (…) Eu sinceramente nem tinha nascido (quando as obras do metrô começaram), não sei se foi lobby da indústria automobilística, lobby das indústrias de ônibus ou se foi incompetência mesmo, porque naquela época não foi feito metrô”, afirmou o prefeito, que após a palestra ressaltou que a crítica não se refere à gestão do PSDB no governo. “Pelo contrário. Estava falando de 50, 60 anos atrás”, explicou.

CONFIRA MATÉRIA NA ÍNTEGRA DO PORTAL TERRA

A poucos meses de deixar o comando da cidade de São Paulo, o prefeito Gilberto Kassab fez um balanço informal da sua gestão durante uma palestra realizada nesta terça-feira na Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP). No seu discurso, ele admitiu que a capital paulista ainda tem “muitos desafios” na área de infraestrutura. Em tom de despedida, ele minimizou a avaliação ruim que recebeu nas últimas pesquisas sobre a sua gestão, e concluiu que deixa a administração municipal com um “legado positivo”.
“Eu fui reeleito prefeito de São Paulo, o primeiro prefeito a ser reeleito. (…) As pesquisas diárias que nós fazíamos naquele tempo (nas eleições de 2008) indicavam que o carro chefe da nossa boa avaliação eram os investimentos em educação. (…) As pesquisas nos jornais são diferentes da avaliação de governo que o eleitor faz quando ele vota e agora. Se você fizer hoje uma avaliação e perguntar para um cidadão que acabou de pisar num buraco na rua o que ele acha da administração, ele vai falar ‘ruim’. Mas na campanha ele é levado a refletir, se melhorou ou não”, avaliou.
Uma pesquisa do Datafolha realizada no início de março revelou que apenas 26% aprovam a gestão atual, enquanto 37% a consideram regular e 36% a avaliam como ruim ou péssima.
Kassab falou por cerca de 25 minutos sobre os temas gestão municipal e sustentabilidade. Ao lembrar seus seis anos de gestão, ele admitiu que ainda falta avançar em diversas áreas, mas atribuiu a demora para avançar em alguns setores, como nos transportes, à falta de “planejamento a longo prazo” das gestões anteriores.
“Eu sinceramente não tenho ideia por que São Paulo não tem metrô. Não vou desmerecer quem fez, mas 70 km é muito pouco. (…) Eu sinceramente nem tinha nascido (quando as obras do metrô começaram), não sei se foi lobby da indústria automobilística, lobby das indústrias de ônibus ou se foi incompetência mesmo, porque naquela época não foi feito metrô”, afirmou o prefeito, que após a palestra ressaltou que a crítica não se refere à gestão do PSDB no governo. “Pelo contrário. Estava falando de 50, 60 anos atrás”, explicou.
Por fim, Kassab recomendou aos eleitores que, neste ano, cobrem compromissos de seus candidatos à sucessão municipal, sem citar sua preferência eleitoral. Ele ainda recomendou a fiscalização do cumprimento dessas promessas de campanha. “No mundo de hoje, é difícil assumir um compromisso e não honrá-los, porque a tecnologia deixa tudo documentado”, disse.
Ironicamente, o pré-candidato que conta com o apoio de Kassab, o ex-governador José Serra (PSDB), vem sendo cobrado justamente por um compromisso firmado em 2004, quando assinou um termo em que garantia que não deixaria a prefeitura para concorrer ao governo do Estado – o que ele acabou fazendo, em 2006. Kassab disse à imprensa após a palestra que dessa vez Serra ficará durante todo o mandato, caso seja eleito.
Texto inicial: Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes:
Texto Portal Terra: Marina Novaes

28 comentários em Kassab atribui atraso nos transportes a “lobby das indústrias de ônibus”

  1. DR PROTESTO INDIGNADO // 21 de Março de 2012 às 02:37 // Responder

    OLHA SÓ QUEM ESTÁ FALANDO DE LOBBY DA INDÚSTRIA DOS ÔNIBUS,,,,,

    ESTE KASSAB É UM HIPÓCRITA MESMO NÃO ACHAM AMIGOS?????

  2. Orra… que bela desculpa hein!!! E as linhas da leste canceladas, o irregular CONSÓRCIO LESTE 4, toda a sujeira envolvida… como fica???

  3. Este PREFEITINHO DE M…rda, NÃO FEZ 500 metros que seja, de corredor e para justificar sua INCOMPETÊNCIA AGORA ACUSA O MERCADO DE ÔNIBUS, PORQUE AS OBRAS DO METRÔ NÃO CRESCERAM…….

    O QUE O KASSAB NÃO FAZ PARA SE DESCULPAR COM NÓS PAULISTANOS???

  4. Se o Serra terminar esse mandato serei um mico de circo, eh mais uma das muitas mentiras!

  5. O Metrô na cidade de S.Paulo começou a ser construído em grande parte pela atitude do prefeito Faria Lima. Sem ele possivelmente não teríamos nem mesmo esta rede atual de Metrô.

  6. Esta postura olhar-pra-tras-pra-justificar-não-fazer é a pior possível
    .
    Se ele olhasse pra baixo e pra frente, veria:
    – O tamanho do orçamento de Sampa pra realizar obras, serviços e manutenção
    – A capacidade de trabalho da cidade
    – A gama enorme dos mais variados recursos

    Infelizmente parece nem se dar conta da extensão das necessidades. O percentual de aprovação parece até condescendente com os resultados desta Prefeitura.

  7. Eu concordo com ele, o Ruas e os outros empresários de São Paulo não iriam querer perder dinheiro!

  8. lamentavel. kassab, nao tente mudar o assunto. a pergunta foi sobre o descaso nos transportes ns sua administracao. em ums prefeituta seria o leste 4 ja seria cassado

  9. Dissimulado e manipulador, péssimo prefeito, 6 anos perdidos, se a população não mudar o foco, vamos perder mais 4 anos, vamos votar no candidato e não no partido, pelo amor de Deus.

    • Serra.vai dar a mesma continuidade do Kassab.e pelo jeito vai ser isso aí.a turma tem o voto mas,prefere fazer campanha de voto nulo,branco,ODEIA VOTAR e quando vota faz caca,tambem com uma imprensa dessa até eu fico alienado!

  10. Algumas pessoas do meu convívio dizem que eu sou muito chato em relação ao atual prefeito da cidade de São Paulo, pois bem, uma das coisas que me fazem a cada aumentar a antipatia que tenho á gestão desse senhor é essa insensatez e a cara de pau de atribuir a terceiros a sua total ineficiencia enquanto gestor público. Extremamente autoritário não tem a real noção dos problemas vividos na cidade como um todo, transformou as subprefeituras em meras zeladorias municipais, CET e SPtrans verdadeiras industrias de multas, na area dos transportes publicos simplesmente deixou ao abandono favorecendo apenas quem anda de carros entre tantas coisas. Uma coisa que poucos dizem é que esse Sr e seu irmão são especialistas na área de transporte, inclusive existe um instituto chamado IPK que pertence ao irmão dele que dá acessoria direta ás empresas de ônibus, inclusive recentemente aqui no blog foi publicada uma matéria sobre esse instituto e sua atuação na cidade de Rio Claro. Enfim em ano eleitoral vale tudo, inclusive transformar amigos em vilões, como é o caso do chamado “lobby das industrias de ônibus”, é duro viver numa cidade onde a autoridade máxima é omissa e covarde, se a popularidade dele está em baixa é porque não soube de fato governar, nesse sentido ja vai tarde. demorou como dizem alguns, esse Sr. conseguiu se igualar á Maluf e Pitta. Outra coisa é claro que ele tem que justificar a não crítica ao PSDB, afinal seu grande amigo e correligionário vai ser candato novamente, então ele tem que fazer o mea-culpa pra favorecer o amigo.

    • Bruno Quintiliano // 21 de Março de 2012 às 13:01 // Responder

      E será que o lobby da indústria de ônibus é contra corredor de ônibus também (ou só metro)? Ele não se igualou a Maluf e Pitta, ele conseguiu ser pior

  11. … e ainda temos que ouvir essa! Os ônibus dessa cidade praticamente levam SP nas costas, diga-se de passagem, em péssimas condições de vias causando dano aos ônibus, tendo que dividir faixas pintas na ruas com outros veículos e até ciclistas, muitas vezes atendendo demandas ferroviárias (linha 6913 por exemplo) porque temos só cinco linhas de metrô, e incompletas (lilás e amarela). Sem falar na demora em implantar o sistema; nada contra o metrô! É justamente por causa de governos como desse senhor aí, preocupado em transporte individual, que só temos 70 km de vias férreas e a CPTM vive tendo panes.
    É claro que ele não iria se responsabilizar pela péssima administração que fez, então arruma uma desculpa qualquer. Ja vai muito tarde.

    • É FOGO ANDRÉ. TEMOS DE OUVIR ESSA DO PREFEITO E AINDA TEM GENTE QUE APOIA O QUE ELE FALOU E ME CHAMA DE LOBISTA DE ÔNIBUS PORQUE EU TRAGO NOTÍCIAS SOBRE O SETOR.

      • leonardo-pe // 22 de Março de 2012 às 02:50 //

        é Adamo.estas vendo o q é bom pra tosse.diga pro Kassab q voce trabalha na CBN-Globo.num instante esse alienado deixa de falar besteira pro teu lado!

  12. Ou seja, esse prefeito está culpando a CAIO… Ele devia criar vegonha na cara e assumir os propios erros porque botar a culpa nos outros é facil. Cadê que ele fala algo em relação ao Consórcio Leste 4, dos atrasos e cancelamento de linhas? Fica a dúvida.

  13. Lobby contra o metrô das indústrias de ônibus? Que palhaçada! O dinheiro da prefeitura não é da indústria de ônibus. Se o prefeito quiser colocar dinheiro no Metrô não há nenhuma indústria para impedir. Se o prefeito quiser ajudar mesmo o metrô ele vai ajudar a criar mecanismos para as licenças ambientais para o metrô saírem mais facilmente e acabar com a demora em se iniciar estas obras tão importantes. A obra da Linha 17 deveria ter começado em dezembro e só vai começar agora por causa da morosidade do orgão ambiental da prefeitura que demora para liberar a licença e exige do Metrô intervenções que ela não faz, como ciclovias junto ao traçado do metrô, urbanismo nas áreas que sobraram das desapropriações, etc. Kassab se mostrou uma porcaria como prefeito e também como engenheiro.

  14. Jurandir Fernandes falou ontem “…metroferroviários são estruturantes… jamais irão atender a capilaridade… usuários fogem para os trens porque são mais rápidos, aí eles lotam… prefeituras precisam fazer corredores de ônibus (!!!).

    Me permitam o DESABAFO:
    NEM JURANDIR, NEM ESTE BLOG, NEM CIAS DE ÔNIBUS, NEM CIAS DOS METROFERROVIÁRIOS PRIORIZAM INTEGRAÇÃO FÍSICA ENTRE MODAIS. E BATEM CABEÇA COM A TARIFÁRIA.
    Ao invés de aprimorar o bilhete único, criam o BOM, o do Metro, etc.
    Alckmin, pelo menos, reconheceu publicamente que as soluções viárias precisam considerar os 39 municípios da RMSP como um todo. Mas até agora ficou só nisso.

    • Amigo Luiz

      o Jurandir Fernandes é contra gratuidade, e consequentemente ele não tem coragem de implantar na REDE DE TRANSPORTES METROPOLITANOS UMA ÚNICA TARIFA, UMA ÚNICA INTEGRAÇÃO FÍSICA, para mim, O SETOR DE PLANEJAMENTO DA SECRETARIA DE TRANSPORTES METROPOLITANOS ESTÁ MAIS PARADA DO QUE TRABALHANDO…. E SABEM PORQUE??? SE TRABALHAREM, PARAM DE MAMAR NAS TETAS DO GOVERNO DO ESTADO. ISSO É UMA VERGONHA DIRIA BORIS…..

      • DR PROTESTO INDIGNADO E P..TO DA VIDA!!! // 22 de Março de 2012 às 00:42 //

        EXPLICO: Qualquer ação na área de transportes, passa por um PLANEJAMENTO. PLANEJAMENTO, LÊ SE, BANDO DE BURROCRATAS QUE NÃO ESTÁ NEM AÍ PARA O POVO E QUER QUE O POVO SE ESTREPE E AINDA POR CIMA TORCEM PARA QUE A TARIFA CHEGUE A R$ 5,00, E AINDA POR CIMA ANDAM DE CARRO COM AR CONDICIONADO E FICAM EM SEUS ESCRITÓRIOS COM AR CONDICIONADO SIMPLESMENTE COÇANDO O SACO E QUER QUE NÓS PASSAGEIROS SE LASQUEMOS, POIS OS PASSAGEIROS NÃO PASSAM DE NÚMEROS E ESTATÍSTICAS APENAS ISSO QUE O SETOR DE PLANEJAMENTO NA MAIORIA DAS EMPRESAS DE ÔNIBUS PENSAM, SEM CONTAR QUE MUITOS NÃO LEVANTAM A A NEM PARA VISTORIAR DO PORQUÊ O PASSAGEIRO DEIXOU DE PEGAR DETERMINADA LINHA.

      • Caro Protesto
        Mostrei idéia de integração tarifária aqui no blog para cobrar o que o cara usa, e dar desconto pela repetição da rota (repetição seria ida/volta ao trabalho, escola, hospital, etc). Do jeito que está os infelizes, por exemplo, que precisam de EMTU + SPTRANS são muito prejudicados. O “sistema” (eta palavrinha desgraçada) não funciona quando um monte de cidades está grudada uma na outra.

        Sobre gratuidade, concordo com Jurandir: alguém tem que pagar, e este “alguém” a gente sabe bem quem é, né…

  15. Agora para tentar mostrar COMPETENCIA, vejam só o pacote de corredores que de longe não chega aos 66 kms de corredor prometidos por ele na campanha.
    Vejam só. O Kassab, a nove meses de deixar a prefeitura soltou um plano de corredores.

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1064909-as-vesperas-de-sair-kassab-lanca-plano-de-corredores-de-onibus.shtml

    KASSAB, É UM INCOMPETENTE QUE CONSEGUIU SER PIOR DO QUE PITTA E MARTA JUNTOS.
    EMBORA A MARTA TENHA FEITO CORREDORES, ISSO PELO MENOS REDIME ELA, MAS AS TAXAS QUE ELA IMPLANTOU, E ACABAR COM OS TROLEBUS FORAM AS LARANJAS PODRES DO MANDATO DELA.

  16. POR FALAR EM TRANSPORTE, ONDE ESTÁ A SP URBANUSS PARA RESPONDER À ALTURA AO SR. KASSAB?????? Ô PAULO RUAS, RESPONDE AÍ MEU!!!

  17. e eu acredito em Papai Noel.esse Kassab só fala besteira.e pior,a grande imprensa de São Paulo não o contesta!

  18. Sérgio - Santo André // 22 de Março de 2012 às 12:55 // Responder

    Acho que vcs são injustos com o Kassab. Ele teve que se preocupar muito com seu trabalho….trabalho de criar seu novo partido, isso dá muito trabalho sabiam ???? Muitas vezes me perguntei se o povo realmente não sabe votar, mas eu acho que a pergunta que deveria ser feita é: “Votar em quem ?”. Vcs tem as seguintes opções de candidatos (é só um pensamento): um estuprador, um assassino, um pedófilo, um corrupto, um grileiro, um traficante, então escolham o melhor, não jogue seu voto no lixo…Ora, ora, com tanta gente boa assim, o povo realmente não sabe votar….será ?????

  19. Estou convencido que a cidade e seus muitos milhões de habitantes com PIB maior que muitos Estados, SEMPRE atrai políticos predadores. Normalmente muito bem apoiados por partidos também predadores.
    Aí o sujeito nem pestaneja em usurpar a cidade em nome de um “projeto maior”. O Serra, pelo menos, não disfarça. Mas nos humilha com os tais “papeizinhos assinados”.

    Como paulistano, tenho certeza que o candidato ideal tem que ter OBJETIVO E FOCO NA RMSP.

  20. Há que atentar que o Kassab está se referindo à décadas atrás e não do passado próximo/presente. É claro que a administração que ele fez não é um mar de rosas. Muito prometeu e pouco cumpriu, mas teve ações de reconhecido valor e também cagadas homéricas, ou seja, uma administração mais do que controvertida.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: